sexta-feira, dezembro 27, 2019

HOMOSSEXUALIDADE

Hoje tem bafão na festa da firma!


"Fim de ano é tempo de amor, confraternização, perdoar aquela mágoa, e claro, a festa da firma. É nela onde tudo acontece, sempre tem alguém que bebe umas doses a mais e no dia seguinte acaba entrando pra história dos bafos da empresa, não é mesmo? Como em todas as festas, você leva o seu caso de amor, o seu bad romance, pra apresentar prazamigas and rivais. Tudo parece bem até você perceber que o seu L.O.V.E já vem tomando umas e outras, mostrando-se a simpatia em pessoa. 

Eis que você vai fazer a social, e é obrigado/a deixa a pessoa amada sozinha, crente que está tudo bem e que ela não seria capaz de nada pra queimar sua cara com mundo. Porém, ao voltar você não encontra a pessoa amada (música de tensão e desespero). 

Você já cansou de procurar o infeliz por todos os lugares possíveis, até que de repente vem aquela vontade de fazer um pipis, afinal você já tomou algumas cervejinhas  mais, e chega uma hora que o álcool pede pra sair. Tudo vai bem até você ver o grande amor da sua vida sair do banheiro (individual) com o seu chefe. E agooooooooooooora queridas, o que vocês fariam???????"

~*~

Carolburgo- Minha primeira atitude seria providenciar uma cara de cu bem contraída só pra instaurar o caos. Choque, tensão, arrepios, desespero momentâneo. Depois eu ia fingir que estava muito muito abalada com a situação mas, no fundo eu sei que foi alguma coisa que FALTOU em mim (se é que me entendem), e se o chefe fosse tão lindo quanto meu bofe, eu provavelmente desejaria ter estado no banheiro (individual) também. rsrs"

Pedro- "Olá galera! Quem aí nunca foi traído? Agora, quem aí fala a verdade? Bom, vamos lá, né: Acho que não tem sensação no mundo pior que ser traído, principalmente em "festa da firma" e com o CHEFE. Acho que isso nunca aconteceu comigo, ou, pelo menos eu nunca fiquei sabendo. Eu sou escorpiano vingativo (assumo!), e tenho 100% de noção que estou em vantagem, pois é festa da firma e, logo, eu conheço todas que estão na festa. Não iria deixar passar em branco. Ia pegar a listinha, ligar para o primeiro par de amigas coloridas insanas e fazer o jogo valer a pena. Ia fazer de tudo e na cara de todo mundo. Quanto à garota (L.O.V.E.) que pisou na bola, ia abandonar na festa com cara de cachorra molhada e seguir a minha vida. Tudo bem que, se
eu não conseguisse nada, ia fazer aquela cena do bêbado clássico. Perderia o emprego, mas não perderia a oportunidade." 

Filipe- "Iria embora da forma mais elegante possível (porque pudim de climão é prato que as pessoas ficam estufadas de comer em fim de ano), daria um pé na bunda desse boy-magia-negra-alpinista-social e me manteria no emprego com a mais fingida calma, paciência, placidez e competência para com o querido chefinho - enquanto elaborava/executava um plano sórdido para  que o demitissem (de preferência com um processo adicional), ou, sendo ele o dono da empresa, para levá-lo a falência. Simples e maquiavélico assim." 

Mayra- "É o quê? Eu me conheço - sou sem graça rs - e provavelmente, faria cara de que não entendi muito bem" ~mas com aquela pitada de 'seus cretinos' nos olhos; cumprimentaria ironicamente a bonita e meu chefe e iria ao banheiro na calma possível que as cervejas permitirem. Nada de barraco na rua, muito menos em ambiente profissional! Lógico que existiria aquela(s) conversa(s) pra esclarecer e dar um fim (ou não), sobre a relação e o emprego. oO".

3 comentários:

  1. Pra começo de conversa eu detesto
    essas festas de confraternização
    de firma, sempre dei uma desculpa
    para não comparecer.
    Graças a Deus, na minha empresa
    não se pode levar acompanhante,
    É só você, e só você.!!!
    O k eu acho "ÓTIMO".
    E, eu jamais levaria a minha "marmita",
    Numa festa dessas, pois o cara
    ficaria perdido, pois não
    conhece ninguém.
    A não ser que k eu quisesse matar
    as "amigas" de inveja.
    Brincadeirinha...
    Se eu não vou repartir o "pão"
    não o coloque na mesa.
    Por que depois do terceiro litro,
    todos ficam facinho, facinho!!!
    Pois sei k qualquer bafão, que aconteça, vc passa a ser o assunto do ano, não é??
    rsrsrs.
    Mas, no caso acima, se tivesse
    acontecido comigo, com certeza
    daria o troco,( pagaria na mesma
    moeda), pegaria o primeiro bofe delícia que encontrasse, e
    que estivesse afim de dar uma
    pulada de cerca comigo.
    Sabem aquele cara, que te canta o ano inteiro, e vc por ser uma pessoa
    comprometida, sempre escorrega??
    Pois é meu bem,( venha cá) que chegou a sua hora,( não passe
    mais vontade, "NÃO")
    Mostraria ao meu "bad love"
    que chumbo trocado não doi.
    E quanto ao meu chefe??
    Bem, vamos deixar esse caso pra mais
    tarde, até k eu consiga digerir o acontecido, mas...
    que não iria passar
    em branco... JAMAIS.
    Isso não iria mesmo!!!
    A vingança é um prato k
    se come frio, e com calma.
    Rsrsrsrs.

    ResponderExcluir
  2. É verdade ...
    É como diz um amigo meu!!!
    A "fila anda e a catraca gira"
    Com uma velocidade???
    Ainda mais nesse nosso
    "Mundinho".
    Você pode estar solteiro...
    Mas sozinho, jamais!!!
    Rsrsrsrs.

    ResponderExcluir