Slide 1 Slide 2 Slide 3

SEXO

7 razões por que o sexo oral pode ser melhor que o anal.

 

Tá bom, gosto é que nem bunda: cada um tem o seu. Tem quem não dispense umas longas preliminares, já outros preferem não perder tempo e partir logo para a penetração. E tudo bem, tudo normal.

 
 
 
 
 
 

Mas, independentemente da idade, gosto ou preferência entre quatro paredes, há algo que é quase unânime: todo homem a-do-ra receber um bom sexo oral.

 

 
 
 
 
 
 

Já parou para pensar que o boquete é sempre um presente? Sim, porque quase ninguém consegue fazer um boquete em si mesmo.

 
 

 Daí é que entra na jogada aquela velha máxima “é dando que se recebe”…



 

Mas não é só isso que torna a prática do blowjob fascinante. Tem quem diga que ele, inclusive, pode ser mais prazeroso que o sexo anal.

 
 
 
 

Você concorda?

 
 

Antes de deixar a sua opinião nos comentários abaixo deste post, leia aqui o que disseram alguns leitores e a ciência:

 
 

#1. É mais íntimo.

 
 
 

Há controversas, mas – num consenso geral – sexo oral é mais intimo que anal.

 
 

Pense só, ao fazer um boquete, você tem o boy dentro da sua boca e “prova” todo o seu sabor. Se isso não é íntimo, então eu não sei o que é…

 
 

Isso quer dizer que uma chupeta também é uma arte: a arte de ganhar intimidade e fazer alguém feliz.

 
 

Não tem jeito. Você precisa realmente gostar do formato, do cheiro, da anatomia, do sabor e da temperatura de uma piroca para cair de boca nela.

 
 

#2. Só assim você conhece a piroca dele de verdade.

 
 

Falando nisso, não há maneira melhor de conhecer a neca de um boy do que com um bom boquete.

 
 
 

A forma, o tamanho, a largura, a textura… estará tudo dentro da sua boca, com muito orgulho.

 
 
 
 

O órgão genital de um homem é praticamente um parque de diversões, e nada mais ideal do que constatar isso com a própria língua. Não é não?

 

#3. É mais espontâneo.

 
 

Sexo anal espontâneo é bem mais difícil de rolar do que o oral.

 
 

O boquete, aliás, é a melhor forma de exercitar a fantasia do “aqui e agora”. Tesão bom não tem hora para chegar.

 

 

Quem nunca arrastou – ou pensou em arrastar – o cara para o banheiro mais próximo, para o cantinho escuro da balada ou até a última fila do cinema?

 


Daí vem o olhar o assustado do outro, dizendo: “jura, aqui?”. Juro. Aqui.

 
 
 

Não tem nada mais simples e mais efetivo para prevenir que o sexo caia na rotina. Um bom oral é – quase sempre – delicioso, vem bem com qualquer coisa, a qualquer hora, e faz com que tudo fique mais feliz.

 
 

#4. Não dói.

 
 

A menos que o boy inclua os dentes na brincadeira, claro. Caso contrário, sexo oral só proporciona gemidos de puro prazer.

 
 
 

Para os mais ousados, aqui um alerta: região peniana é sensível, não é feita de aço. Não esprema a neca dele como quem aperta tudo de creme dental.

 
 
 

Pegue leve. Apertadinhas suaves são bacanas, mas exagerar na dose pode transformar o seu peru de concreto em maria-mole.

 
 

#5. Combate rugas e marcas de expressão.

 
 

Por que a surpresa? Durante a prática do sexo oral, a musculatura está em plena atividade física, ueh!

 
 
 

E isso não é papo furado não!

 
 

Segundo um estudo, de autoria da Dra. Mary Jonathan Richmann, PhD em Tonificação Bucomaxilofacial, com 10 minutos de sexo oral ao dia, você pode obter resultados 10 vezes melhor do que com muito creme anti-rugas que existe no mercado.

 

Isso porque o bom boqueteiro tonifica a musculatura bucomaxilofacial, evitando os sulcos nasogenianos – que são aquelas marcas de expressão fortes, na proximidade do nariz até o canto da boca, também conhecidas como ‘bigode chinês’.

 
 

#6. O sêmen é bom para saúde e ajuda a combater a depressão.

 
 
 

Sim, está cientificamente comprovado: praticar sexo oral, além de superdivertido, também pode ser super saudável (quando feito de maneira responsável, claro).

 
 
 

Uma pesquisa conduzida pela Universidade Estadual de Nova York concluiu que o contato com o sêmen deixa as mulheres mais felizes (imagine os gays então! rs).

 

A explicação é a seguinte: o esperma contém cortisol, que é conhecido por aumentar a afeição, além de um tipo de estrogênio e oxitocina, que elevam o nível de humor, melatonina, que é agente indutor do sono, e seratonina, o mais conhecido neurotransmissor antidepressão.

 
 

Nota importante: É claro que os benefícios do esperma só devem ser desfrutados em relações estáveis e com os exames em dia, sempre bom lembrar.

 
 

#7. Reduz a timidez e a ansiedade.

 
 

Muitos homens não se sentem confortáveis na hora da penetração, seja por problemas psicológicos ligados à ansiedade, por medo ou até mesmo porque têm algum tipo de disfunção sexual.

 

Fazendo um bom blowjob, todos podem ficar mais confortáveis e livres de paranóias. Sem medo de brochar, sem medo de passar o cheque, sem medo de sentir dor.

 
 

É por isso que, além de todos os outros benefícios, o sexo oral também facilita a integração e o relaxamento. Afinal ele ajuda direta ou indiretamente no tratamento dessas disfunções.

 
 

E você, o que prefere?

 
 

ou

 

Claro que o ideal é combinar os dois: sexo oral e sexo anal.

 
 

Mas imaginemos, hipoteticamente, que você tivesse que passar alguns meses praticado apenas uma modalidade ou outra. O que você escolheria?

 
 
 

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (1) Comente aqui!

Um comentário:

  1. Eu quero conhecer alguém de São Paulo capital. Pra fazer um troca troca quem quiser pode deixar o seu whatts zap.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...