Slide 1 Slide 2 Slide 3

DICAS DE SAÚDE



Homossexualidade

por André Duarthe

 


Mas, onde foi que eu errei?!!". Essa é a pergunta que sempre aparece no final de um quadro humorístico do pai que se sente culpado de ter um filho homossexual. Com a maior tolerância da sociedade, sobretudo da mídia, aos homossexuais, muitas famílias ainda se escandalizam e pais demonstram ansiedade diante da possibilidade de seu filho "homem" possa um dia revelar essa tendência psicossexual

Ao fazer pesquisas na web é incrível como ainda esbarramos em informações erradas, preconceituosas, difamatórias e não corretas a respeito do "homossexualismo", termo não mais usado por remeter a época em que a prática sexual entre pessoas do mesmo sexo era considerada uma perversão sexual pela ciência.

Além disso, muitos destes textos falam sobre as "possíveis" causas e origens que, se você pensar, é um verdadeiro ato de preconceito. Ou você já leu algo sobre as "causas e origens da heterossexualidade?".

Ao pesquisar sobre as práticas homossexuais, me deparei com algo muito mais problemático chamado sexualidade humana. Notei que, as pessoas não sabem o que é sexo. Não existe diálago dentro da família, escola e mídia. Tudo ainda é muito obscuro, proibido e acontece quase que "ao acaso". E sempre de forma reprimida. Para terem idéia a castração sexual na sociedade é tão grande que a população ainda sofre deste mal.

Sexo é pecado? Se masturbar é algo ruim? Acreditem ou não, até livros de médicos, escritos para outros médicos nos séculos passados, diziam que sim, lembro-me de um livro que dizia que, ao se masturbar, a pessoa perdia sangue e, dependendo, poderia vir a falecer. Em artigos médicos, também antigos, diziam que a masturbação era a causadora oficial da epilepsia. Ridículo não? O pior é que coisas absurdas com relação a sexualidade continuam sendo ditas. Mas até quando?

Ai você para e pensa. Se a sexualidade humana é deturpada, principalmente por alguns religiosos ortodoxos (lembre-se que até hoje a igreja católica é contra o uso de preservativos), imagine então o que falam da homossexualidade? Para ajudar, nas poucas vezes que ela é citada é sempre na forma mais negativa e condenativa possível.

Mas o fato é que, informações erradas, preconceituosas e até ridículas existem - e muitas - tanto na web quanto fora dela e por isso minha grande preocupação com aqueles que querem saber mais sobre o assunto. Minha dica é, cuidado com tudo o que você lê, escolha profissionais e estudiosos sem vínculo algum com qualquer tipo de religião (pois a maioria condena, exceto as releituras feita pelas igrejas inclusivas) e fique de olho até mesmo em alguns profissionais com diplomas de psicólogo



Então vamos lá


 

O termo homossexual significa “do mesmo sexo”. Pessoas que se interessam sexualmente por indivíduos do mesmo gênero são chamadas de homoeróticas. O termo “homossexual” não é mais adequado nesse contexto, assim como se usar o termo “opção sexual’ também não. Um homoerótico não escolhe ser gay, ele apenas é orientado (pela sua própria existência), a ser o que é. O termo correto é, portanto ”orientação sexual”.

Desde que o mundo é mundo o homoerotismo existe. A diferença é que ele pode ser aceito ou não pelas diversas sociedades. É a cultura que determina sua marginalização ou não.

Os homoeróticos (masculinos ou femininos), são pessoas como qualquer outra que nascem, adoecem e morrem como qualquer um. Nossa sociedade torna suas vidas mais difíceis e dolorosas pelo preconceito.

O processo de descoberta e aceitação da própria sexualidade é muito mais conturbado no gay. Sua sexualidade é primariamente proibida. A aceitação da realidade de seus sentimentos é conflituosa e muitas vezes negada por muito tempo. Todo esse conflito leva ao aparecimento de doenças psíquicas como depressão, ejaculação precoce, disfunção erétil, anejaculação, vaginismo, dispareunia, entre outros.

O importante é saber que a felicidade vem do exercício pleno dos direitos dos indivíduos. Nesses se inclui o pleno exercício da sexualidade seja ela qual for. A aceitação pessoal é o primeiro passo para se conquistar o orgulho de viver.

Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...