Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Gouinage: Sexo sem Penetração.




Gouinage: Você curte?

O gouinage nada mais é do que fazer sexo sem penetração. O termo se originou na França, e gouine significa nada mais que bolacha, fazendo alusão ao sexo lésbico, dando espaço a muito sexo oral, pegação, masturbação, carícias… Sexo repleto de preliminares e são elas o prato principal.


Diz-se que o gouinage é uma nova tendência para o sexo gay, não apenas uma solução para a briga de espadas ou a quebração de louça entre dois passivos, ambos os caras são gouines [como são chamados os praticantes de gouinage] e não desempenham nenhuma preferência na hora H. Sabe aquele GRANDE dúvida se o cara é ativo ou passivo? Então, ela não existe no gouinage.


Não pense que o gouinage é algo exclusivamente gay ou lésbico, muitos casais héteros entraram na onda de sentir prazer sem penetração.



No sexo gouinage vale tudo! Chupar, lamber, morder, acariciar, tocar, olhar… até penetrar o parceiro com alguma acessório ou dedos mas sempre lembrando que esse tipo de ‘penetração‘ faz parte de algo maior, de uma série de coisas que vão além.

Há resistência entre muitas pessoas não praticantes do gouinage, onde muitas afirmam que essa alternativa sexual não passa de uma negação ao sexo gay em si e afirmam que para ser considerado sexo é indispensável que haja penetração, com ativos, passivos, lubrificante e tudo mais que conhecemos bem.

Acredito que há sim pessoas que sentem desconforto em penetrar e ser penetrado, sendo o gouinage uma alternativa para pessoas que sintam-se assim. Quem sou eu, você ou esse bando de resistentes ao gouinage para dizer o que é certo ou errado com relação ao corpo do outro, ao tesão do outro? Longe de mim pensar assim! Sente prazer, tesão? Seja feliz do jeito que achar melhor para você! Simples!


Claro que eu, já pratiquei o gouinage algumas vezes e quer saber? É bacana esse jogo de carícias e tudo mais, mas sinceramente ainda sinto necessidade de penetração. Não preciso enganar ninguém para fazer uma matéria interessante, né? Mas com ou sem gouinage o importante é sempre ser feliz, com ou sem penetração.

PERGUNTAS & RESPOSTAS


Meu ex-namorado ressurgiu das cinzas…



Sou Mateus, tenho 22 anos e moro em Curitiba. Namorei durante quase um ano um rapaz que conheci num barzinho daqui… Ele era super legal, bonito, fizemos vários passeios juntos… Foi uma época realmente boa da minha vida, porém como tinha certas limitações por causa dos meus pais, ele pediu para terminarmos (pelo menos foi isso que ele alegou na época). Ok, foi um fim bacana, sem mágoas (na verdade foi um chororô que só hahaha), e eu decidi evitar vê-lo (inclusive contato online) pois realmente gostava dele e não queria terminar. Como “o que os olhos não veem, o coração não sente“, achei melhor assim…
O tempo passou e uns 3 meses depois conheci um rapaz muito legal, super divertido e bem humorado… Estamos juntos há quase cinco meses e eis que a “fênix” ressurge das cinzas. O “falecido” vive me mandando emails e mensagem no MSN falando que tava vendo fotos nossas no celular dele, que revelou algumas e colocou no quarto, querendo saber como estou e bla bla bla parei de prestar atenção pq a carne é fraca e sabe como é né?

Em geral, tenho tratado ele com certa frieza (porém nunca mal educado!) pra ver se ele se toca que a fila andou, mas o danado insiste… Será que é aquela história de que “a gente só dá valor quando perde“??

AHHH… pra piorar a situação, depois que terminamos, fiquei sabendo, por ele mesmo, que o ficante dele depois que terminamos já era um conhecido dele (contato profissional dos últimos meses e tal.. que ele vivia falando pra mim a respeito). Ou seja, senti uma dorzinha nos córneos =/ mas ele jura de pé junto que nunca me traiu.

RESUMO: Estou super feliz com o atual e quero que esse relacionamento dê certo, mas o “ex” ressurgiu das cinzas pra atrapalhar o meio de campo. O que que eu faço? Como dar um passa fora sem ser mal educado? E o mais importante: conto essa história pro meu lindo e atual namorado ou finjo que nada aconteceu?

Pufavô, me ajuda!!
Mateus Lima, 22 anos – Curitiba/PR – via E-mail

~*~

Primeiro lugar tenho que te parabenizar pela atitude que tem tomado com seu ex-namorado que ressurge das cinzas. Basicamente você tomou todas as atitudes que eu tomaria numa situação dessas. Também não seria mal educado com ele, mesmo que sejam e-mails ou mensagens no MSN complicadas de responder. Acho que devemos o mínimo de respeito com nossos ex-namorados por todas as lembranças boas que passamos juntos, não é mesmo???

Você já o comunicou que está namorando, feliz e que não pensa em ter mais nada com ele??? Se não fez isso, acho que seria interessante falar, mostrar que infelizmente a oportunidade dele passou e deixou escapar. Agora é tarde, você está em outra relação, e o máximo que pode acontecer é serem bons amigos. É preciso dizer/escrever essas coisas para dar um ponto final em qualquer ilusão que exista do lado dele.

Você o conhece bem, namoraram quase um ano e sabe como falar com ele sem ser mal educado, e de uma forma que ele não se sinta ofendido. Vai na fé, que você é a melhor pessoa para fazer isso!!!

Quanto a seu namorado, chame-o para uma conversa séria e conte o que tá acontecendo, mas mostre para ele que esse ex é do seu passado, que não rola mais NADA entre vocês. Talvez ele sinta-se inseguro mas nada que uma boa conversa sincera não resolva. Fale que vocês conversaram e que já foi falado que agora está namorando e não quer nada com ele. Isso deixará seu atual muito mais seguro quanto ao relacionamento.

Em um namoro é importante ser sincero e conversar com o parceiro sobre as coisas que acontecem, sejam elas boas ou ruins. Na vida não há apenas coisas boas a serem vividas, há muitos problemas e em um namoro é a mesma coisa. É com essas conversas e passando pelos obstáculos que criamos um maior vínculo com a pessoa que amamos, aprendemos e crescemos como pessoas e um casal.

Boa Sorte, você está no caminho certo!!!

~*~

Ele não é a Sarah Sheeva, mas passou de mão em mão…



Minha questão está sendo a seguinte: Comecei a namorar com um carinha que eu sempre fui afim, mas comecei a ter muito ciúmes do passado dele. Digamos que ele tenha tido muitas aventuras no decorrer dos seus anos… Ele sempre me contava o que fazia com os ficantes e pessoas que despertavam ou demonstravam interesse…E quando começamos a namorar ele meio que decidiu: ”Tirar as caveiras do armário para que eu soubesse que ele não era nenhum santo”. E tudo piorou por que ele ainda mantêm contato com muitas pessoas que ele já saiu.

O que fazer quando não se tem 100% de confiança na pessoa? Será que alguém que trocava de parceiros rapidamente, e até “promiscuamente”, consegue ser monogâmico?”.

Anônimo por Formspring

~*~

Seu namorado pode ter sido uma piranha masculina e ter passado de mão em mão antes de ser seu, mas acho que se não te levasse a sério e se não quisesse ficar somente contigo, não teria te contado de todas as aventuras sexuais dele, inspiradas na Samantha Jones de Sex And The City. Não faz sentido ele contar tudo isso se acha que você é apenas mais um na vaaaaaaaaaaasta lista de homens que ele já teve. 
Às vezes um ser humano resolve mudar. Vai ver que chegou num ponto da vida onde ele percebeu que só sexo não o completava. De qualquer modo, não acho que deva confiar 100% nem em vc mesmo, quanto mais nele. E não tenho como afirmar que ele será monogâmico… esse é um risco que você tem que correr se quiser ter um relacionamento amoroso com ele (e com qualquer outro). O negócio é decidir como vai querer fazer isso: Vai ficar doido tentando descobrir se cada pum que ele solta demonstrará que te traiu? Ou vai viver essa relação com ele sem cobranças, se entregar e curtir o que ele tem pra te oferecer?

Sua maneira de viver esse namoro é a chave pra que dure mais ou menos. Nada dura para sempre, pois não somos imortais. Ficar doido de ciúmes só vai afastá-lo de ti. E simplesmente não tem como vigiá-lo 24 horas por dia. Se ele quiser te trair, vai trair. Minha dica é não enlouquecer imaginando que ele te chifra. E se não conseguir viver em paz com ele, viva em paz sem ele. Até onde eu sei não existe obrigação em namorar esse menino pelo resto dos seus dias, e você nasceu e viveu sem ele até agora, não é?

Beijos!
Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...