Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Jogador de basquete israelense Uri Kokia assume ser gay em entrevista.


O jogador de basquete Uri Kokia


Após o ex-nadador Mark Foster assumir a sua homossexualidade, nesta semana, outra personalidade do esporte também decidiu sair do armário, o jogador de basquete israelense Uri Kokia. O anúncio foi feito por ele nesta quarta-feira (29).

A revelação foi dada pelo atleta durante uma entrevista concedida ao site esportivo local Yanet. “Depois de muitos anos de medo, estou completamente calmo”, afirmou ele. “Eu quero mostrar que você pode fazer um longa e vitoriosa carreira como um homem gay”, completou.

Com uma filha, Kokia é o primeiro profissional do basquete no país que assumiu a sua sexualidade. “Eu quero me conectar com os jovens e dizer-lhes que você pode ser diferente e fazer o que você ama.”, contou o atacante da equipe Happoel, da cidade Ramat Gan.

Lara Tremouroux se declara para namorada com beijo durante gravações da Globo.


Lara Tremouroux e a namorada Bia Novaes.


Atriz, que está no sertão nordestino gravando 'Onde Nascem os Fortes', namora Bia Novaes: "Deusa".

Lara Tremouroux compartilhou um clique em que aparece beijando a sua namorada, a estudante de biologia Bia Novaes. A atriz, que está no sertão nordestino gravando Onde Nascem os Fortes, nova supersérie da Globo com estreia prevista para abril do ano que vem, fez uma pausa nas fotos do local para se declarar para a amada.

"Uma pausa nas fotos de sertão pra exaltar a mulher maravilhosa gata incrível parceira que é a minha namorada. Obrigada, deusa!", disse ela.

As duas começaram a namorar há mais de um ano, mas a atriz só dividiu o seu relacionamento com os fãs em agosto deste ano.




Na época do lançamento de Os Filhos da Pátria, Lara disse estar preparada para os comentários preconceituosos por estar namorando uma pessoa do mesmo sexo. "Tenho consciência de que terão muitas críticas porque no mundo tem pessoas preconceituosas. Fingir que isso não vai acontecer e que não tem gente que vai falar seria ingênuo da minha parte. Mas, até agora, não tenho sentindo muito nada", explicou.

Lara, que mora com os pais, conheceu Bia, que como ela tem 20 anos, graças a Filhos da Pátria: a estudante é sobrinha de Joana Jabase, diretora da trama ao lado de Maurício Farias. "Estou muito apaixonada. Nunca estive assim. Fiquei toda brega e comecei a postar foto de casal no Instagram. Nunca fui dessas! De repente, bateu um negócio em mim", lembrou.

Veja fotos do casal:







Casal gay recebe bilhetes anônimos com ofensas e ameaças.


O casal gay foi alvo de bilhetes homofóbicos


Em seu perfil do Facebook, Kirk publicou fotos dos bilhetes para todos os seus seguidores. Entre os recados destinados ao casal gay estão: “Se lembra de quando você e ele era algo ilegal e podiam ser presos? Acho que vou castrar todos vocês!”, “Como vocês ousam corromper nossa vizinhança? Percebe que tem crianças e idosos na área? Nos respeitem!”. “Não é não. Não aos gays”.

Junto com as fotos, Kirk escreveu um texto falando sobre a situação. “Nos últimos dias, Andrew recebeu as seguintes mensagens em nossa caixa de correio aqui em Maroochydore”, ele começa. “É 2017, em uma cidade de cerca de 400 mil habitantes em uma região de mais de 2 milhões. E estamos sujeitos a isso, como dois homens comprometidos em um relacionamento. Estou horrorizado e triste."

Kirk faz questão de destacar que a publicação não foi feita para ganhar simpatia dos seguidores. “Isto é apenas para lembrar a todos que a luta não acabou e provavelmente nunca acabará”, ele escreve. “Não queremos nada de especial. Nós não queremos nada ‘pervertido’, queremos apenas os mesmos direitos dos outros e ser tratados como humanos. Um dos nossos vizinhos (quem? Nós nunca saberemos) não acha que merecemos”.

“Eu nunca desistirei. Mas isso me fará olhar os meus vizinhos de forma muito diferente. Sinta-se à vontade para compartilhar. Quanto mais pessoas souberem, mais elas verão que isso nunca acabará. Eu preciso de uma bebida”, ele finaliza.

Reação dos usuários.

A publicação já tem mais de duas mil reações e mais de mil compartilhamentos. Entre os comentários, a grande maioria apoia o casal gay. “Tão horrível. Eu sinto muito que vocês tenham que aguentar esse lixo. Talvez a polícia possa receber uma queixa para registro? Por favor, leve a sua segurança a sério. Aproveite a bebida”, disse uma das usuárias. “Chame a polícia, que comportamento desagradável, muito triste que compartilhamos o mesmo ar que as pessoas que se apegam a opiniões tão estreitas e intolerantes. Amor é amor”, afirmou outra.

Mulher transexual mostra mudanças em seu rosto em 17 meses de tratamento.


Selgal tinha apenas 16 anos na primeira foto


Com o tempo e o avanço do tratamento, é possível notar que a mulher aparenta um rosto mais fino e também com maçãs mais em evidência

O processo para se transformar e fazer com que a aparência combine de fato com como se sente pode mudar a vida de um indivíduo transgênero. A transição  tem um enorme efeito sobre a felicidade de uma pessoa, e isso fica claramente visível em várias selfies tiradas por uma mulher transexual dos Estados Unidos.

A usuária transexual  do "Imgur" com o nome Selgal postou uma série de selfies tiradas ao longo de 17 meses enquanto tomava hormônios para mostrar as mudanças que aconteciam em seu rosto. Veja abaixo:

2 anos antes de iniciar o tratamento e com 1 mês de tratamento.

A primeira foto foi tirada quando Selgal tinha apenas 16 anos, dois anos antes de iniciar o tratamento com hormônios para fazer a transição de gênero. Na segunda foto, a mulher já estava fazendo o tratamento por um mês. “Tinha começado a faculdade. Sempre olhava para o espelho para ver se eu percebia mudanças. Mas acontece que leva muito tempo para qualquer coisa importante, então eu sabia que teria uma longa jornada", disse Selgal na legenda da foto. 

3 meses e 9 meses de tratamento.


Nestas fotos não é possível ver muitas mudanças no rosto de Selgal.


11 meses e 12 meses.


Selgal estava ficando com o rosto mais feminino.


13 meses e 14 meses.


A mulher transexual ainda não estava satisfeita com a aparência.

Na primeira foto, Selgal ainda não estava satisfeita com sua aparência. "Ainda parecendo um cara mal-humorado”, disse. Já na segunda, com 14 meses de tratamento, ela só destacou que o espelho estava sujo.

15 meses e 16 meses.


Selgal estava usando roupas femininas em público.


17 meses.


Selgal está mais sorridente após as mudanças.

Depois de 17 meses tomando hormônios, a mulher transexual finalmente estava satisfeita com quem ela era. "E esta sou eu hoje, vivendo minha vida feliz com um namorado que eu amo mais do que a vida. Nunca é tarde demais para mudar quem você é. A felicidade é real, você só precisa estar disposta a arriscar qualquer coisa para encontrá-la".

COMO É SER GAY NA CHINA E TAIWAN?




Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...