Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY


Sim para o amor! Eles ficaram noivos durante um jogo de basquete. Que fofo!




Michael Hoitzman é viciado em basquete. O time favorito dele é o americano Chicago Bulls, da cidade homônima. O namorado dele, Jack Conrad, sabe disso tudo. Ele falou com a equipe sobre pedir o namorado em casamento durante o jogo, e eles gostaram tanto da ideia que deixaram a ocasião ainda mais linda…

De quebra, os fofos se tornaram o primeiro casal e ficar noivo durante um jogo da NBA. Felicidades!



“Minha vida faz mais sentido ao lado de uma mulher”, diz Ana Carolina.




Ana Carolina vai se aventurar no mundo da literatura. A cantora está prestes a lançar seu primeiro livro, “Ruído Branco”, onde revelará detalhes da sua vida íntima como, por exemplo, o fato de ser vaidosa, apesar do estilo básico nos shows, com seus ternos pretos, conforme adiantou para a revista Quem.

“Passo creminho, adoro meu cabelo, amo me maquiar, só não gosto de saia, vestido e blusinha”, explicou ela. “O homem que há dentro de mim aparece mais do que a mulher. Não tive pai, não o conheci. Então, é como se eu quisesse ser meu pai. Essa parte masculina que tenho é muito importante, é meu lado mais calmo, mais racional”, completou.

Ana Carolina também disse que “a maneira de pensar e a praticidade masculinas” lhe levaram a ter problemas nos namoros com outras mulheres. “Em contraponto, tenho uma mulher histérica dentro de mim que é exatamente como sou no palco”.

A artista ainda afirmou ter se relacionado mais com mulheres do que com homens: “Gosto do pensamento feminino, minha vida faz mais sentido ao lado de uma mulher”.

Casal gay adota jovem de 13 anos que estava há seis anos em abrigo.




Maltratado pela mãe biológica e ignorado por seis anos, adolescente conseguiu ter uma nova família.

Um jovem de 13 anos que esperava há seis anos por uma família em um abrigo ganhou um novo lar. Ele foi adotado pelo casal Christian Sebastian, 24 anos, e Natalino Ferreira, 34.

Os dois são de Maringá (PR) e souberam, por meio das redes sociais, que o adolescente estava em um abrigo em Gurupi, interior do Tocantins. Segundo o G1, o menino foi parar no local aos 7 anos, em 2010, após ser encontrado por policiais perambulando pelas ruas da cidade.

A mãe do adolescente, à época, cumpria pena na Cadeia Feminina de Figueirópolis e expunha o filho à situações de risco e maus tratos. Por causa disso, ela perdeu a guarda do adolescente. Nenhum parente quis a guarda do menino e ninguém, em seis anos, teve intenção de adotá-lo.

“Eu pedi para a coordenadora do abrigo perguntar se ele queria ser adotado por um casal de homens. Ele respondeu: ‘Obrigada Deus, eu pedi uma família’. Isso nos deu força”, disse Ferreira, à reportagem.

O adolescente se mudou para a casa dos novos pais em Maringá no domingo, 04. “Ela [a psicóloga] me disse que ele não sorria há muito tempo. E agora ele está dando gargalhadas com a gente. Estamos muito felizes com isso”, contou Ferreira.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...