terça-feira, março 26, 2019

FOFOCAS DE CELEBRIDADES - GOSSIP

"Style" é a nova música do Foster The People.



O Foster The People lançou nesta madrugada o seu mais novo single. "Style" é marcada por um ritmo marcial e uma letra politizada e deve agradar os fãs da banda.



Ouça o novo single de Sara Bareilles, "Saint Honesty"



Nesta quinta-feira (21), Sara Bareilles trouxe aos fãs mais uma amostra de seu próximo álbum, "Amidst the Chaos", previsto para ser lançado no dia 5 de abril.

Escute a surpreendente versão que o Vampire Weekend fez para "Sunflower" de Post Malone



O Vampire Weekend participou do popular "Live Lounge", o popular programa transmitido pela Radio 1 da BBC onde os convidados devem não só tocar músicas próprias, mas também fazer uma cover de uma canção qualquer.



Troye Sivan, cantor e ator que saiu do armário aos 18, dá dica a jovens gays.




Proteja-se e busque apoio!

Lollapalooza já rolava nos EUA havia quatro anos quando nasceu Troye Sivan Mellet, em Joanesburgo, África do Sul, em 5 de junho de 1995. Ele é novinho, mas aos 23 anos já tem bagagem invejável de artista pop antenado, do tipo que o festival ama.

Antes de cantar Lollapalooza SP, no dia 5 de abril, Troye Sivan…

?Se mudou com a família para a Austrália aos dois anos;
?Virou cantor mirim, cantou na TV aos 11 e fez um EP aos 12;
?Começou a atuar e, aos 14, fez a versão criança de Wolverine no filme “X-Men Origens”;
?Também era youtuber. Aos 18, revelou ser gay em vídeo no site;
?Aos 20, lançou o álbum “Blue neighborhood” e despontou no pop alternativo;
?O maior estouro veio com “Bloom”, em várias listas de melhores discos de 2018;
?Também em 2018 atuou em “Boy erased”, uma crítica aos tratamentos de “cura gay”.

Pelo currículo e pela entrevista por telefone, dá para perceber que ele leva a carreira a sério. Fala empolgado sobre sua vontade de fazer música pop que seja “esperta e respeite o público” Explica a produção de seus vocais como se fosse uma receita culinária perfeita.

Também fala como um cara comum: diz que é fã de Sam Smith, que canta no mesmo dia que ele, e diz que o cantor inglês seria seu parceiro ideal em uma balada em SP.

Em 2015, Troye foi ao Lollapalooza como fã em Chicago, viu Marina and the Diamonds, The Weekend, mas perdeu outros shows por causa de uma grande tempestade. Mais assustador que isso foi sair dos padrões de um ídolo masculino, ele conta.

Por isso, ao aconselhar jovens gays que, como ele antes dos 18 anos, ainda não se assumiram publicamente, ele reflete sobre sua experiência: “Mantenha-se protegido, coloque-se em primeiro lugar, e busque pessoas que vão te apoiar. Saiba que essa comunidade existe.”

Pabllo Vittar ganha prêmio de “Melhor Artista Brasileira” nos Estados Unidos.




Pabllo Vittar foi a vencedora da categoria “Melhor Artista Brasileira” na premiação dos Estados Unidos International Golden Panther Music Awards.

Com votação popular, a drag queen estava concorrendo na mesma categorias com nomes de peso como IZA, Lexa e Ludmilla. Todas as nomeadas foram escolhidas pela grande relevância que tiveram nas paradas de sucesso durante os últimos meses. O resultado da premiação foi anunciado através do Instagram do próprio evento, o Golden Panther Music Awards, na noite da última quinta-feira (21/03).

Carlinhos Maia diz que levou três anos para ter uma relação sem roupa com o noivo.




Em entrevista ao programa The Noite no SBT, o humorista Carlinhos Maia relembrou o começo do relacionamento de mais de dez anos com o noivo Lucas Guimarães. Segundo o humorista e o influencer, os dois lutaram contra a homossexualidade por viverem em uma cidade muito pequena e conservadora.

“Conheci Lucas quando trabalhava na lan house do meu tio. Eu não era abaitolado ainda. Estava lutando. Todo travado. Eu vim de uma cidade deste tamanho, do interior do Nordeste, que até para ser viado, tem que ser viado macho”, explica Carlinhos. “Eu sabia que sentia atração. Só o Carlinhos me fez despertar isso. Porque só ficava com mulheres. Mas quando via Carlinhos e estava com a minha namorada, soltava a mão dela. Comecei a me questionar, ‘só consigo ficar com esse cara (Carlinhos) quando consumo bebida’. Mesmo namorando com meninas eu sabia que era incompleto. Carlinhos foi o primeiro e único homem que me relacionei”, relembra Lucas.

Carlinhos conta que esperou para expor o relacionamento porque queria construir uma carreira sólida antes. “Deixei para me assumir quando construí tudo, para olhar na cara deles e dizer ‘hoje nós temos muito mais que vocês e somos gays’”, disse o humorista. O começo do relacionamento também não foi fácil na intimidade do casal. Carlinhos conta que esperou três anos para ter um contato mais intimo com Lucas. “Foram 3 anos ele me dizendo não. Pensei em desistir. Passou três anos para termos uma relação sem roupa. Era muito medo”, relembra Carlinhos.

Muito criticado logo que saiu do armário no início deste ano pela maneira como se colocou em relação a gays afeminados ou os que se montam, ele afirmou que entende hoje que os afeminados e outros LGBTs serviram de escudo pra ele poder ser quem é hoje, e principalmente, pra que possa assumir seu relacionamento publicamente. “Estou tentando me desconstruir. Meus amigos tem me ajudado, mas tudo é feito de forma gradativa”, disse ele.

Se acorda e tá animado… O que fazer?












Faiz isso nãaaaaao...




O que você está fazendo ai?



Pra quê cabide?



Vôce gosta?









Diego Barros...

















Deixa eu ver só um pouquinho...








Até mais!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...