Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

5 conselhos que podem fazer pessoas LGBT terem um dia melhor.

 
Seguir alguns conselhos pode deixar o dia de uma pessoa LGBT melhor
 
 
Quando o dia está sendo difícil, seguir alguns conselhos e ficar perto de pessoas queridas podem fazer você se sentir melhor
 
A cada dia temos a oportunidade de começar de novo e tentar novamente. Seguir algumas afirmações positivas pode ser de tremenda ajuda para seguir firme durante o dia. Como membro da comunidade LGBT, nem sempre será possível só encontrar coisas boas - sabemos que ainda há muito preconceito por aí -, então por que não seguir alguns conselhos para te encorajar a seguir em frente?
Veja alguns conselhos para pessoas LGBT terem um dia melhor:
 
1. Convença-se de que será um bom dia

Esta é uma ótima forma de começar seu dia! Às vezes, tudo que você precisa é um simples lembrete para manter positividade . Se convença de que você terá um bom dia e leve esse sentimento com você o tempo todo.
 
2. Não tenha vergonha de mostrar quem você é para o mundo

Sendo LGBT, é preciso lidar com o julgamento de pessoas que podem não aceitar quem você é. Mas isso é problema delas! Não tenha vergonha de se assumir e mostrar quem você realmente é. Acredite que muitas pessoas vão te aceitar e gostar de você exatamente da sua maneira.
 
3. Foque apenas no que você pode controlar
 
Se já é difícil ter de controlar as próprias ações, para que se estressar com ações de outras pessoas e que você não pode controlar?  Em vez de perder tempo tentando corrigir o que está além de seu alcance, use seu tempo para focar em como você pode lidar melhor com situações frustrantes.
 
4. Ignore comentários maldosos
 
As pessoas podem ser maldosas e fazer comentários ruins sobre você, mas não deixe isso te abalar! Você sabe que tipo de pessoa você é e que as pessoas podem estar falando coisas sem te conhecer. Siga em frente e não se importe com a opinião de pessoas que não têm nada de bom para acrescentar em sua vida.
 
5. Fique cercado de pessoas queridas
 
O mundo lá fora fica bem mais fácil de lidar quando você sabe que tem pessoas por perto com quem você pode contar. Por isso, se agarre a essas pessoas e afaste-se de outras que te fazem sentir que você é errado por ser LGBT.
 
Siga esses conselhos e tenha um bom dia! Você com certeza merece.


PERGUNTAS & RESPOSTAS

 

Gozar Dentro e Bareback.

 
 
Eu tenho uma enorme dúvida sobre sexo anal: é bom ou não deixar o ativo ejacular dentro do ânus. Como é a sensação, se há algum risco, se sente mais prazer, etc.
 
Luiz, 23 anos – São Paulo
 
~*~
 
Olá Luiz! Sempre há muitas dúvidas sobre sexo anal, não apenas de gays, mas de muitas mulheres também! Tanto que muitas delas leem nosso blog e aprendem muito conosco. Sem falar que manjamos muito de posições sexuais para essa ‘modalidade‘.
 
Sexo anal para nós homens é muito prazeroso já que nossa próstata é um ponto bem sensível. É considerado o ‘ponto g’ dos homens. Apesar de muitos não curtirem [eu inclusive], não posso negar se bem feito é bem gostoso!
 
Quanto a gozar dentro ou fora: Transar sem camisinha é perigoso, porque há muita DST, portanto acho essencial o uso de camisinha até para casais de namorados. Eu particularmente só transei com UM cara sem camisinha, e foi meu ex-marido. Não me arrependo, mas ambos havíamos feito teste para HIV e outras doenças, mas não indico o sexo sem camisinha, ou bareback.
 
Para o ativo, gozar dentro é realmente gostoso [com ou sem camisinha], até porque o estímulo de terminar na mão ou na boca [que também deve ser com camisinha] é diferente, mas vamos combinar que usando camisinha você pode gozar em qualquer lugar?
 
Preocupo-me um pouco com essa ideia de pessoas transando sem camisinha! O HIV e outras DSTs são perigosos e a maioria pensa que nunca acontecerá, mas acontece!
 
Portanto: CAMISINHA SEMPRE!
 
~*~

o virgem de Aracaju.

 
 
 
“Tenho 18 anos e nunca tive relações sexuais (nem com homens nem com mulheres) e a única mulher por quem tive tesão foi minha ex, desde os 13 anos que eu sinto atrações por homens, mas eu achava que era coisa da idade, algo passageiro, mas de um tempo pra cá sinto uma vontade imensa de me relacionar com outros garotos, o problema é que sou muito tímido e caseiro pra sair à caça. Me ajudem por favor. Desde já obrigado”.
 
Alex, 18 anos – Aracaju/SE
 
~*~
 
Sobre essa coisa de ser fase gostar de homem… é difícil atestar. Cada caso é um caso, eu nunca transei com mulher na vida e não preciso transar pra saber que não me apetece. Não sinto curiosidade, saca? Nem vontade… Agora, me tranca com um boy magya dentro dum quarto escuro e grita “acha o boy, ele ta pelado”. EU ACHO. hahahaha
 
Enfim, se você sente que a atração por homens é maior do que a por mulheres, está certo em tentar ter uma experiência com homens. Como fazer isso? Ué, entra num chat gay aí da sua cidade ou faz cadastro em algum site gay. Troque mensagens com algum cara que te pareça interessante. MASSSSS, pelo amor de Deus! Cuidado. Converse bastante por Msn/Skype/Facebook antes de encontrar o boy pessoalmente. NUNCA forneça dados pessoais como CPF, RG, Endereço de casa… entende? Tudo bem que se o cara for um Hacker ele vai descobrir isso sem perguntar, mas tem muito doido na internet. Não seja ingênuo.
 
Abra a cam sim, pra ter certeza de que o cara existe e é quem diz ser, além do que,  fotos podem enganar (e ser de 10 anos atrás), mas aprenda com os ‘famosos”, sexo virtual quase sempre acaba indo parar na internet.
 
 
 
No mais, ao conversar vitualmente com algum boy, na hora do encontro real, vai te dar menos vergonha/timidez. O importante é respeitar seus limites e conhecer o máximo possível do cara com quem resolver transar. Terá que ser alguém que te respeite e te trate com carinho na sua primeira vez. E, claro, USE CAMISINHA. Se você não usar camisinha eu arraaaaaaaaaanco seu pinto fora com uma foice. Estamos entendidos?

Beijos.



Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...