Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Atletas se casam minutos após casamento homoafetivo ser liberado na Austrália.


Craig e Luke se casaram minutos após a lei que permite o casamento homoafetivo na Austrália entrar em vigor


"Ter mais igualdade e poder nos casar mostra um grande avanço para a Austrália", afirma Luke Sullivan, que oficializou a união com Craig Burns

Os atletas australianos Craig Burns e Luke Sullivan foram um dos primeiros casais homossexuais a oficializar a união na Austrália, depois que a lei que permite o casamento homoafetivo entrou em vigor, em 9 de janeiro. Os noivos disseram “sim” minutos depois da meia-noite, pois consideram a data um marco para a comunidade LGBT do país.

Segundo informações do site “Pink News”, o projeto de lei foi aprovado por grande parte dos legisladores e por mais da metade da população. Na votação, 61,6% das pessoas foram a favor do casamento homoafetivo e 38,4% foram contra. A aprovação ocorreu em 7 de dezembro, mas foi preciso esperar 30 dias para a lei entrar em vigor.  

Finalmente puderam oficializar a união

Antes da legalização, os atletas já tinham tentado se casar, mas não conseguirem, por isso, não viam a hora de poder oficializar a união. Para Craig, o casamento é uma maneira de firmar um compromisso vitalício com alguém que você ama. “É forma de mostrar seu amor e apreço pelo parceiro na frente das pessoas que são importantes em sua vida”, afirma.

Luke conta que o apoio que as pessoas estão dando a ele e a seu parceiro é motivador. “No Instagram, explodiram mensagens de pessoas que eu não conheço. Eu nunca as vi, mas elas estão me enviando mensagens de amor e parabéns. É realmente emocionante”, expõe.

O casal vê essa como uma grande conquista, não só para eles, mas também para os inúmeros casais homoafetivos que tinham o mesmo desejo de poder oficializar a união. “Ter mais igualdade e poder nos casar mostra um grande avanço para a Austrália”, ressalta Luke.

"Casamento é entre duas pessoas".

A irmã de Craig, Sarah Ross, fez questão de homenagear a jornada do irmão. “Alguns meses atrás, não sabíamos se ele poderia se casar legalmente na Austrália, então, o fato de hoje ele ter um marido é bastante incrível”, começa dizendo. “É algo que deveria ter acontecido há muito tempo, por isso, ver tudo isso acontecendo é tão importante para nós”, acrescenta.

Sarah é cerimonialista e foi ela quem conduziu o casamento homoafetivo. Em seu discurso na cerimônia, disse que esse momento é especial para ela: “Até um mês atrás, eu tinha que dizer algumas palavras que eram muito discriminatórias, e isso quebrava meu coração. Eu costumava dizer que o casamento era entre um homem e uma mulher. Então, esta noite, eu posso dizer que o casamento é entre duas pessoas”.

Ator Sean Hayes lembra reação da mãe quando assumiu ser gay: “dolorosa”.


O ator Sean Hayes


No  ar com o reboot de Will & Grace, o ator Sean Hayes lembrou, em entrevista à revista People, como a sua mãe reagiu quando decidiu sair do armário e contar sobre ser homossexual.

“Eu contei à minha mãe em 1988, quando eu tinha 18 anos de idade. Foi tão clichê, porque foi no meio do fim de semana de Ação de Graças. A reação dela foi dolorosa, ela disse que eu precisava de terapia, escreveu uma carta enorme de 10 páginas a dizer-me que aquilo não era o que Deus pretendia para mim”, revelou o artista à publicação.

O artista completou contando que já sabia da sua sexualidade muito antes de se abrir com a sua progenitora. “Eu mantive tudo escondido durante muito tempo. Escondi até o fato de estar a atuar em peças musicais na minha escola! Isso era em 1986, ser gay era diferente naquela época”.

Porém, com o passar do tempo a relação dos dois foi melhorando sobre a situação. “Aos poucos, ela foi se educando, ganhou amigos que são pessoas gays. Ela começou a pensar: ‘Bom, eles são iguaizinhos a mim!’. A Nossa relação tornou-se de muito mais apoio”, analisou.

Noivos e convidados são presos após vídeo de casamento gay na Arábia Saudita viralizar na rede.




Um casal gay e seus amigos foram presos na Arábia Saudita, após um vídeo do casamento dos dois, nas proximidades da cidade de Meca, começar a viralizar nas redes sociais. O local onde ocorreu a cerimônia é considerado sagrado entre os muçulmanos.

Autoridades do país deram início à uma busca para encontrar as pessoas que aparecem nas imagens. Assim que identificados, um mandado de prisão foi expedido e os envolvidos detidos.

Apesar da homossexualidade não ser considerada um crime de maneira explícita, fica a critério dos juízes que analisam cada caso a partir da lei islâmica para punir adultério e outros considerados imorais.

Mulher trans recebe prêmio milionário na loteria e diz que não vai dividir com filhos.


Britânica trans Melissa Ede


A transexual britânica Melissa Ede teve uma grata surpresa após tentar a sorte em um jogo de loteria. Ela faturou 4 milhões de libras (cerca de 20 milhões de reais). Em entrevista à imprensa local, a mais nova milionária do Reino Unido diz que não pretende dividir a bolada com os filhos, que passaram a rejeitá-la desde que iniciou o tratamento de transição.

“Sei que devemos amar nossos filhos acima de tudo, mas eles me cortaram da vida deles totalmente. Não me aceitaram no período mais difícil e me rejeitaram. Ainda os amo, mas não quero falsidade agora só porque agora tenho dinheiro”, afirmou Ede.

Além deles, Melissa também lembra que não recebeu nenhum apoio dos parentes desde que decidiu passar pelo processo de redesignação. “Minha mãe e pai morreram ano passado e não falavam comigo desde que me tornei Melissa. Meus filhos me ignoraram e mudaram até seus sobrenomes pra não serem associados comigo”, desabafou.

Com a grana, a britânica revela que irá investir na saúde e em procedimentos estéticos e também subir ao altar com a sua namorada. “Não deveria haver tanto preconceito. Enganos acontecem na vida das pessoas inclusive com seus cromossomos. Somos humanos e todos deviam perceber isso apenas.”

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...