sexta-feira, agosto 30, 2019

HOMOSSEXUALIDADE

Passivas & Masculinas na praia!




A estação do calor, suor e sexo. E como você não é obrigado, vai pegar uma praia, que eu sei. Pra quem mora no centro do continente regiões não banhadas pelo oceano Blue Atlântico, vale a pena arriscar uma beira de rio. Não é por não tem sal que vai deixar de ser digno, além do mais, a água do rio não tira o efeito da sua progressiva, fica a dica!

Se por onde você passa, exala aquele cheiro de estrogênio Channel n°5 (hormônio tipicamente feminino) e, como os bofes que a senhora gosta tão mais pra testosterona, a gente, mais uma vez, vai tirar você do bueiro da pintosidade!!!! Pra que dar pinta na beach, né?

Como de praxe, vamos começar pelos trajes. Queridas, aprendam, besha passiva é igual a um belo prato guormet, tem que estar sempre linda e bem apresentada pra ser comida primeiramente com olhos! Então você tem que caprichar no look sem apelar pra vulgaridade.

Na cabeça, chapeuzinho Panamá para as mais ricas e boné basiquinho pra mais pobrinhas. E nada de turbante ou viseira, tão me ouvindo?

Não quero ninguém com os óculos do carão! Procure os modelos mais básicos, sem muita cor, esqueçam aqueles wayfarer coloridos, afinal, bofe da família Restart ninguém merece, não é mesmo? Se quiser fazer a linha cafuçu e eliminar qualquer suspeita de passividade, use aqueles modelos de surfista com as lentes espelhadas!

Se quiser ahazar na sunga ou no shortinho, sigam as gloriosas dicas do Rudy Sarnovisk, que em sua última colaboração causou com o post das sungas. E muito cuidado com o BC! Não vá fazer a Carla Perez com o shortinho do Tchan enfiado no cu!

Existem dois acessórios praianos que são fatais e que podem brochar qualquer boy magia que queiria te enrrabar: CANGA and BOLSÃO! Não tem coisa mais broshante que ver um bofe lindo chegando na praia com aquela Sra. bolsa, cheia de cosméticos and comidas trazidas de casa na tuppeware (tapaué em favelês). E digo mais, além de feminino, é super pobre. GATAS, deixem a bolsa do peru Sadia em casa, tragam o básico e necessário: protetor solar, celular, carteira e a chave da casa. Sobre a CANGA – A gente sabe que você adora tirar a marquinha do sutiã e queimar o bundão nas areias, mas, pra fazer a mascuólina, você vai ter que se sujeitar a alguns sacrifícios. Deixe a canga da sua mãe em casa! Se a região que você frequenta não tem cadeira à sua disposição, a canga tá liberada, mas o óleo bronzeador que vai te deixar uma verdadeira globeleza, NÃO!!!! Outra coisa que você jamais pode aprontar com esse acessório é amarrá-la na cabeça transformando-a num rabo de cavalo escââââândaloooooooo! Ok?

Dica esportiva fatality: esqueça o FRESCOBOL e a PETECA e jogue VÔLEI!!! Pra quem não sabe, o vôlei é esporte oficial da homossexualidade in the beach. Onde tem uma rede com bofe jogando, fique certa que a probabilidade de ter um ou vários gays ali é altíssima! Perceba que toda partida sempre tá cheia de plateia. AGOOOORA, se no saque você quebra muito a mão, amiga, desista! Chupe dedo na plateia e seja feliz do seu jeitinho! 

MAAAAAAAS se você não resiste e tá sempre empanadissima fritando sua beleza rainha do milho, descolorindo os pelos da virilha, desista, melhor continuar com o seu jeitinho feminina que assim todo mundo vai continuar te amando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...