Slide 1 Slide 2 Slide 3

SEXO

VOCÊ É UM ATIVO DE VERDADE PARA O SEU PASSIVO? 


É necessária uma hierarquia entre ativos e passivos. Tanto o passivo, como o ativo tem certas obrigações e atitudes esperadas, não só no dia-a-dia, mas como na cama.




** Vamos variar um pouco do assunto sobre sexo e saindo um pouco das varias posições do kamasutra que iremos continuar.


Você é um verdadeiro ativo? Você quer que o seu garoto se torne um completo passivo viadinho e dependente apenas de seu cu para obter orgasmos e prazer sexual? 




Então você precisa treiná-lo para pensar em sua bunda como se fosse uma xoxota. O texto abaixo não se aplica para casais versáteis, somente aos que se interessam numa relação absoluta de ATIVO / passivo.








Dicas para treinar o seu viadinho:

1- Desencoraje o uso de seu pau. Cada vez que ele usa o pau está tendo uma experiência como um Ativo, e está deixando de lado a sua xoxota, aprendendo a gozar com seu pau e não seu cu. Caso você não curta a pegada BDSM e castração, encoraje-o a deixar de se masturbar usando seu pau e sim se dedilhando ao invés. 






Se vocês estiverem juntos na cama e ele tentar se masturbar, puxe as suas mãos para longe do pau, assim ele pode associar o prazer sexual a ter seu cu fodido, apenas. 





Quando o estiver comendo tenha certeza que ele está concentrado nas sensações que a sua “cuboceta” está lhe causando por meios de não deixar que ele se masturbe, coma ele numa posição que seja difícil para que ele toque o pau, como a de cara enfiada no travesseiro e você por cima. Compre cuecas no estilo jockstrap para que seu pau fique fora de vista e minimizado, mas que a sua xoxotinha esteja bem à mostra. 






Faça sexo enquanto o seu viadinho usa essa cueca para que ele aprenda que o pau dele não é necessário para o sexo. 




Dependendo do caso e do tipo de relação que você tiver com o seu passivo, faça com que ele se sinta culpado e sujo em tocar seu pau, mas o recompense se ele usar direitinho a bundinha dele. Se ele tiver um pau pequeno, ou menor do que o seu lembre-o sempre do quanto o pau dele é pequeno em comparação ao seu pau e faça-o sempre pensar que seu pau é pequeno assim porque foi feito apenas para mijar e não para o sexo. 



Foder é apenas reservados para homens de verdade, ATIVOS com picas de verdade, não para um garoto viadinho e seu pauzinho insignificante. Se você o pegar tocando seu pau e ele não estiver apenas mijando, mostre-se desapontado, assim ele sentirá vergonha quando tocar lá de novo. É claro que se você estiver numa relação BDSM há outras maneiras que você poderá utilizar para que a putinha não se esqueça de que tocar o pauzinho dele é ruim. A ideia aqui é encorajar sentimentos negativos em relação ao pau do passivo e sobre ele ter um orgasmo da maneira convencional destinada apenas a homens.



2- Faça o sentir bem sobre o seu cuzinho. Todos os passivos são naturalmente preocupados sobre o que os seus ATIVOS pensam sobre eles. 






Diga sempre que a sua xoxotinha é linda e deliciosa, e mostre o quanto você a adora sempre que puder, o passivo ganhará confiança sobre a sua “cuboceta” e ficar muito mais confortável em usá-la e exibi-la para você. 






Reforce atitudes e comportamentos que glorifiquem seu cuzinho e coloque isso a frente de seu prazer sexual e identidade. 










Assim como você está tentando promover um sentimento de proibição e negatividade sobre seu pau na dica 1, aqui você está tentando estimular sentimentos de desejo e positividade sobre a sua “cuboceta” e sobre ser um viadinho.




- Dê prazer ao seu passivo através do cuzinho dele. Se você quer que ele seja um total passivo e ame isto, você precisa ter certeza que ele está se sentindo analmente satisfeito, o bastante para esquecer do pau dele. 





Eventualmente agarre a sua bunda, dê uns tapas, brinque com o cuzinho passando os dedos ou seu pau na entrada e ignore o pau dele completamente. Se você ama mesmo um passivinho viado então você irá lambê-lo, chupar e comê-lo até que ele gema como a putinha que ele é e implore por seu pau. 






Esfregue-se nele. Brinque com ele. Dê-lhe prazer através de seu cuzinho. E faça que quando for fodê-lo o deixe louco, o bastante para que ele tenha um orgasmo anal, se possível. Quando ele não gozar pelo cu, beije-o, parabenize-o, faça com que ele sinta orgulho de ser um bom passivo. 






Lembre-se que principalmente para um garoto novo, ignorar seu pau e fazer com que ele sinta prazer somente com a sua ”cuboceta” é uma tarefa difícil que exige tempo e paciência. Isso significa que como ATIVO você precisa aceitar o desafio de transmitir ao seu passivo a sensação necessária para que ele saiba o quanto ele vale para você e que você está disposto a passar com ele por essas mudanças em sua vida.






Eventualmente agarre a sua bunda, dê uns tapas, brinque com o cuzinho passando os dedos ou seu pau na entrada e ignore o pau dele completamente. Se você ama mesmo um passivinho viado então você irá lambê-lo, chupar e comê-lo até que ele gema como a putinha que ele é e implore por seu pau. Esfregue-se nele. Brinque com ele. Dê-lhe prazer através de seu cuzinho. E faça que quando for fodê-lo o deixe louco, o bastante para que ele tenha um orgasmo anal, se possível. 






4- Combata a sua vergonha. Muitos viadinhos podem sentir vergonha por muitos motivos. Eles podem sentir vergonha por serem gays, ou porque eles não são muito másculos comparados a outros garotos/homens. Eles podem se preocupar sobre o que as pessoas pensam sobre ele. 





Quando ele não gozar pelo cu, beije-o, parabenize-o, faça com que ele sinta orgulho de ser um bom passivo. Lembre-se que principalmente para um garoto novo, ignorar seu pau e fazer com que ele sinta prazer somente com a sua ”cuboceta” é uma tarefa difícil que exige tempo e paciência. 



Isso significa que como ATIVO você precisa aceitar o desafio de transmitir ao seu passivo a sensação necessária para que ele saiba o quanto ele vale para você e que você está disposto a passar com ele por essas mudanças em sua vida.






Mesmo eles estando de boa sobre serem gays ou então não agirem de forma muito masculina, eles podem se sentir mal por serem extremos viadinhos na cama, porque a verdade é: ATIVOS recebem e impõe muito mais respeito tanto de héteros quanto de gays. 




Para que seu garotinho se sinta completamente confortável e aceito como um passivo 100% viadinho e, claro, totalmente seu, e que ele também sinta de você ser um 100% ativo e comprometido com ele, você não somente precisa encorajar esse comportamento, mas deixá-lo saber que ser um viadinho é ok e qualquer um que discorde disso que vá tomar no cu. 






Uma maneira importante de deixar claro esse pensamento é reforçar a mensagem de que você é o ATIVO dele e que você irá protegê-lo, cuidar dele, não importa o que os outros digam e façam. Mostre a ele o seu amor e afeição, tanto quanto a sua dominação sobre ele. 





Se você seguir as dicas acima com um garoto que esteja disposto e queira ser treinado, então você pode encontrar o parceiro ideal da sua vida. ATIVO e viadinho = Homem e mulher. Opostos que se atraem e se completam.





É isso pessoal, espero que tenham curtido o texto e que utilizem essas dicas. Eu acredito nesse tipo de relação.








Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...