Slide 1 Slide 2 Slide 3

LIVROS DA ESTANTE


LIVRO DA SEMANA:
A Última Noite de Caça

Luiz Goulart


 


Uma misteriosa morte liga um senador candidato favorito à Presidência da República, um belo garoto de programa integrante dos Dragões da Independência e o renomado Superintendente da Polícia Federal numa investigação que revelará perigosos segredos.



Minha Avaliação


Suspense em alto estilo

Quem esperava mais um livro LGBT contando assassinato de gays deve ter ficado surpreso, pois o livro é um romance policial em alto estilo. Descreve sim a morte de um gay (um garoto de programa), mas o foco maior está nas tramas que envolvem esse assassinato. A meticulosidade da investigação, acontecendo sem forçação de barra, com deduções inteligentes, suspense a todo momento, e com muita sutileza vai desenrolando o novelo, levando o leitor a sempre desconfiar de um autor do crime e depois desdizer tudo com um suspeito mais forte. Um jogo de xadrez com um final surpreendente. Magnífico! Cinco estrelas é pouco para esse livro.

Avaliação: 5 Estrelas


Onde Encontrar:



BOA LEITURA !!!

Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

LITERATURA GAY




Hoje iniciamos com dois livros que tratam de acidentes em que alguém fica preso em um prédio, mas nos dois casos, a prisão temporária mostra-se como a chave para libertar outros sentimentos que mudam a vida dessas pessoas. E quem pode prever o que o destino reserva a cada um? O terceiro livro é uma lição de vida para aqueles que acham que tudo está perdido, que a vida perdeu o sentido. Esquecem que existe uma força maior que cura todos os males e transforma a dor em satisfação profunda. Estou falando do amor. Essa amor que nasce entre pessoas tão improváveis. Confiram. Por fim, um dilema entre o dever e o desejo. Um policial infiltrado para estourar uma quadrilha de traficantes e a beleza e desejo do neto do chefão atravessa o caminho do dedicado policial. Um dilema, não? Como você se comportaria numa situação tão delicada dessas? Curioso? Então leia o emocionante livro Flagrado e tire suas conclusões.



 

Beijos de Caramelo

Matthew Morrison está determinado a superar seu medo de altura e alcançar um resultado vencedor. Pelo menos, é isso que o best-seller, o livro de auto-ajuda, está prometendo. Ficar preso em uma torre de três andares no meio de uma tempestade de neve não fazia parte do plano. Sem cão São Bernardo à vista, é o bonito cara dos bilhetes, Adam, quem vem ao seu resgate, e com um resultado que Matthew não esperava.


Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

MINHA VIDA GAY

Jogador sai do armário ao vivo na TV para a mãe e os amigos.




Cansado de viver uma vida escondendo sua sexualidade, o jogador de baseball americano, Ryan Jordan Santana, decidiu se assumir gay para seus amigos ao vivo na TV, no programa This Is Life, uma série da TV americana.

“Vivi uma mentira a vida toda. Sempre tive medo de contar para meus colegas do time, mas não quero mais isso”, disse ele no episódio, e completou: “Sempre achei que não seria possível jogar baseball e ser gay. Pensava que assim que saísse do armário, teria que parar de jogar. Mas não deveria ser assim, as pessoas deveriam me julgar apenas pelas minha habilidade esportiva. Se eu sou um bom jogador, posso ser um bom colega de time, não?”

Ryan jogava baseball desde a escola, mas sempre viveu no armário porque seus colegas da escola eram religiosos, conservadores e o zombariam dele se soubessem. Cansado de viver uma vida reclusa, ele se assumiu agora no programa de TV para a mãe, o roomate e um amigo do time, só que a reação deles foi bem diferente do esperado por ele. Assista:



Mesmo surpreso, o amigo do time de baseball respondeu: “Não muda nada na nossa amizade!”, enquanto seu roomate foi às lágrimas e afirmou: “Me sinto mal por ter feito você se sentir assim. Você não deveria passar por isso. Me coloco no seu lugar e olha, isso pouco importa!”. Já sua mãe declarou: “Te aceito plenamente. Você ainda é você!”.

Lindo, né? Que sirva de exemplo! 

Você precisa conhecer EJ Johnson, filho gay do ex astro de basquete Magic Johnson.




A lenda do basquete americano, Magis Johnson, já lidou publicamente com várias questões que são tabus na sociedade. No início da década de 90, viu sua carreira acabar ao descobrir ser soropositivo. Agora, além do seu trabalho de luta contra o vírus do HIV, apoia incondicionalmente seu filho gay, EJ Johnson, como mostrou em entrevista a Ellen DeGeneres. 

Em 2014, o adolescente passou por uma cirurgia bariátrica para lidar com o seu problema de sobrepeso, até então, já perdeu mais de 80 quilos e não tem vergonha de exibir uma silhueta com algumas curvas, além de ser ligado no mundo fashion e na tendência americana de retirar os gêneros das vestimentas.


E.J. nasceu para ser uma diva, como ele mesmo afirma. E já conquistou esse espaço ao estrelar o reality show do canal E! “Rich Kids of Beverly Hills”, ou Crianças Ricas de Beverly Hills. 

 
Em entrevista ao programa da apresentadora americana, Magic Johnson revelou todo o orgulho que sente pelo filho. “Quando ele se assumiu, eu fiquei tão feliz por ele e por nós como pais. EJ é maravilhoso”, ele comentou. O garoto falou que o apoio que recebeu da família foi o que permitiu que ele aflorasse na pessoa que é hoje em dia.
 
O garoto de 23 anos quebra paradigmas nas ruas de Nova York, enquanto se dirige ao metrô para suas aulas na Universidade de Nova York, com roupas ousadas, uma feminilidade conquistada e muito empoderamento. 
 

Esportes ajudam adolescente trans a enfrentar o ensino médio.


Praticando esportes, Isaac entrou em um time que o apoiou sendo transexual


A partir do momento em que aprendeu a andar, Isaac Grivett tornou-se um atleta. Ele sempre gostou de praticar esportes e, na infância, começou a jogar softball e futebol. Quando virou adolescente e entrou no ensino médio, se apaixonou pelo lacrosse e teve de passar por um dilema: revelar ou não para todos que ele era um homem transgênero.

Atualmente, Isaac tem 19 anos e é um técnico de teatro em Nova York que passa a maior parte do tempo praticando esportes ou sendo um ativista pelos direitos de transexuais e pessoas com deficiência. Em entrevista para o site “OutSports”, Isaac revela detalhes da vida e fala sobre os problemas que enfrentou como um adolescente transgênero.

Após chegar ao Aliso Niguel High School, no sul da Califórnia, ele se juntou à equipe de lacrosse feminina da escola. “Eu absolutamente amei tudo - o esporte, os treinadores, a minha equipe. No meio do meu primeiro ano, quando comecei a questionar meu gênero, sentia que tinha muito mais para pensar além de "sou um garoto, uma garota... Ou algo completamente diferente?", comenta.

Isaac passou a questionar se ainda poderia jogar com a sua equipe quando se assumisse como homem e até mesmo se ele realmente queria se assumir. Enquanto ele estava se preocupando com qual era sua identidade de gênero, também pensava muito sobre a votação que proibiu casamentos entre pessoas do mesmo sexo, que havia ocorrido três anos antes.

“Embora o resultado não tenha sido apoiado por muitos dos meus amigos, foi apoiada por meus pais e eu pensei: se as pessoas ao meu redor nem sequer aceitam os homossexuais, como iriam me aceitar?”, afirma Isaac. Em razão desses pensamentos, ele não se assumiu nem mesmo para seus amigos mais próximos por mais um ano.

No meio da temporada em 2014, Isaac descobriu que um dos árbitros costumava apitar seus jogos era um homem trans. Durante uma das partidas, ele ouviu algumas das meninas do time questionarem o gênero dele e fazerem comentários ignorantes sobre o árbitro.

“No início, isso me assustou e me fez querer adiar me assumir ainda mais, mas eu percebi que eu queria começar a fazer mudanças e ajudar a ensinar meus amigos e companheiros de equipe em vez de me afastar da ignorância deles”, diz Issac. Depois de se assumir para os treinadores, ele reservou um tempo depois de um treino para reunir a equipe e contar a todos de uma só vez.

Isaac afirma que nem se lembra do que disse na ocasião, só se recorda de todas o abraçarem e parecerem muito felizes com a confiança que ele tinha nelas. “Um delas me perguntou qual seria o meu nome e, uma vez que disse a elas, nunca ouvi meu nome de nascimento novamente”, diz Isaac.

Infelizmente, essa foi a parte fácil para ele. “Como atleta gay, minha única preocupação era a aceitação pelos membros da equipe. No entanto, como atleta trans, eu também devo me preocupar com leis e regulamentos que envolvem minha transição”.

Ele passou as semanas seguintes pesquisando e entrando em contato com diferentes centros jurídicos e escritórios governamentais para saber sobre o que ele poderia ou não fazer como atleta, bem como em sua vida cotidiana sendo um estudante do ensino médio. “Tudo o que eu realmente aprendi é que não existem muitas regras rígidas e que cada um tem uma ideia diferente do que são", afirma. 

Conforme foi ficando mais difícil ser chamado pelo nome de nascimento e por “ela” na escola todos os dias, Isaac não conseguiu continuar adiando sua transição social. Então, no verão de 2014, ele decidiu se assumir publicamente pelo Facebook e viver seu último ano escolar, finalmente, como um estudante do sexo masculino.

Quando parou de jogar o lacrosse no último ano por razões diversas, ele passou a praticar esportes com outras pessoas trans. “Eu ainda tive a sorte de encontrar alguns outros atletas trans em minha área para me conectar, um dos quais começou um grupo para pessoas sem gênero definido jogarem lacrosse, fazerem caminhadas e praticarem exercício juntos.

Mudança de vida.

Desde então, ele se mudou para Nova York e tem se concentrado em correr. “Eu tenho sorte de ser um esporte individual na maior parte do tempo e eu treino com os corredores da 'New York Road Runners' com meu nome e gênero mudados legalmente”.
Entretanto, Isaac ainda treina com equipes diferentes ao longo do ano e precisa se assumir para atletas quando alguém o vê usando sutiã mesmo tendo barba. “Mesmo se as pessoas não me questionam, ou não parecem se preocupar com a minha aparência, eu tenho consciência de minha aparência ao usar roupas apertadas ou roupas de treino reveladoras”, explica.
“Como artista de teatro, espero criar e trazer à vida histórias que ajudem a normalizar a comunidade LGBT e mostrar que não somos perigosos ou, de alguma forma, imorais”, diz Isaac. “Como atleta, espero inspirar os jovens que estão passando pelas mesmas coisas que eu fiz para não desistir e ganhar proteções de nossas escolas e do governo para poder jogar com as equipes com as quais nos sentimos confortáveis”.

Isaac afirma que o esporte sempre foi uma parte muito importante da sua saúde e bem-estar, e que todos devem ter a oportunidade de participar e serem julgados apenas por sua habilidade e dedicação, e não por como eles se identificam na questão de gênero.

"Eu lutei e vou continuar lutando por todas as pessoas trans, especialmente aquelas a que são negadas o direito de fazer algo que amam apenas por causa de seu sexo. Eu apenas tive de perceber que me assumir sempre terá de ser uma parte de minha vida e que minha identidade será usada frequentemente para tentar me distinguir dos outros, especialmente no mundo dos esportes”, finaliza ele.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

SEXO

Jogos eroticos para casal ou amigos gays



PARTE-2

DICA#3- BARALHO

O baralho é um ótimo aliado para apimentar o relacionamento pois com ele é possível criar várias brincadeiras interessantes para que o casal ou até mesmo para um grupo mais animado.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

ARTE HOMOEROTICA & QUADRINHOS EROTICOS





Abaixo quadrinho erotico:

CLOUDY DAYS - DIAS NUBLADOS.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

GATO BELAMI

CLAUDE SOREL







Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

DIREITOS

Sem tabus: Homenagem a policial gay mostra avanços na polícia da França.


O presidente francês, François Hollande, durante cerimônia em homenagem a Xavier Jugelé, policial francês morto em atentado terrorista no dia 20 de abril em Paris.


"Uma polícia sem tabus". Esse é o desejo de um sindicato policial francês para acabar com o preconceito dentro de uma instituição com fama de homofóbica e repressora. A morte do policial francês Xavier Jugelé no atentado na avenida Champs-Elysées, na última sexta-feira (20), gay e militante LGBT, trouxe a questão à tona.

Para Yves Lefebvre, secretário-geral do sindicato Unité-SGP Police FO, é inaceitável que o preconceito contra policiais homossexuais ainda exista hoje na França. "Nós temos uma polícia à imagem da nossa sociedade atual. Por isso, batalhamos por uma polícia sem tabus", disse, em entrevista à rádio France Info nesta manhã.

Segundo o sindicalista, o convite para o discurso de Etienne Cardiles, marido de Jugelé, durante a homenagem realizada pelo governo francês na manhã desta terça-feira (25), já mostra uma polícia "mais aberta, tolerante e progressista". "Apoiamos 100% nossos policiais homossexuais e eles sabem disso", reiterou.

No entanto, apesar da abertura na polícia, ainda falta tolerância em parte da população. A justiça francesa foi acionada depois que comentários homofóbicos contra Jugelé foram postados nas redes sociais, no dia 22 de abril.

De acordo com o ministro do Interior, Matthias Fekl, as publicações são “ignóbeis e intolerantes”. O autor delas pode ser acusado de “apologia ao crime” e “provocação ao ódio e violência devido à orientação social de um indivídio.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

HOMOSSEXUALIDADE

A VIDA FORA DO ARMARIO



PERGUNTAS & RESPOSTAS



Ele fingiu não me ver e me excluiu no Face, o que faço?


“Fiz amizade com um cara, conversamos umas 3 vezes, depois o vi acompanhado com a namorada e fingiu que não me viu, ai fui no face dele, ele tinha me excluido. Mando uma mensagem perguntando algo em tom de brincadeira, ou espero vê-lo pessoalmente outra vez?”

Anônimo por Formspring

~*~

Seguinte, eu, no seu lugar, não entraria mais em contato. Se ele te ignorou é porque não faz questão nem da sua “amizade”, nem de algo a mais contigo. 

Às vezes, o cara só queria tua amizade mesmo e você pode ter se confundido achando que ele queria algo a mais. Sei lá. Se ele tem namorada, nem é legal tentar ter algo além com ele…

Então, siga sua vida. Não mande mensagem, não diga oi quando cruzar com ele por aí. Atue como se nunca o tivesse conhecido. Sei que a gente sempre busca resposta para as coisas que não saíram como esperávamos, mas algumas vezes é até melhor ficarmos sem a certeza, sem saber o motivo.

Tem tanto cara legal por aí buscando amizade ou algo a mais…. Chama o próximo da fila.

Bjus.

~*~

E pra esquecer o boy, como faz?



“Gatos, como desapaixonar de um boy q nao fez nada de errado pra justificar raiva ou ódio? Meu coração decidiu q ele é o cara e não ta aceitando nenhum outro”.

Anônimo por Formspring

~*~

Menino, o coração da gente é meio burro. Não entende que alguém não nos quer como marido e fica mandando mensagens de “fé e esperança” pro cérebro… daí você fica nessas de querer que o mundo esteja a teu favor e faça com que vocês fiquem juntos na hora em que subir o letreiro  “E viveram felizes para sempre”, antes do final do filme.

Se teu coração não ajuda, é preciso fazer força para que ele entenda o que está passando.

Tenha em mente que NINGUÉM É DE NINGUÉM, no sentido de que esse cara não é teu. Não foi feito para você e mais, não quer estar contigo.

Toda a vez em que seu coração apertar e surgirem pensamentos do tipo “ele tem que ser meu”. “quero muito estar com ele” e etc… Force para mudar de pensamento dizendo: “ELE NÃO QUER NADA SÉRIO COMIGO” e “não era para ser”. 

O que te fará gostar menos desse cara será o tempo. Se permita ser feliz com outro alguém e induza seu pensamento a te ver sem o cara e feliz com outro alguém.

Não nascemos grudados em ninguém. Somos livres. Da mesma maneira que aprendeu a gostar desse moço, vai aprender a não gostar mais. 

Bjus.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

VAI DAR OU VOU TER QUE TE COMER?






Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

FOFOCAS DE CELEBRIDADES- GOSSIPS

Ed Sheeran lança clipe de What Do I Know? gravado na Libéria.



Há um tempo, Ed Sheeran foi para a Libéria, no oeste da África, para participar de uma viagem organizada pela Comic Relief, uma famosa organização de caridade britânica que tenta utilizar o riso e a parceria com grandes artistas para combater a miséria no mundo.

Como resultado dessa viagem, o cantor lançou, neste fim de semana, o clipe de What Do I Know?. No vídeo, ele aparece visitando algumas comunidades de Monrovia, a capital do país, e conhecendo a realidade de algumas crianças que moram ali.



Kygo e Selena Gomez lançam o clipe de It Ain’t Me.



Na última segunda-feira (24), Kygo e Selena Gomez finalmente lançaram o clipe de It Ain’t Me, a música nova dos dois. Mas, infelizmente, nenhum deles aparece no vídeo.  Mesmo assim, o clipe está lindo e mostra uma garota acompanhando o namorado no hospital depois deles sofrerem um bizarro acidente de moto.



Normani, Heather Morris e Simone Biles dançam Fifth Harmony.



Esta segunda (24/04) foi um pouco diferente no Dancing With The Stars. Isso porque, além das performances individuais, os competidores tiveram que se dividir em dois grupos para fazer uma grande apresentação com músicas de girl groups ou boybands.

O time de girl groups não poderia ter ficado melhor. Ele reuniu as nossas favoritas Normani Kordei, Heather Morris e Simone Biles, além da patinadora Nancy Kerrigan. E elas fizeram uma ótima setlist: teve My Boyfriend’s Back do The Chiffons, No Scrubs do TLC e BO$$ do Fifth Harmony! O resultado você pode ver abaixo:



Não estamos sabendo lidar com estas fotos novas do Shawn Mendes.



Em outubro do ano passado, Shawn Mendes abençoou nossas vidas com um ensaio incrível que fez para a revista Luomo Vogue. Agora, seis meses depois, ele voltou a iluminar nossa timeline, já que mais fotos daquele ensaio foram liberadas na internet. E, sério, elas estão ma-ra-vi-lho-sas.

Vem ver:





Kristen Stewart passeia abraçada com namorada Stella Maxwell em momento raro.


Kristen Stewart e Stella Maxwell.

Kristen Stewart foi vista em raro momento de romance com a namorada, a angel da Victoria´s Secret Stella Maxwell. As duas passearam pelas ruas de Nova Orleans, nos EUA, coladinhas.



De barriga de fora, a atriz mostrou o corpinho magro, abraçadinha à amada, durante a tarde romântica. Em tempo: Stella, que usou um body de renda transparente, é ex-affair de outra grande famosa: Miley Cyrus.

Aos 42, Ryan Philippe responde internauta que o chamou de “velho, mas gostoso”.



O ator Ryan Philippe postou algumas fotos sem camisa no Instagram do último ensaio que fez para a capa da edição de março da revista Men’s Fitness, e a gente agradece, é claro.
O que acontece é que no twitter, uma internauta tuitou ao ator perguntando “Como seria possível ele ser “tão velho e tão gostoso?”. O ator não deixou barato e respondeu a garota com bom humor: “É um dos mistérios da vida… Sou como o sol, velho e quente!”, ao que um fã respondeu: “Se você é como o sol, adoraria me bronzear”.

Como tudo na Internet, virou treta. E os fãs de Ryan foram correndo defender o ídolo:
“Você nem parece tão velho, cara! Meu pai é mais novo e você tá muito melhor!”
“risos, se o Ryan parece velho, posso ouvir isso qualquer dia. #sex #estudante”
“Ele está longe de parecer velho, só amadurece como vinho bom”.

E pelas fotos do Instagram dele, dá pra perceber que os fãs estão cobertos de razão:
Gostou?

Na Parada! A temporada de Sense8, com cenas da Parada LGBT de SP, começa dia 5 de Maio.



Durante a CCXP Tour Nordeste, que aconteceu entre os dias 13 e 16 de Abril, a Netflix apresentou os três primeiros minutos da segunda temporada de Sense8 onde cenas da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo aparecem.

No primeiro trecho, Will Gorski (Brian J. Smith) aparece dormindo do lado de Riley (Tuppence Middleton) e tendo um pesadelo. Ele acorda e vê Nomi (Jamie Clayton). Ela ira passar por um estranho experimento e pede ajuda. Nesta hora Nomi some do quarto de Will, que acorda em transe assustado.

No segundo trecho, Will e Riley saem de um museu. Seguranças estão escoltando as pessoas de um ataque terrorista. Lito (Mighel Ángel Silvestre) toma o controle do corpo da Riley e eles passam ser serem vistos.

Já no terceiro trecho mostra Lito na Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. Ele é chamado no palco do trio na Parada e diz que está muito assustado. Ele comenta que sempre teve que esconder sua sexualidade mas agora declara ao mundo que é gay. O pessoal vai a loucura e chama seu namorado Hernando (Afonso Herrera) para o palco. Os dois se beijam em grande festa. Outros protagonistas da série aparecem.

VAZA NUDES DO IRMÃO DO ATOR TYLER POSEY, JESSE POSEY, CONFIRA.



Isso mesmo, depois de Tyler Posey ter nudes vazados na net, 



agora foi a vez de seu irmão Jesse Posey mostrar a que veio. Confira logo abaixo!



JOGADOR PORTUGUÊS RICARDO QUARESMA PEGANDO BEM GOSTOSO NO PAU.




LUTADOR DO UFC COM A MALA PESADA.



“Marido” de Richarlyson grita na plateia do “Dancing Brasil” e Xuxa cai na risada.


A última edição do “Dancing Brasil”, que foi ao ar na noite desta segunda-feira (24), na Record, teve uma situação pra lá de engraçada envolvendo o jogador de futebol Richarlyson. Até a apresentadora Xuxa Meneghel não conseguiu controlar o riso após ouvir o grito de uma pessoa da plateia.

“A gente sabe que o futebol está no sangue da família, mas todo o jogo de pernas não ajudou Richarlyson…”, afirmava a apresentadora, antes de ser interrompida pela cantada de um rapaz do auditório. “É o meu marido!”, gritou o homem.

Em seguida, Xuxa riu e logo chamou o VT com a preparação do ex-jogador do São Paulo para a apresentação. Na internet, claro, o ocorrido virou assunto. “Um cara da plateia gritou que era marido do Richarlyson e a Xuxa não segurou o riso!”, disse um internauta. “Xuxa foi anunciar Richarlyson e um cara da platéia gritou “meu marido” e Xuxa não aguentou e se acabou”, escreveu outro.

Veja a apresentação do Richarlyson:


Participante do 'MasterChef' revela ter filho com casal de amigas gays.



A edição do Masterchef Brasil que foi ao ar na noite desta terça-feira (25), teve uma revelação que roubou a cena. É que o programa contou a história do participante Victor Vieira, de 34 anos, que tem um filho com um casal de amigas lésbicas.


Victor Vieira, participante do Masterchef BR, publicou uma foto com uma das mães do seu filho

Ele, que é de Vitória, no Espírito Santo, afirmou se dividir entre a terra natal e a China, onde as mães e a criança vivem.  Victor não quis dar mais detalhes da sua situação familiar, mas fez questão de compartilhar uma foto com uma das mães e e o filho durante um passeio na China. “Família moderna e feliz”, escreveu ele em seu Twitter.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...