Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Morre o policial que aparece dançando em video viral da Parada LGBT de New York.


Resultado de imagem para morre policial que aparece dançando na parada lgbt de New york


O policial que ficou mundialmente conhecido por sua incrivel perfomance de dança na Parada LGBT de 2015, de Nova York faleceu aos 44 anos de idade.

Michael Hance, que era heterossexual, se tornou idolo de muitos gays em 2015 apos aparecer em video dançando com um participante do desfile do ``LGBT Pride``da cidade norte-americana.

No video. o oficial designado para proteger o desfile e´abordado por Aaron Santis enquanto no evento tocava a musica `Don´t Stop Till You Get Enough``, de Michael Jackson.

O oficial entao rebola e quebra tudo para delirio e aplausos da multidao.

O pequeno video recebeu mais de 8 milhoes de visualizaçoes no You Tube e o policial Hance ganhou premio por sua capacidade receptiva a comunidade LGBT.

Relembre a performance de Hance:




Muitos pesames foram enviados a familia apos o oficial falecer de cancer no cerebro durante essa semana.

Ele serviu o NYPD (Departamento de Policia de Nova York) por 17 anos e participou do serviço de emergencia pos 9/11,

O oficial Hance continuara vivo no coraçao de suas filhas Kaityn, de 12 anos e Jenna, de 10.

BROOKLYN- Homem é acusado de atacar três gays em Nova York.


Agressor pode ser condenado a 25 anos de prisão


Um rapper de 32 anos que atacou três homens com uma faca perto de uma boate gay no Brooklyn, em Nova York, foi acusado, na quarta-feira, 29, de crime de ódio, anunciou a promotoria do distrito nova-iorquino, segundo a Agência France-Presse.

James Thomas, conhecido como “Mousey Baby”, gritou insultos homofóbicos contra clientes de um restaurante fast-food perto do Langston Club, em Bedgord-Stuvyesant, em 5 de março, segundo a promotoria do Brooklyn. Depois, ele cortou o rosto de um homem com uma faca e foi embora do local.

Na rua, Thomas empurrou e ameaçou outro homem com o objeto, e, antes de fugir, feriu por duas vezes no peito e uma vez no ombro uma terceira pessoa que veio em defesa de seu amigo.

O rapper poderá ser condenado a 25 anos de prisão pelo crime mais grave. Sua fiança foi fixada pelo juiz Danny Chun em 150 mil dólares.

Comissão de DH: Erika Kokay é eleita vice-presidente.


Deputada ressaltou que neste ano comissão é integrada em sua maioria por defensores dos direitos humanos

Grande defensora da comunidade LGBT, a deputada federal Erika Kokay (PT-DF) foi eleita primeira vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados, na quarta-feira, 29.

“Esta comissão já foi sequestrada pelo fundamentalismo, por um projeto de poder que pressupõe o rompimento com a laicidade do Estado e a hierarquização dos seres humanos no ano de 2013?, declarou Erika, em seu discurso de posse. “Estamos aqui para fortalecer esse colegiado no seu princípio original, ou seja, para fazer a defesa ativa e altiva dos direitos humanos.”

De acordo com a deputada, diferente dos anos anteriores, este ano o colegiado será composto por uma maioria de parlamentares que têm compromisso com a agenda dos direitos humanos. “Esta maioria vai garantir que a comissão possa cumprir sua missão. Portanto, esse colegiado ganha um gigantismo imenso em um momento de disseminação de tanto ódio LGBTfóbico, de gênero, contra os negros, indígenas, quilombolas, trabalhadores rurais sem-terra, crianças e adolescentes”, destacou a parlamentar.

Erika foi eleita por unanimidade. A comissão será presidida pelo deputado Paulão 

Travesti é morta no Bairro Vila Esperança II em Juiz de Fora.



Vítima deu entrada na UPA Norte, mas não resistiu aos ferimentos. Foram realizadas diligências, mas nenhum suspeito foi localizado.

Uma travesti de 33 anos foi morta a tiros em Juiz de Fora na noite desta terça-feira (28). A Polícia Militar (PM) foi acionada após a vítima dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, no Bairro Benfica, e não resistir aos ferimentos. Foram constatadas quatro perfurações no corpo, sendo duas na região toráxica e duas no braço esquerdo.

Foram realizadas diligências pelo Bairro Vila Esperança II, onde a vítima residia, mas ninguém soube precisar o local do crime ou quem poderia ser o autor, nem mesmo os parentes.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...