sexta-feira, maio 31, 2019

MINHA VIDA GAY

Caçador de tempestades pede namorado em casamento perto de um tornado.




Joey Krastel é analista de risco da Maryland State Management Agency, meteorologista e “caçador de tempestades”.

Por meio do Twitter e Instagram, ele administra perfis que compartilham imagens da presença de tempestades, feitas por meio de satélites ou câmeras.

Na terça-feira (28), uma onda de clima extremo e tornados tomou conta do estado de Kansas, nos Estados Unidos.

Joey juntou alguns amigos e o namorado, Chris Scott, que conheceu por meio de seus perfis em que documenta tempestades, ele aproveitou a oportunidade para unir duas de suas paixões em um só momento e propôs o namorado em casamento.

“Os dois amores da minha vida”, escreveu Joey na foto que viralizou nas redes sociais.




The 2 loves of my life pic.twitter.com/Cv4eviechZ

— Joey Krastel (@NimbusStorms) May 29, 2019

“É por isso que sempre tive em mente ficar noivo durante a chegada de uma tempestade. Eu senti que seria o jeito perfeito de fazer a proposta”, contou à “NBC”.

Ícaro Silva diz que se considera sexualmente livre e se identifica com o LGBTQI+.


Ícaro Silva e Rafael de Bona em cena do filme ’45 dias sem você’.


Assim como o mito grego com quem compartilha o nome, o ator Ícaro Silva sempre sonhou alto. Agora, aos 32 anos, ele diz estar colhendo os frutos do que plantou lá atrás, quando despontou na TV com a novelinha “Malhação”. No ar na novela das 19h da TV Globo, “Verão 90” como o cantor de lambada Ticiano e na série Netflix “Coisa mais linda”, como o músico Capitão, ele também está em cartaz com o espetáculo “Ícaro and the black stars”, que fica no Teatro Carlos Gomes até 2 de junho e depois passa por Belo Horizonte e São Paulo.

No cinema, Ícaro pode ser visto em “45 dias sem você”. Primeiro longa de uma trilogia do diretor Rafael Gomes, o filme é uma comédia romântica gay. Para o ator, é importante dar e estar num filme dando voz para a causa LGBTQI+, com a qual ele se identifica.

“Me considero sexualmente livre e isso significa que me identifico com o LGBTQI+. Eu me vejo aberto a sexualidades e ao gêneros, não me vejo rotulado (em nenhuma letra). Tem a letra I, mas eu sou o I de Ícarossexual (risos). Existe uma tentativa de rotularem as pessoas e cada um de nós é uma potência individual. A minha sexualidade é só minha, é importante que a gente se entenda como poder individual”, afirma ele em entrevista para O Globo, onde ainda fala sobre sua infância na periferia de Diadema, no ABC paulista, e sobre a violência no Rio de Janeiro — no ano passado, ele foi ferido por estilhaços de bala quando passava de carro pelo Túnel Zuzu Angel.

Galã de ´Carrossel´, Gustavo Wabner parabeniza o marido.




O ator Gustavo Wabner, que ficou conhecido nacionalmente por interpretar o professor René, par romântico da Professora Helena (Rosanne Mulholland) na versão brasileira de “Carrossel”, usou as redes sociais para fazer uma homenagem pelo aniversário do marido, o o diretor de teatro Sergio Módena, com quem ele está casado há 21 ano.


Gustavo Wabner é casado há 21 anos com o diretor de teatro Sergio Módena 





Jovem que passou por ‘cura gay’ faz relato surpreendente sobre tratamento abusivo.


O jovem foi abusado pelo terapeuta


Nas últimas semanas a plataforma Celina, do Jornal O Globo, publicou um relato completamente chocante de um jovem que sofreu abuso sexual durante o tratamento de “cura gay”, em Belo Horizonte.

Por muito tempo o processo de “cura gay” foi permitido no Brasil. No entanto, desde abril deste ano o tratamento não é mais recomendado. A decisão foi assinada pela Ministra Carmen Lúcia no dia 9 de abril, através do Supremo Tribunal Federal (STF).

No relato, o jovem, identificado como Fábio, contou que foi obrigado a passar pelo tratamento de “regressão sexual” após o pai flagrar ele aos beijos com um amigo. O tratamento virou uma espécie de castigo.

“Fui flagrado por meu pai beijando meu primeiro namorado, aos 16 anos, na sala de casa, em um domingo chuvoso. De outra cidade, o rapaz estava hospedado em nossa casa na condição de amigo. Eu estava apaixonado e me despreocupei. Sempre escutava os passos do meu pai, pesados, atravessando o corredor que levava à sala. Desta vez, no entanto, não escutei. Como castigo, fui obrigado a me “tratar’, depois de ouvir os clássicos ‘preferia filho morto’ e ‘eu era feliz e não sabia'”, disse a publicação.

Durante o tratamento, o rapaz disse que tentou de todas as formas a não se envolver com nada que remetesse a homossexualidade, mas as tentativas não eram o suficiente. Até durante a masturbação ele se forçava a se excitar por mulheres consideradas símbolos sexuais.

“Ao me masturbar, por exemplo, forçava o pensamento nos seios da Feiticeira, mas minha cabeça sempre terminava no tanquinho dos Gêmeos Flávio e Gustavo, por quem eu me excitava de verdade”, disse.

Depois de tempos lutando contra seus instintos naturais, Fábio cansou e tentou viver bem com sua homossexualidade. Ao confessar o novo objetivo para seu terapeuta, o jovem relatou que acabou sendo abusado sexualmente.

“Em um dos encontros com o terapeuta, depois de compartilhar meu novo objetivo, recebi o inusitado convite para sentar em seu colo. A porta da sala estava fechada. Não havia testemunhas, muito menos câmeras. No auge da puberdade, me senti atraído pela situação e não hesitei em acatar o chamado. Aos elogios, esse senhor, grisalho, menor que eu, e com idade para ser meu pai, pediu para eu abrir a braguilha”.


SEXO

Situações de sexo: "Eu quero foder muito nestas férias numa barraca".


Se você costuma ficar naquele apartamento de praia alugado com (muitos) amigos, na casa da tia no interior, naquele apertado hostel, ou até mesmo num camping naquela serra super isolada de tudo, pode ser que já tenha quebrado a cabeça, ou ainda está pensando no que fazer com sua companhia naquele momento hot. Ficar sem transar, não tem jeito, né? Se essa é sua preocupação, seus problemas acabaram!






NÓS AMAMOS OS PACOTES

Estes garotos são muito travessos e querem nos colocar de joelhos, querem sentir o desejo pelo seu pacote, onde eles guardam a ferramenta perfeita que se adapta a sua boca, nas suas mãos, a sua bunda... e fazem voce explorar o prazer!! Espero que apreciem...







ARTE HOMOEROTICA E QUADRINHOS ERÓTICOS






QUADRINHO EROTICO - EROTIC COMICS:


HIGHSCHOOL GIRL NEPHEW - MUCHACHA SOMBRILLA DEL COLEGIO - MENINA SOBRINHA DO COLÉGIO


(PORTUGUES- ENGLISH VERSION- ESPAÑOL)


VEJA ABAIXO - VEA ABAJO- SEE BELOW

GATO BELAMI

JOHNNY BLOOM



DIREITOS

STF adia para 13 de junho conclusão do julgamento que vai criminalizar LGBTfobia.


Os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal reunidos em plenário durante julgamento sobre a criminalização da LGBTfobia. 


Ações que pedem a equiparação da LGBTfobia ao crime de racismo já tem maioria, mas precisa da conclusão da votação para valer.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, adiou para 13 de junho a conclusão do julgamento que vai equiparar atos de discriminação contra pessoas LGBT ao crime de racismo.

Seis ministros já votaram a favor de enquadrar a LGBTfobia como crime de racismo. Os relatores das ações, os ministros Celso de Mello e Edson Fachin entenderam que o Congresso Nacional foi omisso e que houve uma demora inconstitucional do Legislativo em aprovar uma lei para proteger as pessoas LGBT. Por isso, cabe ao Supremo aplicar a lei do racismo para preencher esse espaço.

As ações pedem a criminalização de todas as formas de ofensas, individuais e coletivas, homicídios, agressões e discriminações motivadas pela orientação sexual e/ou identidade de gênero, real ou suposta, da vítima.

Na sessão do dia 23 de maio, os ministros Rosa Weber e Luiz Fux também votou para criminalizar atos violentos contra pessoas LGBT. Ainda faltam os votos de cinco ministros.





A data inicialmente prevista, 5 de junho, será dedicada à continuidade do julgamento sobre as exigências para privatização de estatais.

Segundo ativistas, adiamento é uma oportunidade da bancada evangélica conseguir aprovar um projeto que criminaliza a LGBTfobia, mas permitindo ainda discursos de ódio em nome da fé.

HOMOSSEXUALIDADE

Tamanho é documento, sim!




Aqui estou eu naquele momento psico-genicológico do blog. Aquele papo calcinha descontraído e com muito bom humor que você, leitor deste humilde blog, adora. Mais uma vez a gente vai falar daquela coisa tão preciosa e necessária nas nossas vidas. Aquele bem que todo boymagia carrega consigo: a neca! Se você for do tipo conservadora e pudica não leia os próximos parágrafos, porque dessa vez, eu resolvi arregaçar o verbo!

Este é um assunto muito frequente nas colunas voltadas ao público feminino com vagina. Mas eu nunca li nada a respeito voltado pra realidade gay em que vivemos. Convenhamos, esse é um assunto que muito nos interessa. Então resolvi fazer uma linha vanguarda e pioneira, sem hipocrisia, e muito menos sem fazer apologia ao pintão de cada dia. O único motivo desse artigo existir, é minha vontade de deixar claro aqui que no mundo gay, muitas vezes tamanho é documento SIM!

Vivemos numa sociedade presa a padrões de beleza e o seu pênis, assim como o seu rostinho lindo, também está incluso nesses moldes. A grande geradora dessa fábrica de padrões penianos é a indústria de pornografia, que vira e mexe sempre nos deslumbra/assusta com aquele show de necas odaras em suas produções, que você minha amiga dona de casa sem vagina, conhece muito bem!

Baseado nessa experiência com filmes adultos, geramos um modelo de pênis referência no nosso imaginário, que tanto desejamos. Daí, sempre que nos deparamos com um bofe com baixa estima de neca, ele acaba virando motivo de piada nos papos calcinhas com as nossas amigas. É o que chamamos de Bullying da Neca.

No sexo entre homens não existe varinha de cordão que faça mágica, meu bem. Há quem diga que, se a neca for pequena não existe fantasia nem adrenalina. Bee que é bee, gosta mesmo de preencher a mão com instrumentos pesados e de grosso calibre, seja ela atchivinha ou passiva sindicalizada. Tenho um amigo que sempre diz: no coito sexual é fundamental que existam 4 elementos básicos: você, o boy magia e 2 pintos (o seu e o dele)! Mas caso aconteça a falta de um quarto elemento, vocês terão que substituí-lo de forma que esta ausência torne-se apenas um mero detalhe. Daí vai com a criatividade de cada um.

Levando para o lado físico da coisa, existem vantagens e desvantagens em se ter uma neca odara. Bees que são mais apertadas, analmente falando, até gostam de uma nequina, afinal, o sofrimento é menor. Mas quem não tem problema com isso, sente sim um vazio interior. O tamanho do pênis além de mexer com o desejo dos homens, é fundamental para a conquista do prazer no sexo anal. Esse fator é diretamente proporcional a distância da próstata do passivo. Ela funciona como se fosse o clitóris do ânus fazendo o passivo chegar ao orgasmo mais rápido.

Agora você me pergunta: “eu sou ativo e tenho um pinto pequeno, o que eu faço? 
Aqui vão minhas dicas:

Sexo sempre com a luz apagada;
Sexo no primeiro encontro/rapidinhas só com pessoas bêbadas;
Compre aquelas sintas que as lébicas usam ehehe
Torne-se um passivo ou versátil/passivo;
Utilize os seus dedos e a sua língua para satisfazer o parceiro;
Procure conquistar ao máximo a pessoa amada, nada de sexo no primeiro encontro assim você vai conseguir compensar esse seu pequeno detalhe;
Procure um psicólogo.

E por último, não se mate, pois um dia você ainda vai encontrar a tampa pra sua panela, afinal de contas ninguém fica sozinho, não é mesmo! Nessa vida o que vale é ser feliz, ficar rica, estudar pra ficar inteligente e esperta. Diante dessas coisas básicas uma neca não é NADA! Um beijo!

POLÍTICA

Visão simplista da política fortalece discurso de Bolsonaro contra Congresso.


Manifestantes foram às ruas nos 26 estados e no DF em defesa do governo Bolsonaro, muitos pedindo que o Congresso deixe o presidente trabalhar.


Para especialistas, confusão popular sobre papéis dos três poderes é benéfica para o presidente, que adota "ambiguidade proposital" em seu discurso.

O comportamento do presidente Jair Bolsonaro em relação ao Congresso e às manifestações do último domingo deixaram clara sua estratégia de sinalizar, com ações, em uma direção e fazer declarações públicas em outra. Enquanto evita conversar com parlamentares e espalha, nos bastidores, mensagens que inflamam parte da população contra os outros poderes, Bolsonaro diz, nas redes sociais, que apoia “pautas legítimas e democráticas”.  

A tática, segundo especialistas, não é novidade do governo Bolsonaro, tendo sido adotada também por governos do PT, e ganha espaço principalmente por uma visão simplista que muitos ainda têm da política - a de que o presidente teria recebido um cheque em branco ao vencer as eleições.

Nas manifestações de domingo eram comuns cartazes com pedidos para que o Legislativo e o Judiciário deixassem o presidente governar - e para que os outros poderes respeitassem os votos em Bolsonaro. 

O QUE VOCÊ FARIA COM ELE?






FOFOCAS DE CELEBRIDADES - GOSSIPS

Alok lança clipe para "All The Lies", single em parceria com Felix Jaehn e The Vamps. 



Nesta quarta-feira (29), Alok divulgou o clipe do single "All The Lies", faixa que conta com a parceria do DJ Felix Jaehn e da banda The Vamps.



Katy Perry divulga teaser para o seu novo single "Never Really Over". 



Os fãs de Katy Perry já estão ansiosos para o lançamento de sua nova música, "Never Really Over, que acontecerá nesta sexta-feira (31). E para atiçar ainda mais essa breve espera, a cantora divulgou um trailer do single que parece mostrar um pouco do significado que poderá existir na letra e até no clipe.



David Guetta lança clipe para a faixa "Stay (Don't Go Away)". Confira!



David Guetta divulgou, nesta terça-feira (28), um clipe para o seu novo single "Stay (Don't Go Away)", faixa que traz a participação da cantora inglesa Raye.



Conheça o ‘pocnejo’ de Gabeu, filho gay do cantor Solimões.




‘Vamo’ assumir o nosso amor rural, Sai desse armário e vem pro meu curral” são os versos que embalam o refrão da mais nova vertente musical: o ‘pocnejo’. Sim, é isso mesmo, na sexta (24/05), Gabeu, filho gay do cantor Solimlções (da dupla sertaneja Rionegro & Solimões), lançou “Amor Rural”, seu primeiro single, juntamente com o vídeo clipe oficial, em seu canal no YouTube e, em pouco mais de 3 dias, já ultrapassou a marca de 90 mil visualizações.




Gabriel (20 anos), mais conhecido com Gabeu, compôs a música juntamente com seu namorado, Well Bruno. “Amor Rural é uma composição minha e do Well, que surgiu de uma brincadeira e agora será lançada como meu primeiro single… Eu quero ver todo mundo com a letra na ponta da língua”, publicou o mais novo talento da música sertaneja, ou melhor, pocneja, como ele mesmo apelidou.

A canção tem muito bom humor e, ao mesmo tempo, uma melodia bem cativante, além de ser cheia de rimas chiclete, do jeito que nós pocs gostamos. Isso sem falar de da ousadia, que a gente também adora, de quebrar o machismo enraizado na cultura sertaneja. O hit já está disponível em todas as plataformas digitais.

Gabeu também é responsável pela criação do clipe e, no dia 13 de maio, já tinha soltado em suas redes sociais que um EP estava por vir. Não sei vocês, mas eu já to ansioso pra ouvir esse modão pras poc!

Pela primeira vez, homem trans disputa pelo título de Mister Rio de Janeiro.





“Eu nasci menina, mas nunca me identifiquei com o corpo feminino. Eu via os modelos nas capas das revistas, o concurso de Mister Brasil, e sonhava um dia poder fazer parte daquilo tudo, mesmo sabendo que era algo distante. Quando ouvi na minha agência que as inscrições para o concurso estadual estavam abertas, me inscrevi no casting e passei. Foi um momento de grande felicidade, e mais do que isso, de aceitação pela pessoa quem eu realmente sou”, vibrou ele, que representa Rio das Pedras.

Até 2018, candidatos trans não podiam participar em decorrência de regras criteriosas do concurso. Todavia, essa realidade mudou. Julia Morley, presidente dos concursos Miss World e Mr World, revelou em conferência de imprensa realizada nas Filipinas, em 2018, que os seus concursos passariam a aceitar a participação de jovens trans.

“Eu tenho plena consciência de que estou aqui não só por mim, mas por muitas pessoas que agora sabem que elas podem sonhar. Abro uma porta para milhares de trans, homens e mulheres, que estão me acompanhando e sabem que eles também poderão estar aqui um dia. É um sentimento de libertação”, disse em entrevista à revista Quem.

Os vencedores viajarão para Bento Gonçalves, No Rio Grande do Sul. A viagem será no mês de setembro, onde disputarão os títulos de Mister Brasil CNB 2019.

Nanda Costa comemora decisão do STF, pedindo Lan Lanh em casamento.


Nanda Costa e Lan Lanh


Não é mais novidade para ninguém que Nanda Costa já pediu a percussionista Lan Lanh em casamento, mas mesmo assim a atriz resolveu fazer um novo pedido. Desta vez ela planejou fazer algo mais formal e “tradicional”.

Em comemoração ao resultado positivo à criminalização da LGBTfobia, a artista pediu, mais mais uma vez, a sua amada em casamento. O caso aconteceu na última quinta-feira (23), durante o aniversário de 53 anos de Lan Lanh.

“Perdi as contas de quantas vezes pedi a Lan em casamento. Mas ontem aproveitei que era dia de festa, dia que ela completou 51 anos de idade e que o STF criminalizou a homofobia. Achei uma boa ideia coroar com essa joia rara que a Ana Paula fez especialmente pra gente. Dia 23 de maio, de fato, será um dia especial nas nossas vidas pra sempre”, escreveu Nanda no Instagram.

Há cinco vivendo um relacionamento, na última semana as duas também decidiram informar para seus fãs que agora iriam morar juntas. “Desocupamos nossos apartamentos e alugamos um terceiro, uma cobertura. É o nosso pedacinho do céu. Estamos muito felizes”, disse Nanda Costa em uma entrevista a revista Marie Claire.

Diego Hypólito fala sobre primeira vez gay e revela que vai lançar biografia.




Cada vez mais confortável para falar sobre sua homossexualidade, o atleta Diego Hypólito, disse que sua primeira vez com outro homem foi aos 19 anos em um quarto de hotel.

Em entrevista a revista QUEM, Diego disse que na época era muito inseguro e não aceitava muito bem sua sexualidade, então foi muito difícil dar abertura para o rapaz, que lhe procurou através da plataforma de mensagens “MSN”.

“Lembro exatamente como foi. Estava em São Paulo voltando de uma viagem, era época ainda do MSN. Quando ele veio falar comigo dando em cima de mim, eu falei que não era gay e o bloqueei na hora. Aí, a amiga dele foi falar comigo. Ele insistiu e foi me encontrar na chegada de um voo internacional no aeroporto e a gente foi para um hotel, mas depois me senti muito culpado. Eu fiquei com ele várias vezes ainda depois, mas relutava. Eu tinha um problema de aceitação muito grande”, disse.

Na publicação o esportista ainda afirmou que logo mais deve lançar sua biografia autorizada, que será escrita pela jornalista Fernanda Thedim. O livro já está em processo de finalização e deve ser disponibilizado ainda este ano.

“Ela já está pronta, na verdade. Ela só demorou porque tinham muitas coisas que eu tinha medo de falar publicamente. A questão da minha sexualidade, do bullying, da depressão, que eu já estive internado e tive vontade de me matar. Eu pensei em tomar remédio e também de pular em janela. Foi muito pesado. Mas eu quis expor porque este é um problema que muitas pessoas passam e não falam com ninguém. É importante conversar e se abrir com o outro para você ter ajuda. Hoje em dia, eu tenho consciência que eu jamais tiraria a minha própria vida”, garante.

Ator de seriado da Nickelodeon revela ser um homem trans.




O ator Michael D. Cohen, que interpreta o personagem Schwoz Schwartz no seriado infanto juvenil da Nickelodeon, Henry Danger, revelou, durante uma entrevista a revista Time, que é um homem transexual.

Na publicação, o ator afirma que foi “mal denominado” ao nascer e que se orgulha de ser uma pessoas trans, mas que após eventos recentes, ele precisa se manifestar sobre sua identidade de gênero.

“Essa reação louca e opressão de direitos está acontecendo bem na minha frente. Eu não posso ficar em silêncio“, diz ele. “O nível de – vamos ser educados – o mal-entendido em torno de questões trans é tão profundo e tão destrutivo. Quando você enfraquece uma população, você enfraquece todo mundo”, completou.

Michael confessou que decidiu compartilhar para as pessoas sobre sua condição, porque acredita que isso iria inspirar outras pessoas, para lutarem pela sua própria identidade. “Se eu disser a minha verdade, isso dá às outras pessoas coragem para falarem sobre as suas também”, declarou.

A presença de atores trans em produções norte-americanas está cada vez mais comum. Por exemplo, na nova temporada da série Titans, o ator trans, Chella Man, viverá Jericho. O novo herói será filho do vilão exterminador, que será contracenado por Esai Morales.

ESSE É MEU AMIGUINHO



Te deixaram sozinho? Tadinho...



Olha o que vamos ter no jantar...



Não fumo cigarro. só charuto


Faiz isso nãaaao...




Eles gostam de exibir e nós adoramos ver.






Esteban Martinez, participante do Reality Super Shore








Anônimos também tem vez.







Até mais!!