Slide 1 Slide 2 Slide 3

DICAS DE SAÚDE


Saúde do homem:
medidas para prevenir doenças e complicações

(Extraído do site da UNIMED)

 

No Brasil há números que comprovam que, de modo geral, os homens cuidam menos de sua saúde do que as mulheres. Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada em 2015, apontou que 71,2% das pessoas entrevistadas haviam se consultado com um médico pelo menos uma vez ao longo dos 12 meses anteriores à entrevista. Das mulheres entrevistadas, 78% mencionaram ter ido a uma consulta de rotina, entre os homens o índice foi de 63,9%. 

Na mesma linha comparativa entre homens e mulheres, outro estudo divulgado pelo Ministério da Saúde mostrou que 51% da população brasileira acima de 18 anos está acima do peso, ou seja, apresentam índice de massa corporal igual ou acima de 25. Nesse caso, os homens são a maioria, 54,5% da população adulta do sexo masculino apresentou sobrepeso, enquanto entre as mulheres o índice é de 48,1%.

Estar desatento à saúde pode facilitar o aparecimento de doenças e complicações, algumas silenciosas e sem sintomas aparentes. Conforme o Instituto Nacional do Câncer (Inca), já está comprovado que algumas atitudes incorporadas ao dia a dia ajudam a reduzir o risco de diversas doenças crônicas não-transmissíveis como diabetes e as doenças cardiovasculares (hipertensão, derrame, infarto de miocárdio). Entre as principais medidas estão:


 

Praticar, no mínimo, 30 minutos diários de atividade física de três a cinco vezes por semana.

Prezar por uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal. Essa atitude ajuda a manter o peso adequado, evitando o sobrepeso.

 

Durante as relações sexuais usar sempre camisinha, para prevenir doenças sexualmente transmissíveis, entre elas aids, sífilis e gonorreia.


Ingerir alimentos ricos em cálcio diariamente e ficar exposto ao sol todos os dias, de 10 a 15 minutos, antes das 10h e após às 16h, para fixar e ativar a vitamina D, responsável pela absorção do cálcio no organismo.

Aferir a pressão arterial regularmente (no mínimo, uma vez por ano).

Procurar um urologista anualmente para realizar os exames preventivos: homens a partir dos 50 anos de idade (ou 45, se houver casos de câncer de próstata na família).

Evitar a ingestão excessiva de álcool e não fumar.

Poderá gostar também de:
Postado por Mac Del Rey | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...