sexta-feira, março 22, 2019

SEXO

Sexo solitário - PARTE 1



Masturbação tanto para homens ou para mulheres é uma prática sexual muito comum e normal. Não há nenhum adulto que nunca tenha se masturbado, embora alguns neguem e diz que nunca o fez. Talvez por vergonha, talvez por medo de que os outros irão pensar, mas isso é desnecessário porque masturbação é um ato natural e a atividade sexual mais frequente.



Image and video hosting by TinyPic



“Por que condenam a masturbação se é fazer sexo com alguém que eu amo.” – Woody Allen




Masturbação não depende se estamos vivendo um relacionamento, se você tem um parceiro ou parceira porque faz parte da sexualidade. E a sexualidade acompanha o ser humano por toda a sua vida, pois é uma de nossas necessidades básicas. A masturbação ao longo da vida altera somente as suas manifestações e intensidade. Isto acontece em função da produção hormonal de cada fase. 






Enquanto na infância é refletida pela necessidade de amar seus pais, carícia, um abraço, etc, entretanto no início da puberdade ela aumenta significativamente por conta da produção hormonal, iniciando o corpo a despertar o desejo de atividade sexual real.




Na puberdade o corpo está mudando, os órgãos reprodutivos amadurecendo e estão se desenvolvendo rapidamente. Uma criança observa seus órgãos em parte por curiosidade explora as sensações sem entender claramente o que esse toque representa, sem malícia, apenas a título de conhecimento. Mas com o tempo e amadurecimento do seu organismo surgem os primeiros momentos de emoção.








Se encontram um material erótico ou tem um contato mais próximo com alguém que mexe com seus sentimentos, como um simples beijo ou até mesmo dançando, seu pênis ficará ereto. E são esses pequenos estímulos é que se desenvolvem as suas primeiras ereções.



E porque a emoção é um estado bastante feliz, tão logo irão descobrir que estas condições os levam ao prazer.



Na procura por conhecimento pessoal durante a adolescência acabam que por curiosidade se estimulando e acariciando suas zonas erógenas, buscando conhecimento íntimo, emocional e acabam descobrindo o orgasmo. Isso é muito natural, não devemos bloquear ou impedir esse conhecimento íntimo pois ele será muito importante para a sua fase adulta onde a vida sexual é uma necessidade básica para todo ser humano.



Por que as pessoas se masturbam? 



Masturbação geralmente é acompanhada por fantasias sexuais e levam ao auto conhecimento. Para os adolescentes isso é uma boa experiência, pois ao longo da vida essa vai ser uma forma de descobrir o que dá ou não prazer ou estímulo sexual.


Além do fato de que cada pessoa acaba por conhecer seu corpo melhor e aprender a regular a sua excitação, o que pode lhe proporcionar orgasmos mais intensos. Esse treinamento é essencial para o futuro sexual quando o parceiro aprende a se controlar para juntos chegarem ao clímax ou mesmo aprender a esperar pelo prazer do parceiro.


A masturbação é como uma necessidade fisiológica, um treinamento para o corpo ir se habituando os estímulos sexuais. Uma necessidade natural que faz bem para o corpo e para a mente.




A sexualidade, além da procura por prazer, busca de algo em comum com quem a pessoa se relaciona e o auto conhecimento que a masturbação proporciona na fase de treinamento fará certamente o ser “adulto” ser uma pessoa mais responsável e controlado, conhecedor de seus limites e prazeres e ainda respeitar o prazer do outro, pois conhecerá que cada um tem um mecanismo de prazer diferente e individual.



A masturbação deve ser apenas uma atividade sexual complementar ou alternativa. Mas também não pode se tornar um vício controlador. Deve ser praticada só ou com o seu parceiro(a) na busca do conhecimento e por maior prazer na relação.  



Além da masturbação, temos o self-sucking e o self-fucking para os homens.



O self-sucking, chama-se de “auto-felação” ou “auto-felatio” todo tipo de prática de sexo oral em si mesmo. Nem muitos conseguem essa proeza, devido ao tamanho do orgão sexual, e da maleabialidade da coluna vertebral.







Mas mesmo assim, existem maneiras ou posições que podem viabilizar a sua prática. Algumas falsas “crenças” caracterizam a auto-felação como prática exclusivamente homossexual, no entanto ela tem sido sempre utilizada por muitos heterossexuais, e não resulta necessariamente em um abandono das atividades sexuais com parceiros do sexo oposto. 




O self-fucking (auto fornicação), consiste em introduzir seu próprio pênis no ânus. Igualmente com a prática do self-sucking, necessita de habilidades semelhantes e também do tamanho do orgão sexual.







Estes são os sexo solitário que podem ser feitas por um homem e que podem ter prazer o solitário.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...