Slide 1 Slide 2 Slide 3

SAUDE

Vacina que diminui carga viral do HIV apresenta resultados positivos em humanos.




A vacina Teravac-HIV, desenvolvida com o objetivo de reduzir a carga viral de portadores do vírus HIV, apresentou resultados positivos na fase de testes clínicos com humanos. Nove pacientes acompanhados pelos pesquisadores cubanos têm mostrado resposta imunológica em potencial.

A reação foi divulgada pelo Centro de Engenharia e Biotecnologia de Havana (CIGB), que apresentou a conclusão preliminar das análises com seres humanos durante o primeiro congresso BioProcess Cuba 2017, realizado na última semana de dezembro.

Um dos responsáveis pelo estudo Yayri Caridad Prieto Correa disse, em entrevista ao site Cuba em Debate, que os participantes da pesquisa não tiveram reações adversas e nem de toxicidade, objetivo principal desta primeira etapa. Assim como nos estudos pré-clínicos em animais, o teste com humanos demonstrou que a vacina potencializa a resposta imunológica do organismo infectado por HIV.

Apesar do bom desempenho, os pesquisadores ainda irão avaliar outros fatores para que de fato a vacina seja aprovada, como os exames com outras pessoas soropositivas ara estabelecer a sua eficácia em larga escala, até a conclusão, o que deve levar mais alguns anos.

A vacina também não tem o intuito de curar os infectados em sua totalidade, mas sim, diminuir a concentração do vírus no sangue, melhorando a qualidade de vida dos seus portadores. Caso aprovada, o principal objetivo é substituir o tratamento atual, que consiste na combinação de vários inibidores retrovirais que bloqueiam a expansão do vírus, que apesar de eficaz causa inúmeros efeitos colaterais nas pessoas.

( LEIA ABAIXO):  Cientistas criam pílula semanal para substituir tratamento diário contra o HIV.


Cientistas criam pílula semanal para substituir tratamento diário contra o HIV.




Nas últimas décadas, os avanços científicos em relação ao HIV foram valiosos o suficiente para fazer com que um soropositivo tenha uma vida absolutamente normal: tomando remédios diários, as pessoas são saudáveis e virtualmente livres da ação danosa do vírus, com efeitos colaterais relativamente pequenos.

O tratamento, porém, não é barato – e a necessidade de tomar pílulas diariamente também torna-se um problema para soropositivos. Mas um grupo de pesquisadores do MIT e da Escola de Medicina de Harvard pode ter criado uma solução para pelo menos um destes problemas: um compartimento em formato de estrela, revestido por uma cápsula de gel, que pode oferecer suprimento semanal dos remédios retrovirais com apenas uma dose.

A última pesquisa realizada pela equipe, publicada terça-feira no periódico Nature Communications, exibe dados sobre testes realizados com animais que obtiveram sucesso. Porcos foram usados para comprovar que o novo mecanismo de administração garante dosagem controlada de três drogas retrovirais durante uma semana. Segundo os autores do estudo, “a aplicação clínica deste mecanismo representaria uma grande mudança de paradigma no tratamento do HIV”.

O sistema de entrega do compartimento funciona por meio de seis ‘pernas’ acopladas a um núcleo; as pernas são revestidas por um polímero estrutural que as mantêm dentro da cápsula de gel, seguras de uma possível dissolução em ácido estomacal. Uma vez dentro do estômago, a cápsula se dissolve e as pernas se abrem, impedindo que a pílula desça direto pela parte estreita do intestino. O interior de cada mini compartimento traz um polímero diferente para liberar os remédios – programado pelos pesquisadores para dissolver em momentos diferentes da semana. Depois de uma semana, as conexões entre as pernas e o núcleo se dissolvem, permitindo que tudo seja eliminado pelo corpo.

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...