Slide 1 Slide 2 Slide 3

SEXO

"Eu curto homem e mulher!": Bissexual


Ser bissexual significa sentir atração sexual por ambos os sexos, feminino e masculino. Um homem ou uma mulher bissexual irá sentir-se atraído por mulheres, mas também por homens. Normalmente existe uma maior inclinação para o sexo contrário, mas pode não ser sempre assim.








Existem vários tipos de bissexuais, no entanto, o mais comum é existir desejo sexual, mas não amor real, ou seja, uma mulher pode ficar fisicamente atraída por outra mulher e ter relações sexuais, mas não irá ter uma relação de amor com ela. Normalmente, os bissexuais sentem uma atração física por pessoas do mesmo sexo, mas não sentem o amor necessário para uma relação a longo prazo.






Claro que isto varia de pessoa para pessoa e não deve nunca ser tomado como regra. Existem imensos bissexuais que se apaixonam e têm relações longas com pessoas do mesmo sexo!






Um bissexual pode perfeitamente ter uma relação longa com alguém do mesmo sexo. Sê-lo significa que sente atração pelos dois sexos, e nesse caso, pode perfeitamente ter uma relação longa com alguém do mesmo sexo.






Alguém que gosta de ambos os sexos não separa sexos, separa pessoas. Um heterossexual ou um homossexual sentem-se atraídos por um sexo, oposto ou não, e escolhem primeiro o sexo e só depois a pessoa. O bissexual não faz qualquer distinção no sexo e apaixona-se pela pessoa em si e não pelo sexo.





É considerado um amor puro, pois está dedicado à verdadeira natureza da pessoa, sem qualquer ligação com o género.






Bissexual ou curioso?



Existem muitas pessoas, principalmente jovens, que julgam ser bissexuais porque se sentem atraídos por ambos os sexos, no entanto, é muito comum que se trate de apenas curiosidade.




Com a abertura da mente a várias liberdades sexuais, é normal que o jovem sinta curiosidade pelo mesmo sexo e sinta vontade de experimentar uma relação. Este sentimento pode muitas vezes ser identificado como de alguém bissexual quando se trata apenas de curiosidade. Nestes casos, poderá perceber se é bissexual ou apenas curioso, se após ter a sua experiência com alguém do mesmo sexo, volta a sentir necessidade de estar com alguém do mesmo sexo.





4 fatos que você deveria saber sobre a bissexualidade.



Todos sabem que a bissexualidade é o B da sigla LGBT, mas das orientações sexuais minoritárias ela é a menos discutida e problematizada, o que dá a ideia de que a comunidade bissexual é escassa, desorganizada e virtualmente inexistente. Os preconceitos enfrentados pelos bissexuais vêm tanto da sociedade como da própria comunidade que os integra.



1. Apagamento bissexual e bifobia






Muita gente enxerga a bissexualidade como uma orientação conveniente e inventada, usada por homens em negação quanto a sua homossexualidade e por mulheres que só querem experimentar. Os héteros têm mais preconceitos contra bis.





2. Identidade X Comportamento



Ativistas bissexuais da AIB acreditam que muito do que as pessoas heterossexuais, lésbicas e gays acreditam sobre a bissexualidade está errado e é distorcido por um parâmetro que se auto-reforça: por causa da bifobia, muitos bissexuais não se assumem. 





3. Pesquisas científicas



Essas pesquisas foram uma resposta a pesquisas publicadas anteriormente por Michael Bailey, professor de psicologia que divulgou resultados que invalidavam a bissexualidade masculina. A AIB convidou o próprio Bailey para conduzir novos estudos e aplacar seu ceticismo. Os resultados surpreenderam o psicólogo: foi descoberto que homens bissexuais de fato demonstram “padrões bissexuais de excitação tanto subjetiva quanto genital”, contrariando os resultados anteriores. 



 


4. Riscos de saúde



A marginalização e a discriminação que a comunidade bissexual sofre na sociedade reflete também na saúde dos seus membros. O apagamento bissexual leva muitas pessoas a evitarem exames ou a mentir sobre o histórico sexual. 





Não é difícil achar nos apps homens que vivem uma vida dupla, são casados ou tem namorada, mas procuram por sexo com outros homens na internet. O caminho não é considerar eles como gays mantendo relações de aparência. Pelo menos não todos. Não acho que seja fácil manter um relacionamento de aparências por vários anos e enganar a pessoa mais próxima, e só consigo pensar que sem nenhuma atração real, as chances são menores ainda.





Um homem que sente atração por homens e mulheres não é gay enrustido. É bissexual.





Poder� gostar tamb�m de:
Postado por Andy | (0) Comente aqui!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...