sexta-feira, outubro 18, 2019

MINHA VIDA GAY

Ouro nas Olimpíadas do Rio, Kerron Clement sai do armário: “Cansado de amar nas sombras”.


Kerron Clement nas Olimpíadas do Rio.

Americano falou sobre sua sua sexualidade em entrevista à revista LGBT.

Kerron Clement, medalhista olímpico nos Jogos do Rio, abriu o coração ao falar sobre sua sexualidade e sair do armário publicamente. O americano foi ouro nos 400 metros com barreira nas Olimpíadas de 2016.

“Eu estava cansado de amar nas sombras. Já passei pelo que muita gente passou que é ter medo de ser quem você é”, contou ele em entrevista à revista “Out Magazine”.

“Lutei com minha sexualidade por 17 anos. Com o tempo, à medida que envelhecemos, você se importa menos. Agora é hora de ser você mesmo e ser livre”, continuou.

Kerron Clement segurando a medalha que ganhou nas Olimpíadas do Rio em 2016.

Clement foi medalha de ouro em Pequim (2008) na prova do revezamento 4x400m e prata nos 400 metros com barreira. Além disso, o atleta, nascido em Trinidad e Tobago e naturalizado americano, também saiu vitorioso no mundial em Berlim (2009) e em Osaka (2007).

Homem que acusou Apple de torná-lo gay desiste de processo.



Um russo que processava a Apple em cerca de US$15 mil com a alegação da empresa tê-lo tornado gay retirou sua denúncia nesta quinta-feira (17/10), com a intenção de preservar seu anonimato. “Hoje abandonamos as exigências legais”, disse seu advogado Sapizhat Gusnieva, em Moscou.

Segundo Gusnieva, o seu cliente decidiu não seguir em frente com o processo porque estava enfrentando pressão online depois que haters encontraram suas informações e começaram a lhe enviar mensagens. O processo pedia ressarcimento por danos morais e psicológicos causados pela Apple. Segundo o russo, identificado como D. Razumilov, ele ficou “envolvido em relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo” no início deste ano, depois de receber “69 GayCoins”- criptomoedas- em um aplicativo instalado em seu iPhone.

Junto com a quantia, havia uma mensagem que dizia: “Não julgue até ter experimentado”. “Eu pensei, realmente, como eu posso julgar algo sem ter experimentado? E decidi experimentar relacionamentos do mesmo sexo”, disse ele, em entrevista à rádio Govorit Moskva. “Tenho um namorado estável e não sei como explicar isso a meus pais. Minha vida mudou para pior e nunca mais voltará a ser normal”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário