Slide 1 Slide 2 Slide 3

FOFOCAS DE CELEBRIDADES - GOSSIP

Chris Brown e Drake unem forças no novo single, "No Guidance".



Chris Brown segue divulgando faixas de seu próximo álbum, "Indigo". Desta vez, a estrela do R&B mostrou a aguardada parceria com o rapper Drake, "No Guidance".



Danny Jones, do McFly, lança novo single solo. Escute "Muddy Water"!



Um dos líderes do McFly, Danny Jones lançou na última sexta-feira (7) a primeira música do seu EP solo de estreia. Trata-se de "Muddy Water", a primeira das quatro faixas do lançamento.



NCT DREAM se une ao inglês HRVY em "Don't Need Your Love". 



Os sul-coreanos do NCT DREAM se uniram ao inglês HRVY para uma colaboração. O resultado dessa união entre os dois países pode ser conferida no clipe de "Don't Need Your Love", uma música pop e melódica que mostra os artistas em clima descontraído e de camaradagem.



Lily Allen dedica música Fuck You para Bolsonaro e diz: “Espero não ser presa”.




A cantora britânica, Lily Allen, fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), durante o 23º Cultura Inglesa Festival realizado neste domingo (9), em São Paulo. No final do show a cantora ainda chegou a dedicar a música ‘Fuck You‘, para o Bolsonaro.

“Essa música eu escrevi há muitos anos para George W. Bush, que eu pensei que era o pior que poderia acontecer. Uma década depois, eu dedico a Donald Trump, mas como estamos no Brasil e é o mês do Orgulho LGBT, resolvi dedicar ao seu presidente. Espero não ser presa quando voltar ao Brasil. Fuck you, Bolsonaro”, disse a cantora, que já confessou ter feito sexo com mulheres.

Para quem não sabe, ‘Fuk You’ é uma música que foi lançada em 2009 e fala sobre as pessoas que exaltam o ódio e não sabem lidar com a diferença. Veja um trecho da canção: “Então você diz que não é normal ser gay, eu apenas acho que você é mau. Você é apenas um racista que não serve pra amarrar meus cadarços, seu ponto de vista é medieval”.

Além de Lily, o festival ainda contou com a presença da pernambucana Duda Beat, que recentemente lançou a faixa Chega, ao lado de Mateus Carrilho e Jaloo. No festival, que tem o objetivo de exaltar a cultura inglesa, Duda fez um cover de Say you’ll be there, das Spice Girls, no melhor estilo brega chique nordestino.



Brad Pitt ordena retirada de sua imagem da Parada do Orgulho Hétero.




O ator Brad Pitt não gostou nada de ver seu nome e imagem, sendo associadas à um grupo que defende a existência da “Parada do Orgulho Hétero”, na cidade de Boston, nos Estados Unidos.

De acordo com o site The Hollywood Reporter, após saber que estavam usando sua imagem, o ator entrou em contato com o grupo e solicitou a retirada do uso de tudo que se referia a ele. Na manhã desta sexta-feira (7), as imagens foram substituída por placas “editadas” e “censuradas”.

Outro artista que se posicionou contra a suposta “Parada do Orgulho Hétero”, foi o ator Chris Evans, que interpreta o personagem Capitão América, da Marvel. No Twitter, o artista debochou da possibilidade do evento.

“Uau! Iniciativa incrível, caras!!! Só uma ideia, ao invés de parada do ‘Orgulho Hétero’, que tal isso: A parada do ‘Desesperadamente tentando enterrar nossos próprios pensamentos gays sendo homofóbico, porque ninguém nos ensinou como acessar nossas emoções quando crianças’? O que vocês acham?”, escreveu.

Após 50 anos, Polícia de Nova York pede desculpas por invadir bar Stonewall.




O Departamento de Polícia do Estado de Nova York se desculpou nesta quinta-feira (6), depois de 50 anos, pela invasão do bar gay Stonewall. O caso gerou uma série de rebeliões na cidade, se tornando um grande marco da comunidade LGBTQ+, na luta por direitos civis.

“Seria irresponsável passar pelo Mês do Orgulho Gay e não falar dos eventos em Stonewall Inn em junho de 1969. O que aconteceu não deveria ter acontecido. As ações do Departamento de Polícia de Nova York foram erradas. As ações e as leis eram discriminatórias e opressivas. Peço desculpas por isso”, afirmou o comissário da polícia de Nova York, James P. O’Neill.

caso de Stonewall aconteceu especificamente no dia 28 de junho de 1969. Na ocasião, nove policiais invadiram o bar alegando que o estabelecimento vendia bebidas alcoólicas sem licença e expulsaram os clientes, encurralando-os em uma parede e os obrigando a mostrar os documentos.

Inclusive, em comemoração à data revolucionária, a 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo deste ano terá como tema os 50 anos da revolução de Stonewall. O evento está marcado para acontecer no dia 23 e está cheio de novidades.

Autor Tiago Santiago sai em defesa das Paradas LGBTs: “É natural e normal ser gay”.




O autor Tiago Santiago, que é assumidamente gay e famosos por escrever novelas na Record TV e SBT, usou as redes sociais nesta domingo-feira (9), para sair em defesa das paradas LGBTs ao redor do mundo.

Segundo Santiago, as Paradas tem o objetivo de naturalizar a sexualidade das pessoas, para que a diversidade seja respeitada: “A homossexualidade faz parte da natureza e deve ser respeitada por quem não tem a mesma tendência. As paradas são necessárias para mostrar ao mundo que é natural e normal ser gay”, disse o autor, que se casou com Davi Stepurski, no Estados Unidos.

O autor do remake de Escrava Isaura ainda aproveitou o momento para fazer uma critica às pessoas que acreditam que a presença de personagens gays em telenovelas, podem influenciar as crianças à “virarem gays”.

“E não se preocupem, héteros, que seus filhos não vão virar gays por causa da militância ou por causa de cenas gays na TV. A gente já nasce assim. O que a militância e as cenas nas novelas podem fazer é ajudar qualquer filho gay a se aceitar e entender que isso não é problema. Paz e amor pra todo mundo. Ótima semana para todos”, finalizou.

“Brincadeira gostosa”, diz Felipe Roque sobre suposto namoro com Marcello Melo Junior.


Felipe Roque e Marcello Melo Junior 


Após comentários de que seria gay, o ator Felipe Roque negou que estaria vivendo um relacionamento homoafetivo com seu amigo, Marcello Melo Junior. O relato foi dada durante uma entrevista ao site QUEM.

“Bastante gente fala isso. Mas ele é meu irmão. Não sei porque o povo adora falar isso. Mas a gente não tem problema nenhum com esse assunto e nem vamos deixar de ser amigos por esses tipos de comentários. Acho apenas uma brincadeira gostosa. Estou solteiríssimo. Mas está tudo certo em estar sozinho. Estou feliz e bem tranquilo”, garantiu.

Ultimamente Roque tem se mostrado um homem hétero bastante desconstruído. O ator recentemente gravou cenas de sexo gay para o filme com temática LGBT, Resistir para recomeçar, ao lado de Junior Provesi.

No longa metragem, o artista interpreta Henrique, um homem casado com uma mulher, mas que se envolve com o garoto de programa Pedro, interpretado por Junior Provesi.

Campanha da Americanas promove igualdade, mas recebe duras críticas.




O intento era explicitar o amor, mas nem todo mundo está preparado para isso. A campanha da Americanas para o dia dos namorados, explanou cartazes que incluíam gays e lésbicas com gestos de afetividade. Porém, a propaganda foi considerada por muitos como uma ofensa à família e tradições.

Desse modo, expuseram seu repúdio através das mídias sociais. “Americanas nunca mais”, postou uma usuária do Twitter. “Uma afronta à família”, escreveu outro internauta.

“Gente, não sou homofóbica mas não aceito esta IMPOSIÇÃO de aceitação de relação homossexual! Olha o anúncio das Lojas Americanas para o dia dos namorados…. FEIO E DESNECESSÁRIO!”, postou.

Já no contraditório, muitos deixaram comentários elogiosos. “Americanas, rainha”, disse um. Propaganda das lojas Americanas para o dia dos namorados!!, disparou outro, explicitando emojis de coração.

Tensão e atração sexual entre primos vira tema no cinema nacional.



Ainda sem uma data certa para a estréia, o longa metragem brasileiro “Primos” tem previsão de estréia pra esse ano. O filme trata da inesperada atração sexual entre 2 primos que acabaram de se conhecer, Lucas (Paulo Souza), que mora numa cidadezinha de interior com sua sua tia religiosa Lourdes (Juliana Zancanaro) e Mário (Thiago Cazado), que acaba de se juntar à família, após sair da cadeia.

Ainda sem uma data certa para a estréia, o longa metragem brasileiro “Primos” tem previsão de estréia pra esse ano. O filme trata da inesperada atração sexual entre 2 primos que acabaram de se conhecer, Lucas (Paulo Souza), que mora numa cidadezinha de interior com sua sua tia religiosa Lourdes (Juliana Zancanaro) e Mário (Thiago Cazado), que acaba de se juntar à família, após sair da cadeia.




“Primos” é um drama dirigido por Thiago Cazado, que vive um dos protadoginas e Mauro Carvalho, que também assume a fotografia do longa. O filme foi produzido pela Maca Filmes & Entretenimento e está passando por alguns festivais de cinema LGBTs, como o Festival Internacional da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás (Festival Digo), onde teve a sua estréia oficial, para que assim, possa ser exibido em escala nacional.





“Primos” é um drama dirigido por Thiago Cazado, que vive um dos protadoginas e Mauro Carvalho, que também assume a fotografia do longa. O filme foi produzido pela Maca Filmes & Entretenimento e está passando por alguns festivais de cinema LGBTs, como o Festival Internacional da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás (Festival Digo), onde teve a sua estréia oficial, para que assim, possa ser exibido em escala nacional.




Vamos ficar na torcida pra que, logo logo, possamos assistir “Primos” nas telonas de todo o Brasil.



Adivinha o que vamos fazer...



Preliminares do sexo...





Você não sabe o que te espera...



Acho que vou precisar de você?



Quem nunca...?



Faiz isso nãaaaaao...




Êta coisa boa!









Pietro Baltazar, modelo, o Justin Bieber brasileiro.











Anônimos também têm vez...








Até mais!!



Poder� gostar tamb�m de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...