sexta-feira, outubro 04, 2019

MINHA VIDA GAY

Filho de apresentador da globo faz acusações contra o pai depois de se revelar gay.




Pedro Escobar, filho do jornalista Alex Escobar, usou o Twitter para desabafar e relatar problemas pessoais que ele diz estar enfrentando com o pai. Em seu desabafo, o jovem, de 19 anos, diz que o pai não aceitou muito bem sua homossexualidade. “Eu tenho depressão há cinco anos desde que ele descobriu que eu era gay e passou três meses sem falar comigo. Depois disso, as coisas só foram piorando”, disse ele sobre o jornalista de 44 anos, que atualmente comanda a edição do Rio de Janeiro do programa Globo Esporte.

De acordo com o relato, Alex Escobar não estaria cumprindo com suas obrigações de pai. “Ele nunca paga a pensão que ele deveria me pagar. O salário dele é de 80 mil reais e, fazendo os cálculos, ele deveria me dar R$ 5,3 mil [por dividir com a minha irmã] por mês até os 24 anos ou enquanto eu continuar estudando. Porém, no começo desse ano ele me mandou um áudio se recusando a me oferecer qualquer tipo de estudo esse ano.”

Em entrevista à colunista Fábia Oliveira do jornal O Dia desta terça-feira (1), Alex Escobar falou: “É injusto o que ele está dizendo, mas é minha palavra contra a dele. Eu prefiro que outras pessoas falem por mim”. A outra filha do apresentador, Mariana Escobar, de 21 anos, desmentiu as afirmações do irmão e explicou que o mesmo pode estar crise, já que ele foi diagnosticado como um sociopata.

“Ele bota temas sensíveis, mas são totalmente mentirosos. 100% das pessoas que convivem comigo podem atestar. Tenho a minha consciência muito limpa. Estou muito triste com isso. É muito injusto isso. Estou me sentindo supermal”, afirmou Alex em áudio enviado ao programa Fofocalizando na tarde desta terça.

Procurada por QUEM, a assessoria do jornalista ainda afirma que Alex Escobar não vai mais se pronunciar sobre o assunto.

Mariana Escobar, filha de Alex, falou com o jornal O Dia. “Ele é um sociopata diagnosticado. Meu pai tenta ser com ele o que ele é comigo. Mas é muito complicado. Meu pai paga aluguel dele, mesada, e os estudos. Mas ele largou o ensino médio. Ele teve problemas com a minha mãe, quis se mudar da casa da minha mãe, e a primeira coisa que meu pai fez foi procurar um apartamento pra ele morar. Ele escolheu morar em Niterói pra ficar bem longe da gente. Ele sai direto, faz o que quer com o dinheiro que meu pai dá pra ele. Então é injusto ele dizer que não tem respaldo algum”, disse a jovem à publicação.

Ela relata ainda que em uma das discussões que teve com o irmão, ele chegou a ameaçá-la psicologicamente. “O Pedro me mandou uma mensagem dizendo que se ele se matasse eu teria as mãos sujas de sangue. Ele fez aniversário na semana passada. O meu pai ligou pra ele perguntando o que ele queria fazer e ele disse que queria ficar sozinho. Eu estou muito magoada, mas não estou surpresa com a atitude dele”, confessou Mariana.

Pedro Escobar postou desabafo em redes sociais (Foto: Reprodução/Twitter)



Leia o desabafo de Pedro Escobar na íntegra abaixo:

“O meu pai é o apresentador do Globo Esporte, Alex Escobar. E depois de sofrer muitos abusos por parte dele eu decidi expor e me manifestar. Eu tenho depressão há 5 anos desde que ele descobriu que eu era gay e passou 3 meses sem falar comigo. Depois disso, as coisas só foram piorando. Em dezembro de 2017, eu tive uma tentativa de suicídio onde eu tomei uma grande quantidade de remédios e fiquei internado. Nessa ocasião, a única ação dele foi me dar uma bronca e dizer que eu sou um ingrato por fazer isso. Ele nunca paga a pensão que ele deveria me pagar. O salário dele é de 80 mil reais e, fazendo os cálculos, ele deveria me dar R$ 5,3 mil (por dividir com a minha irmã) por mês até os 24 anos ou enquanto eu continuar estudando. Porém, no começo desse ano ele me mandou um áudio se recusando a me oferecer qualquer tipo de estudo esse ano. Eu tive uma discussão com a minha irmã, que também foi extremamente abusiva comigo durante a minha vida toda e provavelmente ela foi falar com ele. Eu estou há beira de cometer suicídio e ele continua tratando tudo isso como mimimi. esse homem é um monstro. Parem de dar palanque para um homem que trata a saúde mental do próprio filho como mimimi. Eu não tenho renda pra entrar com uma ação judicial contra ele e ir atrás dos meus direitos, por isso, venho por aqui pedir socorro aos meios de comunicação. Depressão é doença, suicídio não é mimimi”, escreveu ele no Twitter.

Campeão de natação afirma ter sido expulso de time por ser gay: “Quero que algo mude”.




Campeão de natação dos EUA, Abrahm DeVine assumiu sua homossexualidade no ano passado em uma entrevista à revista Swimming World, onde falou sobre os desafios de ser gay no esporte. No entanto, parece que esses desafios não desapareceram desde que o atleta saiu do armário. DeVine alega que ele foi expulso da equipe de natação de Stanford por causa de sua sexualidade.

Em um post no seu Instagram, DeVine disse que as pessoas afirmam apoiá-lo, mas se recusam a prestar atenção à homofobia que ele enfrentou. “Como você pode dizer que apoia a mim e a minha igualdade? Como você não vê como o Stanford Swim me tratou e me usou nos últimos quatro anos?”, desabafou ele. “Sou invisível? Puro e simples: há razões superficiais sobre minha expulsão da equipe de natação de Stanford. Posso dizer com certeza que tudo se resume ao fato de eu ser gay”, continuou.

DeVine disse que sua remoção da equipe é parte da homofobia sistêmica que foi projetada para silenciá-lo. “Sou um homem talentoso, bem-sucedido, educado, orgulhoso e gay: sou uma ameaça à cultura que mantém equipes esportivas unidas. Quero que algo mude, porque não aguento mais”, disse ele.

Adolescente comete suicídio após ter bissexualidade exposta nas redes.




Channing Smith, um jovem de 16 anos, cometeu suicídio no estado do Tennessee, nos EUA, após ter sua bissexualidade exposta nas redes sociais. Segundo informações do jornal The New York Times, família e colegas de escola pedem às autoridades que investiguem o caso e processem os responsáveis pela exposição.

O suicídio aconteceu na segunda-feira, 23 de setembro, na cidade de Manchester. Mensagens de texto com conteúdo sexual explícito, trocadas entre Channing e um colega do mesmo sexo, foram publicadas nas redes sociais. “Ele estava absolutamente humilhado. Não havia como ele ir para a escola depois”, disse o irmão mais velho do garoto, Joshua Smith, ao NYT.

Ele ainda contou que o irmão se matou com um tiro após fazer uma publicação no Instagram, na qual escreveu: “Eu realmente odeio como não posso confiar em ninguém, porque aqueles em quem eu confiei eram muito falsos”.

Joshua também mostrou-seindignado com as autoridades locais, acusando-as de abafar as tentativas dos estudantes de chamar atenção para o caso, além da falta de acusações criminais para o considerado caso de bullying nas mídias sociais.

Ontem, o cantor country Billy Ray Cyrus, pai de Miley Cyrus, compareceu ao funeral e tocou a música “Amazing Grace”, além de andar na moto que pertenceu ao rapaz. Em seu perfil no Instagram, o artista pediu justiça para Channing.

Suicídio

O suicídio é considerado pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero.

Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.


Um comentário:

  1. Q muleque mimado. Eu tenho depressao, sou suicida, e moro sozinho. Meu salario é de 1600 por mes. E até q to vivendo bem. Nao é facil viver com depressao, mas o q ele ta fazendo parece mais um extorsão do q estar com depressao. A pessoa suicida nao fica fazendo chantagem assim, pq ela nao quer q as pessoas q ela gosta sofram. Pra mim esse guri ta mais fazendo ceninha. Eu tenho 25 anos e me sustento sozinho desde meus 18 (ainda paguei as contas do meu primeiro ex, e olha q nao foi pouco). É so ele levantar a bunda da cama e ir trabalhar, ficar dependendo do dinheiro do pai nao vai ajudar ele a ir a nenhum lugar. Guri riquinho e mimado! Ridicula a atitude do mesmo... lamentavel.

    ResponderExcluir