Slide 1 Slide 2 Slide 3

HOMOSSEXUALIDADE

Os tipos de Neca #tutoriaisPRAvida.




Vamos falar de coisa boa pra você, minha amiga dona de casa! Eu tenho certeza que esse tutorial pra vida vai agradar todos os leitores do blog. Até porque, seja passivo, atuvi ou portadora de vagina, quem ler vai gosta mesmo de uma bela e boa neca, estou certo? Pois bem, resolvi reunir neste post os diversos tipos de pintos que eu já vi nessas minhas viagens Brasil a fora, sem contar os que já me falaram por aí eheheh... Então vamos ao que interessa: N_E_C_A_S, eis as catalogadas:

1 - cogumelo > Corpo fino e cabeçuda. Gente, dependendo da desproporcionalidade é muito estranho. Pra mulher, ele até funciona, pois como a cabeça é mais larga, proporciona o atrito nas paredes vaginais e a mulherada fica LOUCA... Tem quem goste, tem que ache lindo. Cada um com seu fetiche!

2 - kid bengala/necão dundum > Para passivinhas sindicalizadas profundas e corajosas, ele é a dádiva do egito! Reza a lenda que os possuidores desse membro possuem descendência africana... Acreditem: gene é uma coisa que se prolifera, viu? kkkkkk 

3 - circuncidado > Esse é o nome dado aos pintos que passaram pela cirurgia de fimose - remoção do prepúcio (a pele que reveste a glande/cabeça). Geralmente os judeus passam por essa cirurgia nos primeiros meses de vida. A cicatriz é quase imperceptível. Esses pintos têm uma característica engraçada: possuem duas cores. Geralmente metade mais clara e outra mais escura.

4 - com capinha > esse pinto tem  um excesso de pele (o prepúcio) que é bem aparente quando a “criança” tá mole. Ao endurecer essa pele recua e você pode brincar à vontade. Só tenha cuidado, pois, devido a essa pele eles costumam ser mais sensíveis. Ou seja, nada de morder, passar a barba, movimentos bruscos. Afinal, dor e prazer não é uma mistura muito legal, não é mesmo, minha gente? A não ser que você curta uma vibe sado.

5 - fimose> Eu os chamo de pinto sem cabeça. Sinceramente, se você tem fimose, colega, opere. Calma, não é pra fazer a Ariadna Thallia! É só tira a pelezinha. Mostre sua glande pro mundo! Só vou logo avisando que fazer essa operação na fase adulta é complicado, pois o pós operatório é sofredor. Imagine ficar quase um mês sem ereção para os pontos não abrirem... TENÇO!

6 - torneira ou anzol > Esse tipo de anomalia acontece com uma micro parcela dos homens. Isso acontece com os meninos que desde pequeno acomodam o pinto pra baixo, como se fossem travestis. Daí o bilau vai se acostumando aquela posição, mesmo estando duro. E quando você cresce, vira adultinha,  tá lá com o bilau anzol. Quando você olha pra aquilo, se pergunta... MEO, como assim? Em que posição isso encaixa? CORAGY!! Eu só tenho uma coisa a dizer: vá com calma, os donos desses pintos sabem muito bem a posição adequada. Apague a luz, olhe pra cima, abstraia aquilo que viu e deixe ele conduzir a valsa kkkkkkkk

7 - torto pra cima e pros lados > esses são bem clássicos, é o que mais tem por aí. Essa envergadura também é resultado da posição que o pinto é acomodado na cueca. A pesar disso eles não apresentam nenhuma dificuldade nas posições. Né, gente?

8 - salsicha ou lápis > são as pirocas finas. Tem de vários comprimentos. As mais curtas não enchem muito os olhos – as bonitas não gostam. Os donos dessas pirocas geralmente são mais passivas. Os lápis mais compridos conseguem oferecer um prazer maior, pois chegam a encostar na próstata da passiva fazendo com que ela goze com mais prazer, sem deixá-la arregaçada.

9 - Rexona > os pintos estilo rexona são os verdadeiros protagonistas de filme pornô. Não chegam a ser como o Kid Bengala, exageradamente grandes. Possuem a largura e o comprimento mais adequados a anatomia dos ânus da galere.

10 - AXE > pois é, lembram o formato do desodorante AXE. São formatos próprios pra nossas amigas elásticas e corajosas. É um verdadeiro firsting (ato de colocar a mão, o pé, o braço, nos orifícios sexuais). Tem gente que se adapta bem a esse calibre. C conheço algumas pessoas da vida real! O axe pode ser curtinho ou longo destruidor!

11 - Pirâmide > são mais largos na base e vão afinando ao chegar na glande. Essa relação é bem variável, em alguns você consegue perceber pois a glande é menor, desproporcional ao resto. Eu acho super estranho, mas tem quem goste.

12 - beringela ou barrigudo > Possuem a base menor e no meio dão uma engordadinha. As minhas amigas que possuem vagina acham o máximo! 

Viram só quantas variações de necas a gente tem por aí? É neca que não acaba mais. Principalmente se fizermos combinações de formatos, tipo: Salcicha+torto+fimose é pinto demaaaaais... Mas o ser humano é assim mesmo...

Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...