Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Nove problemas que estudantes homossexuais enfrentam na escola.

Ser um dos poucos alunos homossexuais pode criar um sentimento de solidão
 
Não ter outros colegas de classe homossexuais pode ser muito assustador
A fase escolar não é fácil e fica ainda pior para os estudantes homossexuais. Mesmo que a escola em questão não seja um ambiente muito opressor, não ter outros alunos que estão passando pela mesma situação pode criar um sentimento de solidão.
 
Veja nove problemas que homossexuais sofrem na escola:
 
1. Héteros em toda a parte
 
A maioria das pessoas que você conhece é hétero. Você entende que cada um tem suas preferências, mas será que não podia ter mais algum homossexual por perto para te entender?
 
2. Relacionamento amoroso com amigos
 
Quando seu círculo de amigos é pequeno e você quer ter um relacionamento amoroso, aquelas pessoas do grupo que estão disponíveis começam a chamar sua atenção.
 
3. Festas com héteros
 
As festas com seus amigos héteros podem ser bem entediantes. Não tem mais nenhum gay ? Com quem ficar durante as festas? Se você começou a ir em festas quando estava na escola, provavelmente passou por isso.
 
4. Não se enxergar durante a aula.
 
Seus professores não falam sobre a história de pessoas LGBT e nem passam livros de autores LGBT. Além disso, seus colegas nem se preocupam em discutir sobre a sexualidade de pessoas trans. É como se as pessoas fingissem que essas coisas não existem.
 
5. Solidão
 
Ser um dos poucos alunos LGBT da sua escola pode criar um sentimento forte de solidão. Estar sozinho pode deixar tudo ainda mais difícil de lidar.
 
6. Assumir sua sexualidade
 
Uma das partes mais difíceis é ter que se assumir. Como os colegas de classe vão agir? E os professores? Será que vai ter fofoca sobre isso?
 
7. Bullying
 
Provavelmente você passou por isso. Pode ter sido um amigo que te ofendeu depois de você se assumir ou um estranho que começou a te perseguir depois que descobriu sobre sua sexualidade . Bullying na escola pode ser aterrorizante e é uma das piores partes de ser homossexual na escola.
 
8. Não saber se irá melhorar
 
A fase na escola pode ser tão ruim que é até difícil acreditar que vai melhorar. Mesmo que você não tenha sofrido bullying, ter tido a experiência de ser uma das poucas crianças LGBT pode ter deixado cicatrizes.  Pode ser uma mudança lenta, mas depois fica melhor.
 
9. Seguir em frente
 
E finalmente, depois de tantos anos, finalmente acabou e você está livre para frequentar lugares com outros homossexuais. Apesar de terem tido momentos ruins na escola, também tiveram boas experiências que deixarão saudades. Mas não muita.
 

 PERGUNTAS & RESPOSTAS


 

Como lidar com essa atração (talvez) fatal?

 
“Olá, tenho 19 anos e estou com um pequeno problema!!
Não sei o que está acontecendo comigo, sinto atração por caras na minha idade e talz(normal) mais sinto mais atração por garotos entre 13 e 16 anos.. Isso é normal?? Ou eu tenho problema?? rsr
E queria saber também como faço para abordar um garoto que eu não sei se é gay???”
Anônimo.
~*~
Seguinte: acho que se você não tem problemas com o fato de gostar de meninos mais novos, vai ter.. mas, com a justiça. Imagina a seguinte situação: a criança pela qual você se interessa, não é assumida e está saindo contigo. Vocês têm relação sexual e tudo. Os pais da criança descobrem. Vão dizer que você pegou a criança à força.  E mesmo que o menino diga que não. Que te curtiu e foi por vontade própria… capaz de dizerem que você o ameaçou pra dizer isso. Enfim, DRAMA. Drama. Drama.
Já que você sente alguma atração por pessoas da sua idade, foque nelas. Tente pensar por qual motivo os mais novinhos te atraem.  De 16 pra 19 não é muita diferença. Então, saia com os de 19 e 18.
 
Deixa que os de 17 pra baixo saiam com gente da idade deles. Porque daí. Se der problema, não será culpa de um “adulto” na “relação”, vão botar a culpa nos pais e eles que se virem.
 
Só pra constar, se alguém resolver te denunciar por sair com um menor, tu serás julgado por Corrupção de menores: – Art. 218 – Corromper ou facilitar a corrupção de pessoa maior de 14 (catorze) e menor de 18 (dezoito) anos, com ela praticando ato de libidinagem, ou induzindo-a a praticá-lo ou presenciá-lo: Pena – reclusão, de um a quatro anos.
 
Se eu fosse vc, não brincava disso, não. O Brasil é homofóbico. Em casos ‘de amor’ onde um véio casa com uma menina de 13 anos, tem gente que faz vista grossa. Agora, dois meninos tendo caso e um deles sendo mais velho… é babado, confusão.
 
Quanto a segunda pergunta: converse normal com ele. Sobre o tempo, o futebol, a novela. Veja se ele dá indícios de que curte homens durante a conversa. Se ele permanecer neutro. Fique na sua também e mantenha contato, continue trocando ideia. Se ele der alguma brecha, aproveite. Mas lembre-se: ele pode não ser gay ou pode ser gay e não querer nada contigo. Então é melhor sempre se manter neutro até ter sinais de que ele te quer.
 
Bjus.
 
~*~

Minhocas e Anacondas preferem se encaixar em que tipo de buraco?

Resultado de imagem para imagem: buraco
 
“Oi pessoal, tudo bem? Sei que gosto é igual cú, cada um tem o seu… mas tenho uma duvida que não passa… Os ativos preferem os passivos mais “fechadinhos”, com poucas experiências sexuais, ou os “abertos” (estilo “sambódromo”), um pouco mais experientes?”
 
Anônimo por Formspring
 
~*~
 
Essa coisa de ser aberto ao estilo ‘Sambódromo’ é nova pra mim. Fiquei imaginando os carros alegóricos, a comissão de frente, a ala das baianas, bateria, passistas e mais trocentas alas desfilando pelo ‘koo’ alheio. Nada permaneceria fechado por muito tempo nessa situação.
 
Quanto a sua pergunta, você mesmo disse, gosto é pessoal e varia. Acho que os ativos devem ter mais prazer quando comem um passivo mais fechadinho. Por outro lado, quando o cara já tem mais tempo na estrada da passividade, ele pode ser mais “aberto”, mas sente menos dor e deve dar com mais facilidade, grudar no lustre e dar piruetas… Então a transa não deve ser ruim.
 
Na real, acho que na hora H pouco importa quem ta aberto e quem ta fechado. Sei de alguns homens que meteriam até no buraco da fechadura quando estão doidos de tesão. E não importa em qual fechadura, se a de um portão imenso ou a de uma caixinha de jóias.
 
Tem que pensar também no tamanho da piroca alheia. Se o ativo tiver uma Anaconda pra enfiar num buraquinho, vai ter muito trabalho e é capaz de rasgar o passivo ao meio durante a transa. Já se o ativo tiver uma minhoquinha e o passivo for mais aberto do que  Buraco Negro, capaz do ativo ser sugado pra dentro do vórtice ao tentar enfiar a minhoca pra dentro… Então, é tudo muito relativo, entende?
 
O que me deixa curioso é o motivo pelo qual mandou essa pergunta. Serei mais claro: está preocupado com isso porque tem o koo fechado ou aberto? Hauhauahua
Bjus.


Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...