Slide 1 Slide 2 Slide 3

DIREITOS

Estudo aponta que crianças transexuais devem ser encorajadas.




Um novo estudo publicado no jornal American Academy of Children and Adolescent Psychiatry revelou informações importantes sobre crianças trans. Ao acompanhar 63 crianças trans que têm o apoio dos pais ao longo de três anos, de 2012 a 2015, os pesquisadores descobriram taxas menores de propensão a depressão e ansiedade, dois problemas comuns entre crianças trans.

Na pesquisa, é comprovado cientificamente que a depressão e problemas de ansiedade são disparadamente mais comuns entre pessoas trans, do que cisgêneras. Esse dado não muda quando a faixa etária analisada é a da infância. Para provar que isso tem a ver com o suporte dos pais e profissionais no processo de transição, um grupo de pesquisadores acompanhou o desenvolvimento de 63 crianças trans em estado de transição social, mas que contavam com o encorajamento dos pais para serem o que quisessem. 

Ou seja, elas podiam adotar o nome que quisessem, usar as pronomes corretos e roupas que achavam adequadas para a sua identidade de gênero. Os resultados foram incríveis: as crianças do estudo não tiveram taxas de propensão à depressão maiores do que de crianças cis. Apenas com relação à ansiedade, as crianças ainda tinham uma taxa um pouco maior, mas menor em comparação com crianças trans que não contam com o suporte dos pais. O problema da ansiedade, segundo o estudo, é a falta de políticas educacionais voltadas para essas crianças, o que ainda leva a problemas na escola e em ambientes sociais que não são os familiares. 

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...