Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Jovem é espancado em rua movimentada da Itália por ser gay.




Um jovem gay italiano, de 19 anos, identificado apenas como Alberto, foi espancado por motivação homofóbica em uma rua movimentada de Turim, no sábado (21). De acordo com o jornal La República, as pessoas ao redor assistiram a toda a violência e continuaram a beber e outros riam como se nada estivesse acontecendo.

A vítima caminhava com uma amiga pelo local do ocorrido, quando foi surpreendida por um rapaz que disse que ele “se exibia como um viado”. Alberto questionou se teria algum problema e ouviu como resposta: “Mesmo se você for gay, você ainda é um homem e eu posso bater em você até a morte.”

Mesmo após o insulto, o adolescente disse ter apenas sorrido e seguido andando, mas logo sentiu um soco na nuca. Com a porrada, acabou caindo no chão e o agressor continuou batendo nele, que afirma não se lembrar muito do ocorrido. Ele recorda de ouvir a amiga que estava junto com ele, chorando desesperada e as pessoas ao redor continuaram a beber e rir da situação.

Apenas dois homens se compadeceram em ajudar Alberto e o levaram para o hospital, onde foi constatada a quebra do pé direito e também a clávicula. Por causa das fraturas, o jovem terá que cancelar as suas férias no Hemisfério Norte, que iria passar junto com os seus amigos.

Justiça condena boate a indenizar trans proibida de usar banheiro feminino.




A justiça do Rio Grande do Sul, através da 6ª Câmara Cível do Tribunal, condenou na última terça-feira (24), uma boate de Cachoeira do Sul, a pagar indenização no valor de R$ 10 mil por danos morais à uma cliente transexual que foi impedida de utilizar o banheiro feminino, condizente com o gênero ao qual se identifica. As informações são do jornal Zero Hora.

De acordo com os autos do processo, a cliente tentou utilizar o cômodo, mas foi impedida e obrigada a utilizar o sanitário masculino pelos seguranças da casa, que ainda ficaram à espera da saída dela do ambiente. Os envolvidos diretos afirmaram cumprir “ordens da casa”, como justificativa. A mulher trans ainda foi informada que deveria avisar a um deles se quisesse utilizar o banheiro novamente. Caso contrário, seria expulsa do estabelecimento.

Em sua defesa, os proprietários da casa noturna alegaram que decidiram coibir o uso de banheiros femininos e masculinos por transexuais após receberem reclamações de frequentadores, não associando o caso com qualquer forma de discriminação.

O relator do processo, o desembargador Newton Carpes da Silva afirmou em sua decisão que proibir a utilização do banheiro é claramente preconceituosa, sendo exposta à situação vexatória e visivelmente lesiva a sua dignidade. Ainda nos autos, a mulher trans alegou que foi discriminada logo na entrada do evento, quando lhe obrigaram a pagar um valor diferenciado relacionado aos homens na noite que ocorreu o problema.

Semanas após o primeiro episódio, ela visitou a mesma boate e foi surpreendida com o valor diferenciado para mulheres transgêneros, que teriam que pagar o valor de R$ 40,00. A gota d’água chegou quando foi proibida de entrar na festa por estar de vestido. O fato lhe causou constrangimento por se sentir humilhada em frente a uma fila de pessoas. Diante do caso, ela resolveu registrar o Boletim de Ocorrência (B.O.).

Nova carteira de identidade traz espaço para inclusão de nome social.


Nova carteira de identidade


A nova carteira de identidade que trará vários documentos oficiais unificados, como CPF, Título de Eleitor e identidade profissional, em um único, também poderá receber o nome social através de um pedido simples a partir de um requerimento sem exigência de documentação comprobatória para ser feito a mudança.

O decreto foi assinado pelo presidente Michel Temer, nesta segunda-feira (05), e informa que a identidade social não deve trazer prejuízos “da menção ao nome do registro civil no verso da carteira.”

Apesar de ter menos burocracia ainda é necessário que a pessoa que deseje redesignar o seu nome de batismo, deve entrar com uma ação judicial, atender às exigências e a decisão de um juiz. O documento também não trará um campo especificando o sexo do cidadão.

Agora, resta saber em que local da carteira de identidade ficará essa especificação do nome social. A depender de em que lugar ela vai estar pode conduzir a outras pessoas a induzir ao erro no tratamento da pessoa trans. Entretanto, alguns ativistas acreditam que o novo documento pode facilitar no processo retificação oficial.

Projeto prevê revogar direito do uso de nome social de pessoas trans nas escolas.




O direito recém-adquirido para estudantes transgêneros de poder utilizar o nome social nas escolas, conferido pelo Ministério da Educação (MEC), pode estar ameaçado. Um Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 898/18, tem como objetivo revogar a Portaria nº 33, de 2018, que autoriza estudantes maiores de 18 anos, a solicitar o uso do nome social nas escolas.

Segundo o autor da proposta, deputado Professor Victório Galli (PSL-MT), o MEC busca “propagar a chamada identidade de gênero”. As informações são do portal EM.

A possibilidade do uso do nome social nas escolas foi uma iniciativa do órgão federal para atender a demanda de uma parcela da população que se sente em posição de vulnerabilidade e invisibilidade, além de também combater a evasão escolar por estas pessoas.

O Governo Federal reconhece o uso do nome social desde 2016, a partir do decreto de número nº 8.727, no qual afirma que “a designação pela qual a pessoa travesti ou transexual se identifica e é socialmente reconhecida”

Por meio da Portaria nº 33/18 do MEC, alunos menores de 18 anos também têm direito ao uso desde que a solicitação seja feita pelos respectivos representantes legais.

Milhares de pessoas reivindicam por direitos na Parada da Cidadania LGBT de Campo Grande.


Parada da Cidadania LGBT de Campo Grande


Completando o seu 17º aniversário, a Parada da Cidadania LGBT de Campo Grande, aconteceu neste sábado (29), no Mato Grosso do Sul, para comemorar as conquistas alcançadas por toda a comunidade. Com muita descontração, cerca de 15 mil pessoas se aglomeraram na concentração que começou por volta das 08h, na Praça Ary Coelho e seguiu até a madrugada na casa de shows Jeremias.

Com o tema “Emponderamento LGBT, nosso voto, nossa voz”, o evento foi promovido pela Associação de Travestis e Transexuais de Mato Grosso do Sul (ATMS) e teve o intuito de demonstrar que é a vez de garantir a força dos LGBTs e a igualdade de direitos na sociedade.

A coordenadora municipal de Políticas Públicas LGBT, Cris Stephany, fez um balanço dos avanços que o movimento conseguiu desde a primeira edição, até os dias atuais. ”A primeira edição foi literalmente uma parada. Os comerciantes fecharam suas portas pra nós e ficamos em um grupo de 300 pessoas na praça Ary Coelho fazendo cartazes pedindo por respeito e reconhecimento. Hoje a situação é outra, os comerciantes nos apoiam e ambulantes vendem produtos para nós aqui no meio do pessoal”, explicou ela para o Campo Grande News.

Apesar da conquista de direitos, a manifestação não é só comemoração, afinal o Brasil é o país que mais mata pessoas LGBT no mundo. ”Se formos comparar o Brasil com qual país da Europa, aqui há 150 mais chances de um gay, uma lésbica, um trans ou uma travesti ser assassinado”, sinalizou Cris.

A Parada ainda contou com participantes internacionais. Um ônibus trouxe cerca de 40 pessoas da Bolívia e de Corumbá para curtir a festa em Campo Grande. Para o grupo, que veio de tão longe, o que mais os atrai a ponto de pegar a estrada é a animação que não existe em suas cidades natais.

Ladrão rouba supermercado completamente nu no Piauí.


Câmeras de segurança flagraram ladrão nu roubando supermercado 


Um bandido que invadiu um supermercado no Centro de Oeiras, no sul do Piauí, onde furtou alimentos e dinheiro, surpreendeu por realizar o crime completamente nu. O fato inusitado, foi registrado pelas câmeras de segurança, na madrugada da sexta-feira (27).

Utilizando uma camisa para cobrir o rosto, o suspeito caminha pelas prateleiras de produtos enquanto escolhe os objetos a serem roubados com a ajuda de uma lanterna. Após pegar tudo que queria, o rapaz foge do local sem ser identificado.

Segundo o agente Paulo Santiro, da Delegacia de Oeiras, a ação só foi percebida pelos funcionários na manhã seguinte ao ato, quando os funcionários chegaram ao local e encontraram a janela quebrada.

Ao consultar as imagens das câmeras de segurança tiveram um susto ainda maior ao ver o ladrão pelado. “Ele furtou praticamente produtos de consumo. Ainda não temos suspeito, mas esperamos com as características físicas identificar o autor do crime, especialmente porque ele tem uma tatuagem bem visível”, afirmou o policial em entrevista ao G1.




Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...