Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

20% dos jovens já se identificam como LGBTQ.


Um estudo realizado pela Organização Internacional GLAAD revelou que um em cada cinco jovens americanos dos 18 aos 34, já se identifica como LGBTQ. Retirando a restrição de idade, o número cai para 12% do total da população, e considerando somente os idosos acima de 75 anos, o número cai para 5%.

Vale lembrar que, ao contrário do que muitos conservadores e religiosos dizem, não se trata de um “aumento” no número de LGBTQs, já que sexualidade não pode ser escolhida ou influenciada. É apenas um aumento no RECONHECIMENTO, afinal hoje em dia as pessoas se assumem, uma vez que o tema é exposto, debatido e muito mais esclarecido. Antigamente, em um mundo muito mais cercado de ignorância e medo, quase ninguém se assumia, e com isso, a grande maioria preferia viver no armário enganando aos outros e a si próprios.

A pesquisa ainda revelou que hoje em dia, 63% dos jovens entre 18 e 34 anos, inclusive heterossexuais, dizem apoiar a comunidade LGBTQ. Já entre as pessoas acima dos 72 anos, este número cai para 39%.

A GLAAD atribui o aumento no número de jovens LGBT a diminuição da ignorância em relação a sexualidade e gênero que existe hoje em dia comparado à gerações anteriores: “Isso se deve a auto aceitação e aceitação da sociedade. Hoje em dia muitas famílias já não rejeitam seus parentes LGBT e o risco de perder o emprego por conta desta questão também é menor quando alguém se assume.”

PERGUNTAS & RESPOSTAS


Como agradar um cara ATIVO???



O que devemos fazer para agradar um ativo na cama. Tem algum truque ou alguma dica? Tipo, rebolar, contrair o anus, etc…

Beijos

Anonimo, via Formspring

~*~

Vamos começar falando do que os ativos NÃO GOSTAM: 

*CU DOCE – Parece até que os pintos são diabéticos, gente! Só fazer um pouco de cu doce que eles já amolecem, além do mais é chato “pá porra” isso, né? 

*EXCESSO DE DESENVOLTURA – Ok, ok. Saber algumas posições do kama sutra pode até ser interessante, mas daí a saber o livro “decór e salteado” já é demais. 

*FEMINILIDADE EXCESSIVA – gritar “fode minha bucetinha” e “me joga na parede e me chama de lagartixa” é broxante. eu mesmo peguei uma gay que enquanto eu socava o “feijão” dela gritava em agradecimento a Jurema… (só os fortes entendem), nunca mais falei com o viado. Além do mais, se o cara quisesse algo tão feminino estaria fudendo uma mulher e, hoje em dia, estão sim dando o cu já que a concorrência das gays está fortíssima!

*CHEQUE – não devia nem entrar no mérito dessa questão, pois, assim como muitos comerciantes de hoje em dia, nenhum ativo aceita cheque! 

Como gosto é igual cu, e cada um tem o seu, tem que saber usar o bom senso e utilizar cada item com parcimônia, e ao perceber que um item ou outro tem agradado mais, explore ao máximo este item. O principal é demonstrar que está amando levar essa pica no rabo. 

Se o pinto tiver 12 cm, faça ele acreditar que tem 18 cm… “vire o zóio“, rebole, empine o rabo, bota a mão no joelho, dê uma agachadinha, vai descendo gostoso, balançando a bundinha!

Se a piroca passar dos 20 cm (Eike guerreira!) faça um pouco de dengo, diga pra ir com calma, diga que está doendo (mesmo que você seja larga feito túnel do metrô. É bom não denunciar que seu cu tem um ligeiro excesso de uso. 

Assim como você gay passiva, adora sentir o pau pulsando dentro de ti, os ativos também gostam de um cuzinho piscante… 

~*~

Fiquei com meu amigo e ele se envolveu mas eu não. #HELP!!!



Há poucos meses fiquei com um amigo por um tempo. Como não me apaixonei de verdade, achei melhor ser sincero com ele e manter apenas a amizade, mas ele se convenceu de que eu sou o cara da vida dele e agora sofre por não estarmos juntos.

Depois de tudo eu ainda continuei o mesmo amigão de sempre, fiz de tudo pra evitar que ele sofresse mas não consegui. Tempos depois acabei me apaixonando por um cara e, alguns meses mais tarde, começamos a namorar. Devo contar pro meu amigo.

Eu me sinto horrível por fazê-lo sofrer, mas parece que sendo amigo dele só acabo tornando as coisas piores. Obrigado meninos!

Anônimo, via Formspring

~*~

Oi querido. Temos que tomar MUITO cuidado quando misturamos amizade e sexo, porque as vezes podemos colocar tudo a perder, seja na amizade ou no sexo. Tudo complica ainda mais quando apenas uma das partes se envolve, e a outra quer curtir mais a vida ou não se apaixona, como é o seu caso.

Primeiramente não pense que o erro é 100% seu porque não é. AMBOS resolveram ficar juntos, e acredito que os dois são maduros o bastante para saber separar as coisas, sem falar que devem [ou deveriam] ter previsto que se as coisas não dessem certo a amizade poderia mudar.

Vocês são amigos, então sentem e conversem a respeito do que rolou e coloquem um ponto final nesse sentimento todo. Fale para seu amigo o que você realmente sente a respeito dele, que é A-M-I-Z-A-D-E!!! Esperamos que ele entenda, se não entender paciência a sua parte você fez.

E sim, acho que você deve contar para ele que está namorando, ou ele sempre pensará que ‘um dia’ podem voltar… As vezes um tratamento de choque nesses casos é muito mais eficaz que ficar dando remédio de 8 em 8 horas.

Beijos e espero que tudo dê certo com seu amigo, e seu namoro.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...