Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Jovem recebe mensagem anônima sobre namorado soropositivo e dá lição nos preconceituosos.

 
Jeandro Borba publicou um post no facebook sobre como é namorar um soropositivo
 

Uma mensagem anônima recebida pelo jovem gaúcho Jeandro Borba, de 29 anos, no aplicativo Sarahah fez com que ele iniciasse uma discussão a partir de uma publicação no Facebook sobre a diferença entre HIV e Aids e quebrar preconceitos em torno dos indivíduos soropositivos em relação a sociedade.

“Teu namorado tem aids”, dizia a mensagem não identificada no app, que permite que usuários enviem e recebam mensagens anônimas para dar feedbacks positivos ou enviar elogios e críticas a outras pessoas. Diante da surpresa, Borba resolveu escrever um post na rede social para esclarecer a possibilidade do convívio de um casal sorodiscordante, quando apenas uma das partes tem o vírus.

“Primeiro, gostaria de deixar bem claro que palavras como essa não me ferem, tão pouco afetam meu relacionamento”, iniciou ele. “Mas como senti que elas estão carregadas de falta de informação, preconceito e maldade e por ser Servidor Público que atua no Sistema Único de Saúde, onde uma das minhas atividades é esclarecer as pessoas sobre doenças, tratamentos e prevenções, me sinto com obrigação de te esclarecer algumas coisas”, completou.

Borba continua o relato ao explicar a diferença entre ser portador do HIV e a doença Aids, fala do tratamento que mantém a quantidade do vírus no organismo da pessoa controlada e como estes procedimentos podem levar ao soropositivo a carga viral indetectável, quando o portador do vírus não é capaz de transmiti-lo para o parceiro sexual.

Por fim, Jeandro informa que desde o início do namoro sempre falou abertamente com o namorado sobre o assunto e aproveitou para alfinetar os preconceituosos. “Desde o início conversamos muito sobre o assunto e estamos muito bem preparados pra receber esse tipo de preconceito e saber lidar com ele, jamais esse tipo de frase afetará o que sentimos e o que vivemos”, conclui.
 

Ian Thorpe faz campanha em prol do Casamento Gay na Austrália com o Namorado Ryan Channing.

 
 
 
O Nadador Campeão Olímpico Australiano Ian fez a campanha com o namorado dele.

Diz Channing: “Todo australiano deve ter o direito de mergulhar com a pessoa que ele ama”.

 
 
 

"Era uma imagem em branco acima do meu nome", disse um dos estudantes.

 
Escola é acusada de homofobia após retirar fotos e frases de alunos gays de anuário e causa repercussão
 
 
Quando os alunos norte-americanos chegam ao fim do ensino médio, eles se preparam para fazer o anuário escolar, um livro que reúne fotos e frases de todos os estudantes. A ideia é que o livro seja uma lembrança eterna daquela fase da vida. Recentemente, uma escola do estado de Missouri foi acusada de homofobia ao censurar dois alunos gays da publicação.

O caso apontado como  homofobia envolveu Joey Slivinski e Thomas Swartz, que são abertamente homossexuais e escolheram frases que representassem a liberdade sexual para o anuário. “É claro que eu me visto bem, não passei o tempo todo no armário para nada”, escreveu Joey. “Se Harry Potter nos ensinou alguma coisa, foi que ninguém merece viver no armário”, escreveu Thomas.

Os diretores da escola consideraram as frases inapropriadas para o livro e censuraram as citações e as fotos sem consultar os dois estudantes. “Em um esforço para proteger nossos alunos, citações que poderiam ofender outros alunos ou grupos de estudantes não são publicadas”, afirmou a escola em um comunicado oficial.

Reações.

“Fui procurar a minha frase no anuário, mas nada estava lá”, disse Joey em entrevista à “KCTV5”. “Tenho orgulho de ser quem eu sou e estou desapontado com o que aconteceu”, completou. Thomas também ficou surpreso ao não encontrar sua foto ao lado de outros colegas no livro. “Era uma imagem em branco acima do meu nome. Eles precisam saber o que fizeram é errado. Quero poder contar minha história às outras pessoas”, disse.

A surpresa não foi apenas dos dois alunos censurados do anuário. Matthew Hunt, membro do conselho escolar, também é gay e fez uma publicação em sua página do Facebook sobre o caso.

"A intenção era remover citações potencialmente ofensivas e, em vez disso, ofenderam a comunidade LGBT . Eles também ofenderam os colegas de classe e aliados desses jovens que apoiam as frases escritas por Joey e Thomas. As citações dadas representam esses jovens e expressam a seus colegas de classe quem são e o que eles representam", escreveu.

O membro do conselho escolar seguiu, dizendo sobre a importância de se assumir como LGBT e explicou como as frases não ofendiam ninguém. "Essas citações são inspiradoras", afirma. Matthew finalizou, falando que apoiava publicamente os estudantes.

Diante da repercussão e das acusações de homofobia, a escola fez outro comunicado oficial pedindo desculpa aos estudantes. "Nosso ato teve a consequência involuntária de ofender os próprios estudantes. Sinceramente pedimos desculpas a esses alunos", declararam.


Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...