Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Conheça os brinquedos sexuais mais utilizados pelo público gay na hora do sexo.

 

 
Anéis penianos, dildos, consolos, vibradores, plugs anais. Conhecem? Sim, são brinquedos sexuais utilizados na hora de fazer aquela festinha, seja acompanhado ou sozinho – o importante é se divertir. Em um mercado em constante crescimento, os apetrechos são muito utilizados pelo público gay.

A comunidade é consumidora ativa de produtos eróticos. Dentre as centenas de coisas que existem no mercado há aquelas mais atraentes na opinião da maioria. Mas quais são elas? Calma! Vamos te dar uma luz do que pode ser muito bom para o prazer.
 
Conversamos com a equipe da Boutique Sensual para saber quais eram os produtos mais vendidos e apreciados pelo público gay. De acordo com eles, o plug anal com vibro, pênis realísticos cyber skin com vibro, ovo tenga e os vibradores são as maiores sensações.
 
 
 
A utilização dos brinquedos é um meio de conhecer o corpo e os meios de se chegar ao orgasmo. Quem melhor do que você mesmo para conhecer seus limites. Então que tal comprar alguns apetrechos e depois só dar uns toques no boy. Temos certeza que a relação será bem mais prazerosa.
 
Dica.
 
Se você já utiliza estes produtos vamos te levar a um estágio mais prazeroso com o parceiro. Que tal alguns jogos de prazer? Os baralhos, dados e caixas surpresas são excelentes para brincadeiras sensuais.

PERGUNTAS & RESPOSTAS

 

Será que ela é?

 
 
Gente, pode parecer estranho por aqui, mas sou uma garota. Juro! Queria saber se vocês já ouviram falar de algo parecido, vou contar minha história.
 
Tenho 16 anos e desde pequena sempre achei que fosse hetero, porque sempre tive atração por meninos. Tudo bem. Aos meus 13 anos comecei a namorar um garoto que todo mundo falava que era meio gay, com o passar do tempo perguntei pra ele se ele era bi ou algo assim. Ele disse que não, mas eu achava que era.
 
Fiquei meio decepcionada quando ele falou que não era, mas não terminamos. Aos 14 resolvemos tentar fazer sexo. Odiei.
 
Sempre tive tesão por gays, inclusive vivo lendo isso aqui. *—-*
Até que induzi ele a beijar um garoto, depois outro…
Até que um dia fomos brincar de gays, acabamos fazendo sexo anal, e adorei.
Isso fez com que eu me interessasse mais por gays.
 
Hoje em dia, ele faz sexo com outros meninos e eu sempre ‘me meto’ no meio.
Sempre nos nossos momentos íntimos confesso que adoraria ter uma neca pra ele. As vezes a gente finge que eu tenho uma, ou usamos outras coisas, ou eu sou o passivo, mas eu queria demais ser o ativo da história. É sério!
 
Merda de Destino.
 
Queria saber se já ouviram casos parecidos, e se vocês acham que com o tempo, vou sei la virar hetero, ou fazer mudança de sexo, se vocês acham que  fase de adolescência e tals.
 
Leticia, 16 anos.
 
~*~
 
Não se preocupe. Já ouvi alguns casos de meninas que gostam de ser ativas com seus namorados, isso talvez seja mais comum do que achamos. Sobre você se interessar por gays, isso é ainda MAIS NORMAL do que se pensa! Tenho amigas heterossexuais convictas que adoram beijar meninos gays, sejam eles masculinos, femininos, ativos, passivos… é só ir a uma baladjeeenha gay que você irá encontrar elas aos montes!
 
Não acho que você seja lésbica por gostar de “comer” o edi do seu namorado, e muito menos que vá virar uma transex depois de sua adolescência.  Você seria considerada homossexual se você sentisse atração por meninas e não por meninos como você nos conta. E se sentir pelos dois, seria bissexual. Nada com o que se preocupar.
Mudança de sexo não acredito que seja uma boa opção, ainda mais porque você ainda tem dúvidas. Sobre mudanças de sexo, o que eu sei é que algumas pessoas podem, com seus 13 anos, tomarem um remédio para não entrar na puberdade e começar a desenvolver as caracterísricas de seu sexo de nascimento, mas isso é algo feito depois de muitos exames e muitas conversas com o psicólogo.
Na minha opinião você é uma garota HÉTERO, que curte fazer sexo a três com seu namorado e curte ser a ativa. Ponto. Isso não tem nada a ver com homossexualidade, até porque, nos mènages são dois caras e você, e não duas meninas.
 
Essa sua vontade tem muito a ver com dominação. Muitas mulheres gostam de comandar, e este pode ser o seu caso.
 
As coisas podem mudar com o tempo, você começar a curtir algumas coisas e deixar de curtir outras. Enquanto isso, aproveite.
 
Você está feliz? Isso é o que interessa.
 
~*~

Amor eterno Amor.

 
 
 
Oi gente, tudo bom? Bem, meu nome é Inã, tenho 17 anos.
Há mais ou menos um mês, eu estava com meu namorado ao telefone e meu pai pegou o telefone no outro ponto da linha e escutou tudo. Não havia como fingir ou disfarçar. Meu pai e minha mãe entraram no meu quarto e me bateram. Eles são evangélicos e disseram que iriam “tirar o demônio de mim“.
 
Meu pai contou para meu irmão e quando ficamos a sós ele me bateu com muita violência e disse coisas horríveis, me jogou e disse que se eu gostava daquilo, era aquilo que eu teria. E me estuprou.
Fugi de casa e fui morar com meu namorado e meus pais não sabem onde estou. Os pais dele nos aceitam, contei a eles e vão me apoiar e denunciar as atrocidades da minha família. Achei melhor que eles não fizessem isso, estou pensando em nunca mais ver meus parentes e morar com meu namorado,
 
 Devo realmente fazer isso, ou devo tentar consertar tudo com a meus pais? Ate porque é
difícil .esquecer 17 anos normais em que eu fui tratado com todo o amor do mundo, mas por outro lado tenho certeza de que tudo será diferente
 
Inã, 17 anos.
 
~*~
 
Esta coisa de violência contra gays dentro de casa aumenta a cada dia, parece que as pessoas ao invés de evoluir estão regredindo. Parecem um bando de macacos da Pré-História com seus cérebros miúdos e pouca inteligência. Tenho diversos tios/as evangélicos, inclusive um dos meu primos é filho dos meus tios que são pastores e eles, se não aceitam, pelo menos respeitam a privacidade dele e não interferem na sua vida e suas escolhas. Por isso deixe-os seguir a vida deles. Se eles acham que ser gay é algo do demônio, imagina pais que espancam seus próprios filhos. Desculpe, mas acho que agressão é muito pior que ser gay. Aliás, um dos 7 pecados é a IRA, ou seja…
 
Quanto a seu irmão acho que você deveria ir até a polícia e registrar um boletim de ocorrência. Independente dele ser seu irmão, o que ele fez é um CRIME e nem com toda razão do universo [RAZÃO QUE ELE NÃO TEM] ele poderia ter violentado alguém. Se ele fez isso com você que é irmão dele, o que ele fará com um desconhecido. O lugar de estuprador é na cadeia e não nas ruas tendo oportunidade de estruprar outras pessoas.
 
Não acho que você tenha que consertar nada com seus pais, os errados foram eles e não você, mas desculpe, não acredito que eles vão entender a sua sexualidade depois do que fizeram, e outra, você conseguiria continuar morando com eles e COM SEU IRMÃO depois de tudo o que aconteceu??? POR ENQUANTO fique na casa de seu namorado, já que os pais dele aceitam vocês como um casal, mas lembre-se que isso não pode ser para sempre. Vá em busca de um trabalho e acima de tudo termine seus estudos, só assim você poderá ter uma independência, seja de seus pais ou dos seus sogros.
 
Mais para frente, se seus pais quiserem conversar com vocês a respeito do que aconteceu, dê uma chance para eles. Nunca se sabe o quanto as pessoas podem mudar suas concepções na vida, mas fique alerta para o que eles vão dizer e PENSE MUITO BEM se eles te proporem a voltar a morar com eles. Logo você faz 18 anos e será emancipado e poderá fazer o que você bem entender.
 
Muita força querido.
 
Beijo Grande.


Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...