Slide 1 Slide 2 Slide 3

MINHA VIDA GAY

Gay assumido, modelo plus size vem desafiando estereótipos em torno da beleza masculina.




Conheça Ady Del Valle. Ele é um modelo plus size abertamente gay, que passou os últimos dois anos incansavelmente desafiando estereótipos em torno da beleza masculina. De Boston, nos EUA, o rapaz de 31 anos de idade começou a modelar em 2016. Desde então, ele apareceu em diversas revistas e posou para campanhas. Além disso, Andy também desfilou para o Volare na New York Fashion Week.

“Todo o processo de aprender a amar a si mesmo e ganhar confiança é diferente”, diz o modelo em entrevista ao Gay Star News. “Eu não era assim há três anos. Eu simplesmente decidi não me importar com o que alguém diz ou pensa porque eu não estava vivendo para mim, mas vivendo para eles. Eu tive que ser apenas eu”, acrescenta. Apesar dos mais de 13 mil seguidores no Instagram, Del Valle afirma receber mensagens de ódio na rede social. Mas nada que o abale: “O positivo sempre supera o negativo”.

Fato é, que ser gay e plus size também pode ser um desafio. “Não é fácil ser um plus size na cena gay”, diz ele. “Você tem que trabalhar dez vezes mais para ser notado e aceito. Eu não tive experiências terríveis, mas eu vi e ouvi de amigos”. “Mesmo em festas dedicadas a nós, ‘homens maiores’, inda difícil. Infelizmente, as mesmas pessoas em nossa comunidade às vezes nos fazem sentir indesejados”, continua.

Em relação à saúde, Del Valle diz que ele está “no topo” disso. “As pessoas assumem que por causa do meu tamanho eu não estou preocupado com a minha saúde”, diz ele. “Todos nós devemos cuidar de nós mesmos da melhor forma possível, não importando o nosso tamanho. Minha saúde não determina meu propósito e como faço meu trabalho”.

E quanto às pessoas que querem discriminá-lo por causa de seu tamanho, Del Valle só tem isto a dizer: “Eles que saem perdendo porque eu sou um gordinho muito sexy. Eu consigo me garantir no meio de qualquer público e em qualquer lugar que eu esteja”. Ele acrescenta: “Eu quero que todos se sintam sexy e desejados porque nós somos. Eu fiz inúmeros amigos na cena de todos os tamanhos, do grande ao pequeno e ao musculoso”.

Duda Salabert, travesti que concorreu ao Senado por Minas, anuncia gravidez.


Duda Salabert conquistou mais 350 mil votos dos mineiros nas últimas eleições.


Casada há sete anos com Raísa Novaes, Duda conquistou mais 350 mil votos dos mineiros nas últimas eleições.

A primeira candidata travesti ao Senado na última eleição, que concorreu por Minas, anunciou nesta segunda-feira que vai ser mãe. A mulher de Duda Salabert já está com 13 semanas de gestação. A política publicou em suas redes sociais um vídeo com imagens do ultrasom que mostra o bebê.

Apesar de não saber o sexo ainda, o casal já definiu o nome. Vai se chamar Sol. “Escolhemos um nome de gênero neutro: se for uma criança trans, não terá que se preocupar em retificar nome. Chama-se Sol! É música que encanta, é luz que revigora. Sol”, escreveu ela. Duda é casada há sete anos com Raísa Novaes. Ela é uma travesti lésbica e o bebê é filho biológico do casal.



Duda é casada há sete anos com Raísa Novaes. Ela é uma travesti lésbica e o bebê é filho biológico do casal.


Professora há 18 anos, Duda é militante e atuante das causas sociais. Ela é uma das idealizadoras da ONG Transvest, projeto artístico-pedagógico que trabalha para combater a transfobia e incluir travestis e transexuais na sociedade, e recentemente criou também o Coletivo Transformar. Nas eleições de 2018, a candidata do Psol conquistou mais de 350 mil votos, melhor desempenho do partido em Minas, e foi a sexta da legenda no país. Em 2020, ela pretende se lançar candidata à prefeitura de Belo Horizonte.

Poder� gostar tamb�m de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...