sexta-feira, junho 07, 2019

SEXO

Quero botar a boca na sua onda: "Surfistas gays não são como os unicórnios: eles existem!"


Até alguns anos atrás, os surfistas gays estavam pegando onda misturados à imensa maioria de surfistas "machos", sendo oprimidos por eles ou escondendo a homossexualidade de tudo e de todos. 





Cada um deles, separadamente, se considerava uma "avis rara" no mar e se fazia a mesma pergunta: "Será que eu sou o único surfista gay do mundo?"







O australiano Thomas Castets era um deles. A cada vez que fazia uma pesquisa na internet combinando as palavras "gay" e "surfista", só encontrava pornô de má qualidade. 






Webdesigner, decidiu fazer uma página na internet e lançou essa pergunta para o mundo: "Tem algum surfista gay por aí?" O primeiro a responder foi o ex-campeão estadual de surfe David Wakefield . Também australiano, da cidade praiana de Byron Bay (772 quilômetros ao norte de Sidney, onde mora Thomas), David seria o primeiro adepto do site GaySurfers.net, que hoje tem 6.000 participantes.





E foram aparecendo outros, dos EUA, da Austrália, França, Espanha. "De repente tinha um cara de Angola, outro do Senegal", conta Thomas no documentário "Out in the Line-Up", de 2014, em que ele viaja o mundo entrevistando surfistas gays. 





"Encontrei todas essas pessoas que tinham a mesma história que eu."





Thomas começou a influenciar e reunir tanta gente que, muito mais do que um site para aproximar surfistas que queriam pertencer a um grupo e ter companhia para surfar, o GaySurfers se transformou numa missão social. "Estávamos tendo um impacto global", diz ele. Em busca de visibilidade, Thomas sugeriu reunir uma turma para desfilar na parada gay de Sidney para representar a classe. E assim foi.





Namorar um surfista é ganhar na loteria.



As vantagens são inúmeros por exemplo, você fica bronzeado, relax na praia, pratica stand up, paddle.





1. Ele vai gostar de tirar selfies com você. O boy vai ficar todo feliz para posar com você sem camisa. 





2. Você fica na praia pra sempre. Tomar banho de sol, caminhar, surfar, lugares paradisíacos e claro, sexo ao ar livre!








3. É gostoso. Corpo de atleta, moldados com os exercícios.




4. Ele acorda cedo para curtir as ondas de manhã e você terá um dia para curtir ao máximo.





5. Ah, aqueles braços...o surfe faz maravilhas pelos braços. Enquanto nada, rema e fica de pé na prancha, ele trabalha todos os músculos e fica ainda mais forte. 







6. Ele é paciente: Onda, onda, olha a onda! E surfa, e espera a próxima onda. Se não der certo, no dia seguinte ele estará de novo em busca da surfada perfeita. Enquanto isso, beijos na areia porque ninguém é de ferro.




7. O cabelo sexy - Não é um estereótipo, é fato comprovado. Quando um surfista sai da água, e balança os cabelo e coloca-os para trás.




8. Ele vive, respira e sonha com o surfe, mas você não vai se importar, porque quando ele começa a falar, com todas aquelas gírias, você vai gostar.




9. Viagens maneiríssimas para surfar! Sua vida gira em torno de surf, o que torna Bali e Austrália seus destinos de sonho para férias. Viagens regulares para o litoral.





10. Você sempre terá a companhia dele, em lugares diferentes e encontro com pessoas diferentes. 







11. Ficar pelado não será problema. 





12. Tesão sempre vai rolar. Sexo? Não tem problema. Lugar sempre tem para uma bombada.








Nenhum comentário:

Postar um comentário