Slide 1 Slide 2 Slide 3

FOFOCAS DE CELEBRIDADES - GOSSIPS

Ouça o novo single do Cage The Elephant, "Goodbye".



Após divulgar a parceria com Beck na música "Night Running", o Cage The Elephant liberou mais um single nesta segunda-feira (8), chamado "Goodbye".



Foster The People lidera uma espécie de seita no novo clipe "Style".



Os californianos do Foster The People divulgaram, nesta segunda-feira (8), o clipe para o seu single mais recente, "Style", faixa que sucede o lançamento de "Worst Nites".



Morrissey lança "Wedding Bell Blues", com participação de Billie Joe do Green Day. 



Morrissey liberou mais uma faixa de "California Son", o álbum de covers de músicas dos anos 60 e 70 que ele lançará em 24 de maio, para audição. Agora foi a vez de "Wedding Bell Blues", versão para uma música da cantora e compositora Laura Nyro (1947-1997) que conta com a participação especial de Billie Joe Armstrong do Green Day.




Pedro Alves, gay em Malhação, diz que já ficou com meninos e meninas.





Pedro Alves com certeza é um dos atores da nova geração que dará o que falar em “Malhação – Toda Forma de Amar”, que estreia no próximo dia 16 de abril. Ele interpretará Guga e tem a responsabilidade de ser o primeiro protagonista gay da novelinha teen.

Criado na Bélgica, o ator sabe que o momento político no Brasil pode fazer com que seu personagem (Guga) sofra muitas críticas por conta da homossexualidade, mas isso, nem de longe é problema para o artista, que com certeza também cairá no gosto do público por sua beleza. Ele faz o tipo galã.

“Eu mesmo já beijei meninos e meninas e não vejo nenhum problema em falar isso. Também não estou preocupado se farei um gay muito ou pouco caricato, acho que os gays não são definidos por isso, cada um é diferente e o meu Guga também“, aponta Pedro.

Sobre as críticas, ele ainda aponta: “Sei que podem me olhar torto, podem até me ameaçar, nas ruas e nas redes sociais, mas não tenho medo. Um personagem gay é necessário. Venho num momento totalmente necessário.”


Guga (Pedro Alves) e Serginho (João Pedro Oliveira), casal gay de Malhação: Toda Forma de Amar.


Na trama, o personagem de Pedro se assumirá gay depois de terminar o namoro com Meg, vivida por Giulia Bertolli, filha de ninguém mais ninguém menos que Lilia Cabral.

“Sei a responsabilidade em contracenar com a Giulia. A mãe dela vai ver. Essa atriz maravilhosa vai me ver. Já tremo todo na base”, diz aos risos. “Mas brincadeiras a parte está sendo maravilhoso. É uma grande troca”, completa o ator.

Hércules será o 1º herói gay da Marvel em Os Eternos.




A Marvel Studios planeja lançar em breve uma versão gay do Hércules, famoso semideus presente na mitologia grega. O super-herói será um dos personagens do filme Os Eternos (The Eternals).  

Segundo o site MCU Cosmic, o olimpiano será o primeiro personagem abertamente gay da produtora. A produção tem direção de Chloe Zhao.

Hércules foi criado por Stan Lee e Jack Kirby, e nos quadrinhos, ele se define como bissexual. Entre os seus poderes se destacam a invulnerabilidade, super-força e velocidade.

A Marvel está a procura de um ator para interpretar o personagem nos cinemas, segundo o Pink News. A ideia é que um homem, entre 30 e 49 anos, de preferência abertamente gay, e que tenha um porte atlético.

Jogador de basquete Dwyane Wade apoia filho na Parada LGBT de Miami.


O jogador de basquete Dwayne Wade 


O filho, de 11 anos, do jogador de basquete Dwyane Wade, participou da Parada LGBT de Miami, no domingo (07). A criança recebeu total apoio do pai e da madrasta, a atriz e ex-modelo Gabriele Union.

Wade não pôde comparecer ao evento, por conta de um jogo em Toronto, mas fez uma nota de apoio no Instagram. “Apoiamos um ao outro com orgulho!”, declarou o jogador.

O garoto foi ao desfile junto a sua madrasta. Também estava presente, sua irmã, Kaavia, e seu irmão de 17 anos, Zaire. Todos aparentavam estar muito felizes e posando para fotos postadas em redes sociais.

O jogador de 37 anos, está jogando sua última temporada na NBA, principal liga de basquete da América do Norte. Ele é mencionado como sendo um pai dedicado. Após perceber que sua ex-esposa, Siohvaughn Funches, possuía problemas emocionais e mentais, solicitou a guarda exclusiva dos filhos. Foi então que o pai percebeu que o pequeno Zion, mostrava tendências femininas, ainda em uma idade jovem. Mesmo assim recebeu apoio e atenção do pai.




A PFLAG, ONG nos EUA de união de LGBTs, aponta que crianças não aceitas por seus pais geralmente têm um risco maior de sofrer doenças mentais. Entre elas, estão depressão, suicídio, além de maior propensão ao uso de drogas ou envolvimento em sexo inseguro de alto risco.

Felizmente o pequeno Zion, nasceu em uma família diferenciada, na qual tem o apoio desde de cedo de diversos membros, que o fazem se sentir aceito, amparado, e demonstrando naturalidade sobre o fato dele ser gay.

Você não gosta de linguiça? E desta, você gosta?



É só a cabecinha...



Faiz isso nãaaao...




Outra vez ele...Chris Hatton










Até mais!!




Poderá gostar também de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...