Slide 1 Slide 2 Slide 3

LITERATURA GAY




 

O Segredo de Brokeback Mountain

Ennis Del Mar acorda antes das cinco, o vento balança o trailer, assobiando ao redor da porta de alumínio e das persianas da janela. As camisas penduradas num parafuso vibram lentamente na brisa. Ele levanta, coçando os pelos cinzentos da barriga e do púbis, vai até o forno à gas, despeja a sobra do café numa gasta caneca esmaltada; a chama a colore de azul. Ele abre a torneira e urina na pia, veste a camisa e os jeans, as botas desgastadas, batendo os calcanhares contra o chão para encaixá-las. O vento se reparte na extremidade curva do trailer e sob sua passage feroz ele pode ouvir o estalar do cascalho e da areia. Não devia estar sendo nada bom estar na estrada com o trailer para cavalos. Ele tinha que ter arrumado tudo e estar fora dali naquela manhã…



 

A Noite é Virgem

Gabriel Barrios, vive em Lima. A sua existência de filho maldito da burguesia acomodada apenas é interrompida por algumas viagens regulares a Miami, um "paraíso" onde sabe que nunca poderá viver. Homossexual, ainda que não indiferente às mulheres bonitas, Gabriel frequenta a noite dos bares, do rock e da cocaína... até que conhece Mariano, vocalista de uma banda que parece reencarnar a pré-história dos U2. Subitamente, ele acredita (ou quer acreditar) que é possível ser homossexual, viver em Lima e, ainda por cima, conquistar a felicidade - sonhos perigosos.
O retrato da intimidade de um solitário feito por Jaime Bayly, com um
misto de ironia e desespero, é simplesmente excepcional.



 
A Confissão de Lúcio

Cumpridos dez anos de prisão por um crime que não pratiquei e do qual, entanto, nunca me defendi, morto para a vida e para os sonhos… nada podendo já esperar e coisa alguma desejando — eu venho fazer enfim a minha confissão: isto é, demonstrar a minha inocência. Talvez não me acreditem. Decerto que não me acreditam. Mas pouco importa. O meu interesse hoje em gritar que não assassinei Ricardo de Loureiro é nulo. Não tenho família; não preciso que me reabilitem. Mesmo, quem esteve dez anos preso, nunca se reabilita. A verdade simples é esta…



 
O Jardim da Luz – O Reencontro do Amor Eterno

Existem aqueles que acreditam em Destino, porém, acreditam também que um ser autoritário, frustrado e de ideais fantasiosos pôde ser capaz de interferir nos destino de milhões de pessoas? Dá para acreditar que esse mesmo ditador mudou a História e o curso do mundo pra sempre? Isso realmente aconteceu, porém, existiram aqueles que lutaram contra, e um deles chamava-se Hans Fischer.  Com o apoio de seu avô, Hans decide enfrentar uma nação e ir em busca de seu amor, um jovem judeu que partiu para Lodz, cidade polonesa, ao encontro de seus pais. A chama do amor se mantém acesa, aumentando ainda mais naquele tão sonhado reencontro. O que Hans e Eliezer não sabem é que o sofrimento está apenas começando, mas independente disso, o amor fala mais alto, e juntos lutarão pelo único direito que possuem, o de Amar. A segunda parte do livro abordará não somente um romance, mas também a arquitetura de um ideal que pretendia reinar por mil anos. A partir de agora, os dois personagens levarão os leitores a conhecer o outro lado da história. Através de Hans e Eliezer os leitores entrarão na história, adentrando nos Guetos e Campos de concentração, passando por momentos de sofrimento, tortura e coragem.


BOA LEITURA !!!


Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...