Slide 1 Slide 2 Slide 3

NOTICIAS DO MUNDO GAY

Putin critica liberdade sexual e de gênero e diz que progressismo “já era”.




Neste sábado (29) o Presidente Vladimir Putin fez críticas à ideologia de gênero e liberdade sexual. Segundo ele, esses ideais são impostos contra a vontade da maioria. “Em alguns países europeus, dizem aos pais que suas filhas não podem mais usar saia na escola. O que é isso?”, questionou o presidente durante coletiva de imprensa, após uma cúpula do G20 em Osaka, no Japão.

“Agora, existe todo tipo de coisas: inventamos cinco ou seis gêneros […], eu nem entendo o que é isso”, afirmou. “Os pais não querem, mas não perguntam sua opinião”, acrescentou. “Deixem que a pessoa cresça, se torne adulta e aí decida o que quer ser”, declarou Putin. “O problema é que esta parte da sociedade, bastante agressiva, impõe seu ponto de vista à grande maioria”, afirmou.

Além do mais, disse que essa insistente imposição, sobretudo a imposição de “um certo tipo de educação na escola”, foi um grande adicional para que o Presidente Donald Trump fosse eleito nos Estados Unidos.

“Esta ideia progressista já começa a ser superada”, avaliou. Na véspera, segundo a Veja, Putin havia afirmado, em uma entrevista publicada no Financial Times, que o progressismo “já era”.

Putin diz que Elton John é 'músico genial', mas está enganado sobre direitos LGBT na Rússia.


Vladimir Putin e Elton John divergem sobre respeito a direitos LGBT na Rússia.


Cantor tachou presidente russo de 'hipócrita' porque este disse que deseja a felicidade dos LGBTs.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse neste sábado (29) que Elton John está enganado sobre os direitos LGBT na Rússia e exaltou o cantor britânico como um gênio da música.

Na sexta-feira (28), Elton John disse estar profundamente incomodado com a declaração de Putin de que os valores liberais estão “obsoletos” e são rejeitados pela maioria dos países ocidentais.

Ele também acusou Putin de hipocrisia por ter dito que deseja a felicidade da população LGBT, após notícias de que cenas gays de Rocketman, filme baseado na vida do cantor, foram censuradas na Rússia.

“Tenho muito respeito por ele, ele é um músico genial, todos gostamos de sua música, mas acho que ele está enganado”, disse Putin ao ser questionado sobre as declarações de Elton John em Osaka, onde participou da cúpula do G20.

Putin disse que as autoridades russas têm uma atitude “tranquila e sem preconceitos” em relação à população LGBT, mas que decisões sobre identidade de gênero só podem ser tomadas por adultos, motivo pelo qual os menores de idade devem ser “deixados em paz”.

A legislação russa proíbe a “propaganda de homossexualidade entre menores”.

Na última sexta-feira, Putin disse ao Financial Times que “algumas coisas parecem excessivas para nós; eles [ativistas LGBT] argumentam agora que a criança pode desempenhar cinco ou seis papéis de gênero”.

Neste domingo, Putin disse ainda que embora não negue a atratividade de valores liberais em geral, ele fez uma referência a situações em que tais valores afetam estilos de vida tradicionais.

Homem ataca homossexual em Barcelona: “Faço de ti um heterossexual à chapada”.


Homossexual atacado em Barcelona: «Faço de ti um heterossexual à chapada»


Um jovem homossexual foi vítima de um ataque homofóbico no interior de um restaurante McDonald’s em Barcelona. O ataque aconteceu no mesmo dia em que estava decorrendo o evento Pride Barcelona 2019, uma festa destinada a todos os públicos, mas que tem como cerne dar visibilidade aos direitos LGBTs.

O momento foi captado e divulgado, nesta sexta-feira, nas redes sociais. No vídeo, é possível ver o ataque verbal a que o jovem homossexual é sujeitado. O agressor começa criticando roupa e trejeitos da vítima. No momento das agressões, os seguranças são chamados para perto dos dois indivíduos.

“Tenho de suportar que um tipo me venha dizer que não posso andar assim vestido?”, pergunta o jovem ao segurança. “Eu só disse que está num sítio público”, responde o agressor. A discussão continua e o segurança assiste passivamente.

“Então tenho de andar como você quer…É o dia do orgulho gay…”, explica o jovem, desencadeando no homem uma reação violenta.  “É indiferente, também é o dia de dar chapadas. Faço de ti um heterossexual à chapada”. “Não tem guarda-costas? Quando sair, te dou umas chapadas”.

Assim, o agressor foi retirado do local. Nesse contexto, a organização de Barcelona já emitiu, no twitter, um posicionamento solene acerca do caso.“Estamos completamente indignados com o grave episódio de homofobia que aconteceu ontem num estabelecimento perto da Plaza Universitat. A vítima tem todo o nosso apoio para fazer a denúncia”, conforme pontuou o ImpalaPT.

Trans é proibida de entrar em banheiro feminino na Câmara de Vereadores de Salvador.




Durante a Sessão Especial Onde o Orgulho Começou: 50 anos da Revolta de Stonewall e a Luta e Resistência dos Movimentos LGBTQI+ em Salvador, no Plenário Cosme de Farias, sexta-feira (28), ocorreu uma situação bem constrangedora com a atriz e arte-educadora, a travesti Xan Marçall.

Durante o evento, a atriz precisou ir ao banheiro. Entrou no banheiro feminino, como sempre costumou fazer, mas foi abordada por uma mulher que pediu que ela se retirasse. A justificativa da senhora, segundo afirmou Xan ao Me Salte CORREIO, foi a última coisa que esperava ouvir no local: “Porque você é homem”.

“Eu tenho toda tolerância do mundo, sei que é um processo de conhecimento, de desconstrução, mas fico muito triste, me sinto constrangida de passar por isso, ironicamente, na noite de hoje, onde tantos de nós estamos aqui como homenageados”, lamentou Xan que integra o Coletivo das Liliths, que também foi homenageado durante a sessão especial.

Através da assessoria, a Câmara dos Vereadores de Salvador afirmou que houve um “mal entendido” quando Xan abordou uma “funcionária da copa e lhe perguntou onde ficava o banheiro e, então, ela lhe direcionou ao masculino”. A casa negou, ainda, que um segurança ou policial tenha impedido a travesti de entrar no banheiro, segundo reportagem do Me Salte.

Sobe para 38% no Brasil o total de cadastrados para usar a Prep, pílula para evitar HiV em apenas 5 meses.




O total de pessoas cadastradas para receber a prevenção por meio da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP), medicamento que previne a infecção do vírus HIV, aumentou 38% em cinco meses. O tratamento está disponível desde janeiro de 2018 no Sistema Único de Saúde (SUS). Desde então, 11.034 pessoas foram cadastradas, sendo 4.152 apenas entre janeiro e maio deste ano, de acordo com o Ministério da Saúde.

A “pílula anti-HIV” é uma combinação de medicamentos: tenofovir (300mg) + truvada (200mg). Ao tomar a dose diária, a pessoa se previne contra o vírus. Os grupos com maior risco passaram a ter acesso à PrEP na rede pública de saúde no Brasil: gays, homens que fazem sexo com outros homens (HSH), profissionais do sexo, homens trans, mulheres trans e travestis.



Professor e militante LGBT é encontrado morto.




Um professor e militante da causa LGBT foi encontrado morto na manhã deste sábado (29) em um sítio na Zona Rural de Pombos, na Zona da Mata de Pernambuco. Sandro Cipriano Pereira, de 35 anos, era a vítima e estava desaparecido desde a noite da última quinta-feira (27), segundo informações da família.

Depois das buscas, o corpo foi encontrado por volta das 11h. Porém, já em estado avançado de decomposição. Desse modo, foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, no bairro de Santo Amaro, no Recife. A causa da morte, de acordo com a Declaração de Óbito, foi uma lesão na cabeça provocada por um tiro. O documento foi enviado ao G1 por parentes da vítima.

Para descobrir os pormenores do ocorrido, a polícia local, através de uma nota oficial, afirma que o caso será investigado pela Delegacia de Pombos, com a delegada Karolina Dias Martins, que investigará a motivação do crime, bem como o autor do homicídio.

Sandro era professor do curso de Agroecologia na ONG Serviço de Tecnologia Alternativa (Serta), e há 20 anos atuava dentro da organização na causa LGBT e também no campo da agricultura familiar.

Acusados de espancar gêmeos após confundir vítimas com casal gay são condenados na BA.


Audiência aconteceu no Fórum de Camaçari, na Bahia


A atrocidade foi notória e ocorreu em 2012. O crime foi consumado na cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. Segundo o Tribunal de Justiça (TJ-BA), os acusados agrediram os irmãos no momento em que as vítimas saíam de uma festa junina abraçados.

Desse modo, o julgamento para condenação do crime ocorreu nesta semana, sete ano após o ataque que acabou matando um dos irmãos, José Leonardo da Silva. Já José Leandro, que permaneceu vivo, acabou tendo diversas lesões, como o maxilar quebrado e o olho esquerdo perfurado. Os dois irmãos tinham 22 anos na época do ataque.

Na ocasião, o jovem que perdeu o irmão chegou a falar sobre o crime. “Senti meu coração parar, senti que tinha perdido algo. Minha irmã disse que eu tinha que ser forte. Eu pensava que meu irmão estava vivo, foi uma dor muito grande, meu irmão era tudo para mim, companheiro, amigo… Nossa ligação era muito forte”, diz.

O julgamento dos acusados do crime aconteceu no Fórum de Camaçari, na quinta-feira (27). De acordo com o TJ, Adan Jorge de Araújo foi condenado a 26 anos e 3 meses de prisão em regime fechado, Douglas dos Santos Estrela a 14 anos e Adriano Santos Lopes da Silva a 9 anos e 3 meses, conforme reportou o G1.

Poder� gostar tamb�m de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...