Slide 1 Slide 2 Slide 3

FOFOCAS DE CELEBRIDADES - GOSSIP

O novo clipe do Backstreet Boys, "Chances"!



O Backstreet Boys lançou, hoje (9), o clipe de seu novo single, "Chances". A canção estará no novo álbum de estúdio da boy band, "DNA".



Dido está de volta! Escute "Hurricanes", o novo single da cantora.



Após um bom tempo sem material novo, Dido está de volta para divulgar seu novo single, "Hurricanes". A música fará parte do seu novo álbum, chamado "Still On My Mind", previsto para ser lançado no dia 8 de março de 2019.



O clipe da nova música de Marcelo Falcão, "Viver".



Depois de anos à frente da banda O Rappa, Marcelo Falcão escreve um novo capítulo em sua carreira musical. O cantor e compositor lançará o seu álbum solo de estreia e a primeira amostra do trabalho foi apresentada hoje (9).



Atriz de “Sob Pressão” lembra reação da família ao se revelar trans: “Minha mãe queria chamar um padre para me exorcizar”.


Gabrielle Joie em "Sob Pressão" 


Uma das protagonistas dos episódios da atual temporada de “Sob Pressão”, a atriz transgênero Gabrielle Joie roubou a cena ao interpretar uma jovem com disforia de gênero e que injetou silicone em uma clínica clandestina, culminando em uma infecção a ser tratada no hospital onde se passa a trama.

Em um vídeo publicado em seu canal de YouTube, ela contou que assim como o seu papelpassou por problemas com a sua família. “Depois que eu me descobri, me assumi para os meus pais, passei a usar as roupas que eu queria, deixei o cabelo crescer, passei a tomar hormônio. Foi tudo bem sutil, mas claro que foi difícil. Minha mãe queria chamar um padre pra vir aqui em casa me exorcizar. Eu fazia de tempos em tempos alguma coisa diferente, pra não assustar tanto. Acho que foi essencial pra começarem a entender que [eu] não era uma coisa anormal. Leva tempo para as pessoas aceitarem”, afirmou.

Já ao Notícias da TV, Gabrielle contou como foi o deu processo de aceitação da sua identidade de gênero. “A partir do reconhecimento do meu corpo, comecei a sentir mais liberdade para me manifestar de diferentes formas e me encontrei no audiovisual e na modelagem. Comecei a trabalhar assim que cheguei em São Paulo, como vendedora de boutique, e desde então fui ganhando desenvoltura”, lembrou.

Na série, ela interpretou Jamile, uma jovem que havia fugido de casa por não ser aceita pelos pais e, sem dinheiro, tinha colocado silicone nos seios numa clínica caseira. “O assunto tratado em cena é extremamente importante para alertar que a falta de

salubridade e de preservação do corpo podem resultar em disfunções na saúde de qualquer pessoa.”

“O maior desafio foi representar a história de forma fidedigna, para que o público sentisse a gravidade do assunto e não cometesse o mesmo erro que a personagem”, explicou.

Gabrielle estará de volta em breve, desta vez, como uma das protagonistas de “Toda Forma de Amor”, para o Canal Brasil. A atriz se identifica como mulher, e quer ser respeitada na mídia como tal. “Sei que fui registrada no sexo masculino, mas me identifico com o sexo feminino. É uma coisa que extrapola o âmbito genital, porque o que me define nunca foi minha parte de baixo, mas quem eu sou aqui dentro”, justificou.

Terroristas aprendem táticas de hacker graças ao pornô gay, diz especialista em segurança online.




Alguma vez você já se perguntou como terroristas em países menos desenvolvidos são tão bons em invadir bancos de dados de computadores, apesar de nunca terem feito aulas de informática em suas vidas?! Bem, Robert Graham pode ter a resposta.

Graham é analista de segurança e consultor da Errata Security, grupo de pesquisadores dedicado à segurança online. Segundo informações do site Queerty, em um post recente, ele escreve sobre o papel que o pornô gay desempenha no ensino de habilidades de hackers para extremistas islâmicos. “Eu explorei a teia escura islâmica cibernética e cheguei a algumas conclusões sobre isso”, escreve Graham. “A principal motivação desses hackers é o pornô gay”.

Ele continua: “Essas coisas [pornografia gay] são reprimidas em seus países e sociedades nativas, portanto, o hacker acaba aprendendo habilidades necessárias para acessar esses conteúdos”. Com base em vários anos de observações, Graham acredita que muitos extremistas islâmicos são realmente homens gays, bissexuais ou bi-curiosos que aprimoram suas habilidades de hacker enquanto aprendem a contornar censores que bloqueiam o acesso a sites gays em países homofóbicos.

Graham também compartilha outro pedacinho de informações que ele observou em muitas organizações terroristas: “Um rito de iniciação frequente para obter acesso a esses fóruns é publicar fotos do seu ‘equipamento’”. E por “equipamento”, ele quer dizer fotos do órgão sexual. É isso mesmo, pessoal. Grupos terroristas exigem que os novos membros mostrem fotos do pênis para que participem de suas organizações. Pelo menos é o que garante Robert Graham.

Harry Styles...




Dylan Sprouse...




Alec Nysten...








Casey Johnson...






Hugo Salles é o novo dotadão do pornô gay...











Até mais amigos!!



Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...