Slide 1 Slide 2 Slide 3

FOFOCAS DE CELEBRIDADES- GOSSIPS

Depois do Super Bowl, Grammy e Oscar, Lady Gaga pode substituir Beyoncé no Coachella.



Depois de se apresentar no Super Bowl, no Grammy Awards ao lado do Metallica, e ter seu nome vinculado ao Oscar 2017, Lady Gaga acaba de ser anunciada como a artista que poderá substituir Beyoncé no Coachella.

De acordo com o tabloide americano Hollywood Life, tanto Gaga quanto Taylor Swift são grandes nomes que podem assumir o lugar da Queen B.

A intérprete de “Crazy In Love” se apresentaria mesmo grávida, mas há rumores que ela está cancelando suas apresentações para cuidar de seus bebês que estão a caminho.

Caso isso se torne realidade, será uma ótima porta para a divulgação do “Joanne“. Em Setembro, a Mother Monster vem ao Brasil para se apresentar no Rock In Rio.



Ricky Martin: “Me descobri gay por causa do John Travolta”.



Em entrevista ao programa What Happens Live, ao ser questionado por uma telespectadora por telefone sobre quem era a celebridade com a qual percebeu que era gay, Ricky Martin não hesitou e mandou na lata: John Travolta era seu crush de adolescência.

O cantor disse que uma das cenas de John como Tony Manero no filme Saturday Night Fever, em que ele aparece de cueca sentando e levantando, despertou os primeiros desejos do adolescente Ricky enquanto assistia: “Aquela cena dele de cueca sentando e levantando, aí ele dá aquela ajeitadinha… Eu assisti o filme oito vezes e não sabia dizer direito o porquê!”

Então o apresentador Andy Cohen perguntou se Ricky já se encontrou com John Travolta, ao que ele respondeu: “Sim, com certeza. Já nos encontramos, mas não, eu nunca disse a ele que foi meu primeiro crush!”, levando a plateia aos risos. Assista ao trecho da entrevista no vídeo abaixo:



Apple condena decisão de Trump contra direitos trans.



Não apenas celebridades como Beyoncé e Caitlyn Jenner (dentre outras,se posicionaram publicamente contra o veto do presidente Donald Trump ao direito de transexuais usarem o banheiro de acordo com a sua identidade de gênero.

Ninguém menos que a gigante da tecnologia, Apple, uma das maiores empresas do mundo, deu seu parecer sobre a decisão de Trump em um comunicado dizendo: “A Apple acredita que todas as pessoas devem viver livres do estigma, da segregação e discriminação. Apoiamos iniciativas que gerem aceitação e inclusão, nada menos que isso. Acreditamos profundamente que estudantes transgêneros devem ser tratados de maneira igual. Não concordamos com essa postura que limita e rescinde seus direitos e proteções civis.”

Esta não é a primeira vez que a companhia se posiciona contra atitudes preconceituosas do presidente americano Donald Trump. A Apple também se colocou publicamente contra a proibição da entrada de refugiados e muçulmanos no território americano, quando Tim Cook disse publicamente: “Em minhas conversas com Washington esta semana, deixei claro que a Apple acredita na importância dos imigrantes tanto para nossa companhia quanto para o futuro do país. A Apple não existiria sem a ajuda dos imigrantes, isso sem contar na inovação que eles proporcionam. Seremos afetados diretamente pelo veto migratório e estamos em contato com a Casa Branca para explicar os motivos que afetam negativamente nossos empregados e nossa companhia. 

Como já dissemos muitas vezes, é a diversidade que nos faz fortes. Estamos ao lado de todos os sete países de maioria muçulmana vetados. A Apple é aberta. Aberta a todos, não importa de onde venham ou que idioma falem, quem amam ou seus costumes. Nossos funcionários são talentos de todos os lugares do mundo e nossa equipe tem pessoas de todo o globo. Nas palavras do Dr. Marthin Luther King: “Podemos ter vindo de navios diferentes, mas estamos todos no mesmo barco”.

Oscar erra ao anunciar categoria de “melhor filme”.



Acontece que, durante o discurso de agradecimento dos diretores de La La Land, a produção do Oscar percebeu o erro e anunciou que, na verdade, o vencedor era Moonlight – o envelope que havia sido anunciado (por engano) era o de melhor atriz! QUE?!



Pabllo Vittar nasceu para brilhar e ninguém duvida disso.



Milhões de visualizações no Youtube, vocalista da banda do programa Amor & Sexo, álbum no TOP 3 do iTunes. A cantora drag brasileira Pabllo Vittar conquistou tudo isso em menos de dois anos da sua carreira como artista. Tudo começou quando lançou na internet o vídeoclipe de “Open Bar”, uma versão com samba de “Lean On”, do Major Lazer. Agora, a cantora viaja fazendo shows com o seu novo álbum “Vai Passar Mal” e está escalada para participar do trio elétrico de Daniela Mercury no Carnaval de Salvador. 

Antes mesmo de se lançar como uma das maiores cantoras pop do Brasil, Pabllo Vittar já conquistava fãs em competições virtuais no Facebook. A drag queen sempre usou o mesmo nome artístico, transmitindo sua verdade. Depois de um tempo afastada, bombou com o vídeo de Open Bar e não demorou para lançar o seu primeiro EP, no fim de 2015, com quatro faixas. A gata viajou o país inteiro em 2016 com o Tour Open Bar, trazendo representatividade e luta para a sigla LGBT. 

Nesse intervalo, ela estrelou duas campanhas importantes, uma da AVON, que fala sobre diversidade, e a outra é a campanha de inclusão da Adidas. Luxo! Nesse intervalo, a drag também foi estrela no programa Amor & Sexo da Rede Globo, ao lado de Fernanda Lima. Como vocalista principal da banda, a drag participou de programas que falaram sobre identidade de gênero, diversidade sexual e sexualidade.

Agora, no último dia 12 de janeiro, Pabllo lançou o seu primeiro álbum, o Vai Passar Mal. Esse é o principal trabalho da cantora, que já emplacou o título no TOP 3 do iTunes e ainda emplacou a faixa “Todo Dia” como uma das mais compartilhadas do mundo no Spotify, conquistando uma posição no ranking Viral 50 da plataforma. 



Ah, não podemos esquecer o seu vlog, que está bombando no Youtube e o convite especial de Daniela Mercury para Pabllo cantar no seu trio em Salvador, no dia 26. Mercury explica que seu trio sempre representou empoderamento feminino e LGBT e que Pabllo é uma grande voz sobre o assunto em 2017.  A bicha é destruidora mesmo. Já está sendo comparada com Anita e Ludmilla. É o poder.

Dominando o mundo, Pabllo Vittar canta “Todo Dia” ao lado de Daniela Mercury.



Carnavrau né bb! Aconteceu na noite deste domingo (26), o bloco do Crocodilo em Salvador, que reuniu Daniela Mercury e Pabllo Vittar.

Após o show de Daniela, que apresentou alguns de seus maiores sucessos, a artista continuou no trio para cantar “Todo Dia“, da drag que vem conquistando o Brasil inteiro.

A faixa é o segundo single oficial do álbum “Vai Passar Mal“, lançado recentemente. No Instagram, Pabllo compartilhou uma foto com Daniela e legendou: “Te amo rainha!”.



Anitta coloca tranças no cabelo para o Carnaval e é acusada de ser racista.




Era pra ser uma atualização super despretensiosa para anunciar sua chegada na Bahia, mas Anitta voltou a ser alvo de acusações por parte de alguns internautas nas redes sociais, que enxergaram racismo na postagem.

Super bronzeada, a cantora posou de maiô cavado e exibiu marquinha de sol em fotos no Instagram. Mas o que mais incomodou alguns seguidores foi o fato dela aparecer de tranças nos cabelos.

“Já em terras baianas. Renovando as energias para começar nosso Carnaval com tudo! Espero todos na minha pipoca delícia saindo às 21:30h no circuito Barra-Ondina”, disse Anitta nesta sexta-feira (24).

Na rede social, Anitta contou que demorou seis horas para que seu novo visual ficasse pronto. “Chegou no final e até eu estava ajudando a moça a fazer essas tranças, porque depois de seis horas foi babado”, contou.

“Quando eu era criança, eu tinha cabelo enrolado, meio para crespo. Então eu mesma fazia no meu cabelo direto. Cabelo inteiro de trancinha. Não sei como a minha mão aguentava”, completou.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que Anitta é acusada de fazer apropriação cultural. Em dezembro de 2016, ela foi muito criticada após colocar dreads no cabelo para participar do programa “Altas Horas”, da TV Globo.

Bom, é legal destacar também que o bloco de Anitta sai na noite desta sexta-feira (24), no circuito Barra-Ondina, em Salvador, na Bahia. “Preparei de tudo um pouco, gente. Vai ter pagodão, vai ter axé, funk, pop… Espero vocês. Estou muito ansiosa, meu Deus! Vai ser ‘mara’!”, disse Anitta.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...