Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Criança de cinco anos tem a reação mais fofa ao saber que irmão é gay.

 
 
 
As crianças não julgam e geralmente são bem honestas, não é mesmo?! A prova disso é um recente vídeo publicado pelo youtuber Oliver Potter. Na gravação, ele decide filmar a reação do seu irmão Alfie, de 5 anos, após descobrir que Oliver é gay.

O youtuber começa a conversa questionando o pequeno sobre o que ele pensa a respeito do amor e em seguida, ele pergunta sobre ele: “Então, como você se sentiria se eu me casasse com outro homem?”. Rapidamente, Alfie responde deixando o irmão com os olhos marejados “Se você se casar com um homem, será muito legal”.
 
 
Confira o vídeo (em inglês):
 
 
 

Não quero título ou fama, só respeito’, diz Tarso Brant após estreia em novela.

 
Tarso Brant estreia em 'A Força do Querer' e fala sobre readequação de gênero: 'Primeiro mudei a aparência, que era o que mais me incomodava', explica o ator
 
A primeira cena do ator Tarso Brant em 'A Força do Querer', novela da Rede Globo, na noite desta quinta-feira, 27/7, pode até ser confundida com sua história da vida. Mas ao contrário de seu personagem, Tereza, ele fez questão de mudar de nome e relembra todo processo de readequação sexual, que começou há 4 anos.

“Primeiro mudei a aparência, que era o que mais me incomodava. Depois apareceram outros questionamentos. Mudei de nome por causa de um processo de autoconhecimento do universo masculino”, explica.

 
 
 
 
Tarso afirma que a troca de nome foi um divisor de águas na sua vida. “Tereza foi importante para eu saber o homem que sou. Precisava de um nome que me ajudasse na identificação do eu de agora, e meus pais me ajudaram na escolha. Nasci Tereza Cristina e hoje sou Tarso Alexandre”, diz ele.

Sobre a fama, Tarso garante estar preparado. “Não quero título ou fama, só respeito pela minha profissão. Por mais que as pessoas imaginem o que já passei, só eu tenho essa vivência e só eu sei o quanto já aguentei”
 
 
Tarso Brant fala sobre mudança de nome: 'Tereza foi importante para eu ser o homem que eu sou hoje. Mudei de nome por causa de um processo de autoconhecimento'.
 
 
Apesar de se identificar com o universo dos homens desde criança, Tarso guardava segredo com o objetivo de se proteger. “Preconceito é preconceito em qualquer lugar. Não tem diferença entre a cidade grande e o interior. Nunca fui chacota, mas sempre fui muito questionado".

"Na minha casa, as conversas foram sutis e de forma gradativa. Meus pais sempre priorizaram a minha felicidade”.
 
 
 
 
Aos 24 anos, Tarso lembra que o processo da transição começou em casa e por conta própria e só depois procurou médicos para auxiliarem na readequação. “O importante é não querer se rotular. É um processo que requer muito equilíbrio psicológico. O ponto mais importante foi a mudança do meu comportamento”.



Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (2) Comente aqui!

2 comentários:

  1. Não tenho nada contra os transgêneros, pois, isso é compreensível com o que ocorre com a pessoa que nasceu assim, mas eu acharia estranho transar com um homem que ao invés de pênis tem uma vagina. Não teria coragem e nem sentiria bem.

    ResponderExcluir
  2. Anonimo- E´ bem provável que os transgeneros alterem também os órgãos genitais, que hoje e´ possível.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...