Slide 1 Slide 2 Slide 3

FOFOCAS DE CELEBRIDADES- GOSSIPS

Troye Sivan lança videoclipe sexy homenageando a luta pelos direitos LGBT.



O cantor pop australiano - ele nasceu na África do Sul, mas vive e fez sucesso na Austrália - lançou em janeiro o clipe da música “Heaven”, onde ele faz uma homenagem aos ativistas LGBTs que lutaram pela consolidação do movimento. Ator, compositor e cantor, Sivan é assumidamente gay e sempre foi uma forte voz em favor da comunidade. Agora, seu clipe retoma a história daqueles que vieram antes dele. 

Aos 21 anos, ele decidiu falar sobre a história dos ativistas norte-americanos bem em tempo de controvérsias no governo Trump. “Temos sido sempre nós. Nós sempre estaremos lá. Este vídeo é dedicado a todos aqueles que vieram antes de mim e que lutaram por nossa causa, e aqueles que continuam a lutar hoje. Em tempos escuros e brilhantes, vamos nos amar para sempre”, explica o cantor na dedicatória do videoclipe no Youtube. 

Os primeiros desfiles de orgulho gay, confrontos com a polícia, Milk, a epidemia de AIDS, o casamento gay, essas imagens ilustram a letra da música, que relata a briga interna do cantor na sua adolescência ao descobrir a sua sexualidade e conviver com o pecado e o preconceito. O ator canta abraçado a um bofe. O vídeo foi dirigido por Luke Gilford e conta com o apoio de voz de Betty Who.



Ouça “Bom Bidi Bom”, parceria de Nick Jonas com Nicki Minaj.



A sexta-feira chegou e com ela os lançamentos. Foi liberada hoje (10), a parceria de Nick Jonas e Nicki Minaj para o filme “50 Tons Mais Escuros“.

A canção atende pelo nome de “Bom Bidi Bom“, e está presente no álbum de músicas presentes na trilha sonora da longa que estreou recentemente nos cinemas do mundo inteiro.

Além deles, ZAYN e Taylor Swift cantam “I Don’t Wanna Live Forever“, que é a música tema do filme. Sia, John Legend, Halsey, Tove Lo e outros também estão presentes.



Formation: Família de ativista gay morto processa Beyoncé em US$ 20 milhões.



Pela primeira vez na carreira musical de Beyoncé, ela larga o Pop e se lança com músicas afiadas, que expõe o racismo institucionalizado na sociedade americana. Em seu novo álbum Lemonade, Beyoncé fala sobre a opressão da polícia contra a população negra, o racismo e a inferiorização da cultura negra. A música e o clipe de Formation são uma aula sobre cultura black e, por isso, estão indicados ao Grammy. Entretanto, nem todos enxergam o sucesso da música dessa forma. No videoclipe, a cantora usar trechos de áudios do youtuber negro e gay Messy Mya, que foi assassinado em 2010 sob circunstâncias suspeitas. O youtuber lutava contra o racismo e falava abertamente contra a polícia e, por isso, Beyoncé incluiu a voz dele em três momentos do videoclipe. Para dar visibilidade a sua luta. Mas seus familiares entenderam que a atitude é um problema de direitos morais e, por isso, estão processando a cantora em US$20 milhões.

O clipe de Formation traz uma perspectiva histórica da cultura negra nos Estados Unidos por meio da reconstituição do penteado do cabelo. “What happened at New Orleans?” (“o que aconteceu em Nova Orleans?”, em tradução literal), “Bitch, I’m back by popular demand” (“Vadia, eu estou de volta pela demanda popular”, em português) e “Oh, yeah, I like that” (“Oh, yeah, eu gosto disso”) são as falas de Messy Mya incorporadas ao clipe. Beyoncé apresentou a música ao vivo no ano passado no SuperBowl, gerando grande polêmica e visibilidade a questão do racismo nos EUA. No clipe, a filha de Beyoncé aparece, e a diva, de cabelo afro, fala de sua família e orgulho de ser negra.

O canal de Messy Mya, cujo nome verdadeiro é Anthony Barré, ganhou repentina notoriedade depois do clipe. Mas a família de Mya quer o valor de 20 milhões de dólares em direitos autorais e outros danos morais pelo uso sem autorização do ativismo do jovem de Nova Orleans, segundo o site TMZ. 

Com o cabelo roxo e um vocabulário rico em nuances e gírias da cultura negra, Mya enfrentou policiais diversas vezes por conta da opressão da população pobre. Por conta disso, sofreu revides que podem ter acabado com a sua vida em 2010. 



Lady Gaga grava participação em nova temporada de RuPaul´s Drag Race.



A Logo TV, produtora do reality RuPaul’s Drag Race, liberou uma semana depois do cast da 9ª temporada, um vídeo com a cantora Lady Gaga completando a frase da Mama Ru “Ladies, start your engines, and may the best women win”. Logo em seguida, as queens participantes da nova temporada entram em euforia. O que será que Gaga vai fazer no programa? Vai ser jurada convidada ou há mais surpresa por aí?

O vídeo traz Gaga produzida no melhor estilo estravaganza das queens, ao lado de RuPaul, que veste um conjunto amarelo gema. Ao longo da história do programa, toda vez que alguma celebridade aparecia na sala de trabalho das queens, era para anunciar um desafio principal que envolvia o jurado convidado em questão. Será que as participantes terão que contracenar com Gaga?

Gaga é uma das artistas mais faladas no momento, principalmente depois da sua apresentação no Super Bowl, sua vinda para o Rock in Rio deste ano, e do anúncio do seu dueto com a banda de rock Metallica na cerimônia de premiação do Grammy.  O que esperar dessas reviravoltas?

TELEHIT - Christian Chávez diz que sofreu homofobia em canal musical.


Cantor diz que ouviu comentários homofóbicos em canal de TV

Abertamente gay desde 2007, o ex-vocalista da banda RBD Christian Chávez diz que ainda sofre discriminação por causa de sua orientação sexual.

Em um vídeo que ele disponibilizou na internet, o cantor e ator conta que foi discriminado recentemente em um programa de TV do canal mexicano Telehit.

“Quando cheguei para gravar, dois produtores estavam falando sobre a minha sexualidade de uma forma bem pejorativa. Fiquei triste em ver que, como um artista, eu me esforço e mesmo assim falem coisas de mim”, disse Chávez.



Franco Noriega, o chefe de cozinha gostosão, posta nude na rede e seguidores babam.



Quem lembra do Franco Noriega? O cara chamou atenção na internet ao postar um vídeo onde aparece ensinando fazer uma poderosa batida para se comer com morango (ou frutas).

Eis que ele viu que conseguiu milhares de seguidores com seu corpo e decidiu presenteá-los com uma nude em seu Instagram.



Vale lembrar que há algum tempo, ele atualizou seu Snapchat com alguns vídeos pelado, o que atiçou os seguidores.

Juiz de futebol catarinense Margarida homenageia árbitro gay homônimo famoso nos anos 80.



Aposentado do futebol há mais de seis anos, o irreverente árbitro Margarida Catarinense apita jogos de futebol de forma engraçada, afetada. Em um esporte permeado pela homofobia e o machismo, o árbitro consegue descontrair até quem estava no meio das brigas em campo. Com trajes de cores chamativas, vive em Palhoça, no interior de Santa Catarina onde apita jogos amadores e colhe os frutos da sua fama. Além dos tradicionais cartões amarelos e vermelhos, e uniforme cor de rosa, o árbitro tem o “cartão pink”, que ele dá para jogadas bonitas, isso nos jogos não oficiais, claro. Mas ele assume, também, que se ver um jogador muito bonito, ele logo se engraça e tira o cartão pink para o jogador.

Jorge José Emiliano dos Santos, seu nome de batismo, se inspirou em Jorge José Emiliano dos Santos, árbitro carioca dos anos 80, morto em 1995, aos 40 anos, conhecido como Margarida. O original Margarida tinha trejeitos específicos para apitar o início de partida, dar um cartão e até chamar os jogadores para uma conversa, o árbitro catarinense exegerou nos trejeitos e vestiu o personagem. Margarida era gay assumido e costumava peitar os jogadores machões em campo. Foi mais uma vítima da epidemia da Aids.

Apesar do personagem catarinense sempre ter se assumido publicamente gay, uma reportagem da Rede Record de 2015 apresentou a família de Margarida, dois filhos e falou sobre uma esposa que não apareceu na matéria. A polêmica continua no ar mas até sua mãe brinca: se querem saber se ele é, tem que perguntar para a mulher dele. E foi assim que o catarinense também se tornou uma lenda do futebol brasileiro e vem ganhando destaque. Ele conta que a sua atuação "diferente" lhe abriu muitas portas e que se inspira nos palhaços de circo para divertir as pessoas. Como juiz, chegou a apitar finais do campeonato catarinense e jogos da CBF.

Margarida, o original, causou polêmica em vários jogos, o árbitro já chegou a expulsar três jogadores do mesmo time seguidamente e envolveu-se em briga com massagista do time do Bangu. Por esses pontos polêmicos, o árbitro acabou sendo criticado ao longo da sua carreira, mas nada apaga o brilho e como ele levava o fim do preconceito e a discussão aos campos. Na semana passada, o cartola Eurico Miranda do Vasco, citou Margarida, ao dizer ser contra árbitros gays, pois eles favoreceriam os namorados.    

Confira a atuação do Margarida dos anos 80:



Bailarino do Amor & Sexo ‘chorou muito’ após ficar nu no palco.



Na noite da última quinta-feira (9), o programa Amor & Sexo chamou a atenção com a exibição de uma cena com nu frontal sem nenhum tipo de censura, ao som da música Homem não chora, de Fagner. Luiz Menezes, integrante do balé da atração e da comissão de frente da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, foi o intérprete da emocionante performance no encerramento do programa, em que foi despido pelos outros bailarinos até ficar totalmente sem roupa.

No Instagram, o bailarino comentou como se sentiu ao ver a coreografia na televisão: “Uma sensação de várias coisas está passando pela minha cabeça… Dever cumprido, exposto, medo, choro (chorei muito), mas, acima de tudo, a sensação de ser amado”, escreveu. Nos comentários, Luiz recebeu diversas mensagens de apoio dos seguidores por sua performance. “Que final de programa incrível. Que cena bem feita, tocante. Realmente poético e libertador para o tema do programa”, escreveu Eder Olivier. Outros usuários parabenizaram por sua coragem, como Sérgio Machado: “Cara, você mexeu com muita gente, pela coragem e beleza. Parabéns”.

Luiz também agradeceu o apoio da apresentadora Fernanda Lima, da sua mulher e da equipe: “Uma força incrível irradiou no estúdio no dia de gravação. Fernanda Lima sempre com seu carinho e apoio, Antonio Amâncio, com seu olhar minucioso e generoso, mas, de todas as palavras e incentivo, levo no coração e na alma o apoio incondicional da minha esposa, Vanessa Pedro, que desde o início me apoiou e esteve presente na gravação”, comentou o bailarino.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...