Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

TRANS: Minha identidade.




Muitas pessoas não gostam do nome que tem, e isso já é um incomodo sem tamanho. Mas e quando seu nome não corresponde a sua identidade? E quando você é uma mulher, mas seu nome de registro é Fernando?

O nome social é o nome escolhido por travestis e transexuais, o nome a ser usado, o nome com o qual se apresentam e se identificam. Assim como muitas pessoas usam apelidos para se apresentar, usa-se o nome social. Para quem usa apelido, mostrar a identidade, ou responder a chamada, não é um grande problema. Mas a coisa muda de figura para transexuais e travestis, uma vez que o RG não corresponde a identidade da pessoa, o RG é avesso a identidade.

O problema vai além do RG, que é tido como documento de identidade, uma vez que adota-se o nome social em diferentes fases da vida. Uma chamada na escola, na faculdade, pode ser uma tortura para muitas pessoas. Existem instituições que aceitam o nome social e os colocam na chamada, mas existem instituições que insistem no uso do nome de registro. Causando conflitos e desconforto.

A questão pode parecer mais simples, e banal, para quem observa de fora. Mas simples de verdade é respeitar a identidade. A situação atual é complexa e triste. O desrespeito ao nome social é uma forte demonstração de transfobia. É negar a estas pessoas um de seus direitos mais básicos, serem quem são.

Existe a possibilidade alterar o nome civil. Não existe legislação específica para que tal mudança seja feita, mas a lei permite. É necessário entrar com uma ação judicial onde o resultado dependerá do Juiz ou da Juíza.

O Rio Grande do Sul aprovou, recentemente, o uso da carteira com nome social. A carteira terá a mesma função que o RG, mas respeitará a identidade. É um grande passo para o reconhecimento e respeito de cidadãos como quaisquer outros. Falta agora a implantação em todo o território nacional, e quem sabe, em um futuro mais digo, no mundo todo.

O nome social não é uma apelido, mas sim a representação da identidade.

PERGUNTAS & RESPOSTAS

Sou homem, quero ser mulher e arrumar um namorado, e agora?


“Gostaria de uma ajuda. Tenho 36 anos, moro com mamy. Apanhei durante adolescência por ser pego vestindo roupas de minha irmã escondido em casa e por dizer estar a fim de um carinha do colégio. Hj morro de medo de qualquer reação sobre o assunto, mas sempre quis ser mulher e ter um namorado. Que devo fazer? Finjo ser homem. Obrigada pela resposta.”

Paulo.

~*~

Oi, Paulo, ou melhor, Paula. (aqui a gente não tem nenhum problema em aceitar sua versão mulher!), sua situação é delicada, morar com sua mãe aos 36 anos realmente te deixa preso, sem poder praticar sua sexualidade no aconchego do que seria o seu lar. Porque é o lar dela, então, deve respeitar as regras impostas etc.

Infelizmente nascemos num mundo onde um homem vestir roupas de mulher é considerado, no mínimo, estranho. Eu sei que é muito difícil sair de casa, financeiramente falando, principalmente! Eu continuo morando com minha mãe e acredito que, em partes, isso contribui pra minha situação conjugal do tipo “encalhado por tempo indeterminado”. Não estou te aconselhando a fugir para ser você mesmo, apenas acho que seria positivo ter seu próprio teto… Não é errado querer ser mulher, você não deveria ser julgado e castigado por isso. Mas, com certeza será, sobretudo nas ruas, então, poder chegar em casa  e não receber críticas por se vestir de mulher será importante.

Se sente isso desde pequeno, já está na hora de procurar um Psiquiatra. Não, não to te chamando de louco. É que ele/ela te ajudará a se entender melhor. Fazendo tratamento saberá porque se sente assim e também, se será possível se tornar mulher, fazer a cirurgia de mudança de sexo… etc.

No seu novo lar, se não for possível morar só, coloque para dentro apenas pessoas que sejam tolerantes, quem sabe alguém que se sinta como você, para dividir as contas contigo. Depois que se sentir mais confiante, depois do tratamento com o médico. Quando souber quem você é realmente e não tiver vergonha, nem medo, de aceitar e defender seu direito de ser assim, converse com sua família, se achar necessário. Se eles não gostarem, te recriminarem… pelo menos já não morará com eles e será realmente dono do seu próprio nariz.

Quanto a arrumar um namorado, acho melhor resolver todo o resto primeiro, quando estamos bem o mundo nos vê bem e atraimos coisas boas, pessoas boas, daí pode ser que pinte um boy magya muito bom pra ti. Se ele tiver um irmão gêmeo, apresente pra mim, ok?

Espero ter te ajudado! Boa sorte.

~*~

Mais um leitor apaixonado pelo melhor amigo.



Olá tenho 16 anos, sou gay mas não assumido. Nunca tive nenhuma relação e a algum tempo venho sentindo uma forte atração por um colega de sala de aula, mas além de colega é meu melhor amigo.

Essa atração é incontrolável, penso nele o dia todo, tudo que vou fazer estou sempre pensando nele, sempre arrumo desculpas para ficar mais próximo dele ou até mesmo para ligar ou mandar um torpedo. Ele demonstra algumas características de gay, na maioria das vezes anda com garotas, ainda é BV, manda algumas indiretas, já passou algumas vezes a mão na minha bunda…

Esse colega é muito brincalhão, sempre vem com aquela brincadeiras do tipo: não faz isso se não vou comer teu cuzinho, vem aqui ver a ferramenta do papai. Uma noite ficamos sozinhos na minha casa após um jantar e ele falou para mim: ‘Vou logo embora senão é capaz de você abusar de mim’.

Não levei a sério e dei risada, mas tudo ele fala ‘nada sério’ e ‘zuando’… O fato é que estou apaixonado por ele mas não sei se devo e como devo chegar nele. Talvez ele ache que não passa de uma brincadeira ou vai levar a sério e não gostar ou vai se entregar de vez. Preciso muito de ajuda, estou sofrendo muito com esse fato. Se eu não conseguir ficar junto com ele não sei o que vai ser de minha vida. Obrigado.

Lucca, 16 anos.

~*~

Lucca, apaixonar-se pelo melhor amigo na sua idade é extremamente normal! Também passei por isso, mas tive a sorte dele ser abertamente bissexual, então foi mais fácil, até porque ele nem brincava quando falava as coisas e ficamos juntos por um bom tempo, mas no fim das contas não passava de uma breve paixão. Hoje somos amigos e lembramos de tudo que passou com muito carinho, mas sabemos que não passou de uma paixão adolescente.

Sofrer pelo primeiro amor é normal, e já aviso que é achar que a vida não fará sentido sem a pessoa amada, ou que perderemos a vontade de viver faz parte do nosso aprendizado emocional. Ficando ou não com ele, sua vida continua e você poderá se apaixonar, desapaixonar dezenas de vezes durante a vida, e nenhum caso é igual ao outro. Aproveite esse período de descoberta da sua vida, é uma delícia chegar na minha idade e relembrar todas as paixões e notar o quanto crescemos emocionalmente.

Difícil dizer se ele é gay ou hetero, até porque você comentou que ele adora fazer brincadeiras, e tenho como exemplo meus amigos heteros que também fazem brincadeiras assim comigo [e eu com eles], isso mostra, acima de tudo, intimidade para tais brincadeiras.

Vocês são melhores amigos, vivem juntos, grudados e você acha que ele não sabe que você é gay, ou pelo menos desconfia? Talvez essas brincadeiras sejam uma forma de te deixar mais a vontade para conversar a respeito de sua sexualidade. Sou da opinião que as vezes é bom ter com quem conversar sobre isso, ainda mais na sua idade que há tantas dúvidas e um amigo por perto nas horas difíceis é essencial.

Chame-o para uma conversa e tente falar com ele sobre homossexualidade. Sei lá, pergunte o que ele acha a respeito e tente perceber como ele aceitaria se você fosse gay, ou melhor pergunte: ‘O que você faria se um homem se apaixonasse por você?‘ e torça para que a resposta seja positiva nesse caso. Se ele disser que ficaria com um cara, se declare e beije-o. Simples, Rápido e Eficaz!

Contudo, antes de mais nada é importante você se perguntar se não está misturando as coisas! É fácil confundir amor com amizade, e como disse, até eu passei por isso e aprendi a lição de racionar um pouco meus sentimentos e ver a situação de fora para ter uma visão mais ampla da coisa.

Beijos, boa sorte com o boy magia.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...