sexta-feira, maio 31, 2019

SEXO

Situações de sexo: "Eu quero foder muito nestas férias numa barraca".


Se você costuma ficar naquele apartamento de praia alugado com (muitos) amigos, na casa da tia no interior, naquele apertado hostel, ou até mesmo num camping naquela serra super isolada de tudo, pode ser que já tenha quebrado a cabeça, ou ainda está pensando no que fazer com sua companhia naquele momento hot. Ficar sem transar, não tem jeito, né? Se essa é sua preocupação, seus problemas acabaram!








No verão é até piada dizer que o calor incomoda. Onde quer que formos, é quase impossível escapar do calor insuportável que faz aqui no Brasil. Mas quem já dormiu dentro de uma barraca, sabe que a experiência pode ser ainda pior.




Por melhor que seja o modelo, sem tomar certos cuidados, lá dentro o calor é duzinferno. Nesse verão, eu e meu gato não demos mole. Saímos de nossa cidade já pensando em várias alternativas. Corpos suados podem ficar bonitos na TV, mas na prática, é desconfortável pra caráaleo, e há quem ache nojento. 




Para isso, é preciso preparar, além dos materiais que serão necessários, a barraca, alimentos, e uma boa disposição. 



Com tanto calor, chegamos a pensar que o ventiladorzinho não estava fazendo diferença alguma. Mas isso foi só até as pilhas acabarem no meio da transa! Aí sim vimos a falta que o bendito fazia. Juntando o fogo que pegava lá dentro com o calor lá de fora… puta merda! Então, na boa. Vão por mim! O ventilador é bem baratinho, e até já planejamos adquirir mais um para nossa próxima fugida.







Frio, chuva, terreno - Assim como o calor, há outros desconfortos por não se estar em uma casa. Nem todas as barracas suportam chuvas pesadas e nem sempre os terrenos são planos. Manta térmica, colchão inflável, uma lona presa sobre (para proteger da chuva) a barraca, podem salvar suas noites.



É mega broxante estar com seu amor naquela noite chuvosa (até mesmo porque o barulhinho da chuva dá um tesão enorme), sob a iminência de um vazamento na barraca. 




Eu e meu gato costumamos esticar uma lona por cima da barraca, pra escoar a água da chuva, pois já passamos o mó cagaço com barraca molhada. Isso sem falar, que chuva traz friagem. Se vocês não levarem a manta térmica e nem um edredom, o que poderia ser um ingrediente a mais, vai tornar a transa um pesadelo!





Num simples colchonete, além vulnerável a umidade, há o risco de bater as costas numa pedrinha ou raiz de árvore, o que pode detonar tudo de uma vez. Por isso sempre recomendamos os colchões infláveis. O colchão inflável além de proteger do solo irregular, também proporciona uma ‘balançada’ que deixa a transa super gostosa! Vale a pena conferir!






Aperto - Esse é o fator que mais aflige o casal: a falta de espaço. Nem todo mundo consegue descolar uma barraca grande, até porque acaba gerando um peso enorme apenas para um casal. Se você estiver num camping muito movimentado, haverá muita gente, e a não ser que vocês queiram que todos saibam que tá rolando um sexo ali dentro, é bom vocês ficarem ligados para que não encostem nas laterais da barraca.





A situação exige um certo contorcionismo, e se você não for O Guru do sexo, provavelmente vai dar a maior bandeira! kkk! Mentira! Última vez meu boy magya me alertou várias vezes, tanto pelos pés para o lado de fora, como a cabeça esbarrando. Isso sem falar nos meus suspiros! =/









Se a barraca balançar demais, certamente vocês entregarão o que está rolando. Gemer então, fica muito difícil. Qualquer barulho vai denunciar o casal transante. Tomem cuidado e tentem ser discretos. Essa é a minha dica. Suspirar, balançar e mexer demais no sexo não é comigo! #SQÑ!






Higiene - Não é frescura. Isso é muito importante.  Provavelmente haverá banheiros no local, e caso o camping não ofereça um espaço legal, recomendo levar um lençol para colocar sobre o local, pois assim só ele fica manchado, e caso o período seja prolongado, vocês podem dar uma lavada nele, para não ficar com o ‘perfume’ do amor de vocês.





A verdade, é que você tem que se desdobrar em todos os sentidos para que tudo se desenrole da melhor forma possível no seu passeio. O sexo também funciona assim. Lembre-se que pra transar, não tem hora. Então nada pode ser no improviso, se pintar o clima, a ‘barraca precisa estar armada’!






Quando tudo é bem calculado, fica muito mais gostoso! A simples experiência de transar na barraca, porque não tem outro jeito, pode te surpreender positivamente. Eu já repeti a experiência várias vezes!





E vamos sair, galera. Vamos aproveitar enquanto o tempo está bom! 









Nenhum comentário:

Postar um comentário