terça-feira, maio 28, 2019

SEXO

"Ai, quero agarrar um saradão para pegar no seu músculo duro!"


Sem dúvida nenhuma, um corpo malhado e sarado, desperta a atenção. É bonito, forte, e também, nos faz ter tesão. À primeira vista, diante daquele tanquinho magníficos, braços e penas torneadas e bem proporcionadas, nos fazem piscar o cú.








Quem não pára diante de uma imagem de um sáradão gostosão?






Pior que nos provocam com aquelas caras de safado, corpos bem definidos e  alguns em poses bastantes sensuais e provocativos. Morro ao ver um saradão suando. 






Aquele cheiro de macho, despertando a nossa libido e desejos...






Como um corpo sarado pode ajudar na sua vida sexual




“Os que discordam me desculpem, mas beleza é fundamental”, quem não conhece essa frase do Vinícius de Moraes? Existem aqueles que não estão nem aí para os músculos, ou que prefira os menos desprovidos de força física (não quero falar magro), agora, me respondam, será que realmente um corpo sarado influencia na hora do sexo ?






Na minha opinião, a resposta para essa pergunta é sim, me desculpem os que não acham, mas é sim sim.





Talvez você até possa conhecer quem negue a eficiência dos músculos e também quem realmente não goste ou se sinta indiferente diante deles. 



Mas uma coisa não há como negar: um corpo sarado atrai e chama atenção. Agora, a pergunta que não quer calar é: por quê ?







Pra mim, é um fetiche, uma atração sexual, uma vontade de ter na cama. (Pra brincar, é claro)





Músculos na cama





Por que que muitos insistem em dizer que aparência física não faz diferença ?




Cá entre nós, vai dizer que vocês não preferem um “saradão” em vez de um gordinho ? (Bem, gosto é gosto e cada um tem o seu). É bem verdade que existem outros fatores, como o cara saber se vestir bem, ter um bom papo, ser simpático e outras qualidades; mas daí a falar que ser bonito e sarado não faz diferença me desculpem, mas não cola.



Ou vai falar que na hora H, entre quatro paredes, é a conversa que importa; ou o modo de se vestir; ou a simpatia…

A vida sexual



É meus amigos, foi constatado que quanto mais musculoso, maior a quantidade de parceiros sexuais.





Além disso, os homens relataram que a vida sexual começa mais cedo quando se é mais musculoso. Isso pode ser devido ao fato de os mais fortes intimidarem os mais fracos, mas é notória a preferência pelos homens com bíceps avantajados.



Um dos pesquisadores acredita que esse fenômeno se enquadra na Teoria Evolutiva, e que estamos diante de uma luta entre a seleção natural, o que remete a metabolismo e longevidade, e a seleção sexual, que dispensa tudo isso para garantir mais encontros amorosos.




O lado negativo dos músculos



Que a maioria (nem todos) preferem os saradões de plantão, não é novidade; O problema é que muitas vezes, essa corrida por um corpo perfeito acaba trazendo alguns prejuízos para o organismo.



Quando os treinos são feitos de forma exageradas, acabam se tornando um grande vilão. Isso por que o organismo não tem tempo para repor as reservas musculares, ficando assim sem energia para malhar.



Tudo isso sem falar no fato de que o exercício físico em excesso desregula o funcionamento do hipotálamo, região cerebral que comanda a liberação de hormônios.



Aí percebemos que não basta ter um corpo sarado; até ajuda a conquistar, mais se não tiver lábia, nada feito.




Os sarados são mais "quentes"? Acredito que sim. É bom que saibam, minha gente, que existe um hormônio: A testosterona.




É esse hormônio que interfere na atividade sexual e que é considerado o hormônio do prazer sexual. Pois é. A atividade física pode te deixar energizado, melhor aparência que pode mudar a sua vida sexual.




Não, amigo, você não precisa ser musculoso ou sarado, mas ter uma atividade física. Tira a bunda do sofá. Ande, corra, mexa-se. Mas não exagere!




Quer ver só? Olha o que faz a deficiência de testosterona:

-Impotência

-Dificuldade de ereção e menor intensidade de ejaculação

-Impede a atividade sexual satisfatória.

-Perda de massa muscular, que chega a ser de 2% ao ano.

-Aumento da gordura abdominal

-Falta de memória e concentração

-irritabilidade e mau humor.

-Hipertensão arterial entre outros.

Viu só? Pior é a vontade de foder. E, cá entre nós, foder é a coisa mais gostosa da vida. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário