Slide 1 Slide 2 Slide 3

DIREITOS

Parada do Orgulho LGBT Rio levantará a bandeira da diversidade e contra o fundamentalismo religioso.




Diante de uma situação de extrema dificuldade financeira – e também política e religiosa -, a Parada do Orgulho LGBTI do Rio esteve em vias de não acontecer neste ano. Apesar de todas essas dificuldades, a 22ª Parada do Orgulho LGBTI do Rio acontecerá no dia 19 de novembro em Copacabana com apoio da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro – ABIH e patrocínio da Ambev e da Uber.

Como comentamos por aqui, Daniela Mercury, que abriu mão do seu cachê para participar do evento, se apresentará no carro patrocinado pela Uber. Neste ano, a bandeira de todos será “Resistindo à LGBTIfobia, fundamentalismo, todas as formas de opressão e em defesa do Rio”. Além da baiana, outros artistas doaram seu tempo e abriram mão do cachê para estarem na passeata mais colorida do Brasil. 

A Parada do Orgulho LGBTI Rio terá seis trios com shows de Lorena Simpson, Sara e Nina, Yann, Cariúcha, DJ Paulo Pringles, Bloco Exagerados, Candybloco e várias outras atrações. A cantora Leila Maria entoará o Hino da Parada “Bom é Beijar”, criada para o evento em 1998. Mais uma vez, a Divina Diva Jane Di Castro abrirá a Parada cantando o Hino Nacional. A bateria da Estação Primeira de Mangueira fará parte da manifestação, levando o brilho da escola para a Avenida Atlântica.

“O grande desafio deste ano é colocar na rua o que é o tema da Parada: a resistência. Num momento em que direitos são retirados, em que o fundamentalismo e conservadorismo avançam, colocar o terceiro maior evento da cidade na rua com esse mote e, ao mesmo tempo envolver artistas, a comunidade e vários movimentos sociais tem nos feito perceber o quão importante é todas as pessoas estarem unidas em um único propósito”, ressalta Marcelle Esteves, vice-presidente do Grupo Arco-Íris.

Quem chegar à orla cedo pode aproveitar os serviços da ‘Ação, Orgulho e Cidadania’ a partir das 9h até às 16h. “Há 13 anos a ‘Ação, Orgulho e Cidadania’ tem o objetivo de criar uma maior aproximação com a sociedade e a comunidade LGBT, promovendo serviços essenciais e informações úteis sobre direitos e saúde. A Parada da Resistência será realizada um dia antes do Dia da Consciência Negra e reforçará a luta em defesa da resistência da cultura e do povo negro.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...