terça-feira, dezembro 03, 2019

MINHA VIDA GAY

Irmão da noiva rouba a cena e pede namorado em casamento na festa dela.


Diogo vibra com a aliança de noivado dada por Eduardo em Bebedouro, SP

Érica simulou arremesso do buquê e o entregou ao cunhado, para que irmão pudesse fazer pedido, surpreendendo convidados.

A noiva Érica Pierini, de 28 anos, se preparava para jogar o concorrido buquê, quando a música foi interrompida na festa de casamento em Bebedouro (SP). Em meio ao empurra-empurra das convidadas, ela foi até o cunhado, Diogo Coimbra, e deu a ele as flores, centro das atenções.

O estudante de direito, de 22 anos, foi surpreendido pela quebra de protocolo, mas não foi necessária uma palavra para explicar o motivo. Ao se virar para o salão, ele se deparou com o namorado segurando um par de alianças.

O plano

A ideia do pedido de casamento surgiu de Érica. A uma semana da cerimônia do matrimônio, ela perguntou ao irmão se ele gostaria de aproveitar o momento para pedir a mão de Diogo.

“Eu já tinha avisado ao meu cunhado que não iria jogar o buquê, pois acho o ato muito machista e saliente à disputa feminina, mostrando que todas são loucas para se casarem. Então, brinquei com o Diogo que entregaria [o buquê] na mão dele. Nós rimos e essa história passou. Depois, meu irmão me disse que gostou da ideia, e perguntou se eu realmente faria isso por eles”, diz Érica.

Com o aval da noiva, que é considerada a estrela da noite, Eduardo não pensou duas vezes e correu contra o tempo para comprar as alianças de ouro e preparar o pedido para o amado.

Eduardo, Érica e Diogo posam para foto após casamento dela, e noivado deles, em Bebedouro, SP.

“As coisas foram feitas basicamente em quatro dias. Peguei a aliança de namoro do Diogo para medir o tamanho, sem ele perceber nada, e já fui procurar na internet e em lojas físicas. Consegui um par bonito em uma joalheria de Bebedouro”, afirma o engenheiro de produção.

Ele conta ainda que, três dias antes da cerimônia, as alianças estavam prontas. “Depois disso, precisei aguentar para não morrer de ansiedade até o dia do pedido”, diz Eduardo.

Romance começou há três anos

Diogo e Eduardo namoram há três anos e meio. O casal vive entre Bebedouro (SP), onde Eduardo reside, Patos de Minas (MG), cidade natal de Diogo, e Uberlândia (MG), onde o estudante de direito faz faculdade.

“Nos conhecemos em uma festa em Uberlândia. Eu estava trabalhando e o Eduardo não parava de me olhar. Achei estranho e fui tirar satisfação por que ele me encarava, daí ele disse ‘porque eu te achei bonito’. Assim, quebrou toda a minha armadura”, lembra Diogo.

Convidadas se surpreendem com pedido de casamento de Eduardo em Bebedouro, SP.

O romance engatou e, com o tempo, os dois começaram a pensar em se casar. O assunto estava sempre presente nas conversas do casal.

“Mas os planejamentos eram distantes, nada muito concreto. Era nítido que ambos queriam e estavam ansiosos para dar um novo passo. Mas sabíamos que teríamos um caminho longo a percorrer para chegar a tal estágio de vida. Porém, de três meses para cá, eu não parava de pensar em como e quando pediria ele em casamento”, afirma Eduardo.

Celebração do amor

Na noite de sábado (16), Érica se casou com Ciro Araújo, em uma cerimônia cheia de pompa, como manda o figurino.

Lá pelas tantas da festa, quando as convidadas aguardavam o tão esperado arremesso do buquê, elas também foram surpreendidas pela noiva e pelo irmão.

Eduardo se ajoelhou e fez o tão desejado pedido, ao som de “Teenage Dream”, que quer dizer sonho adolescente, da cantora Katy Perry, de quem ele é fã.

“Se eu pudesse resumir em algumas palavras sobre minha reação, seria que fiquei completamente emocionado, foram muitas emoções ao mesmo tempo. Eu não acreditava no que estava acontecendo, toda a família do Eduardo estava reunida, em um momento tão simbólico para um casamento tradicional, que é a entrega de buquê”, diz Diogo.

Eduardo beija Diogo durante noivado no casamento da irmã dele em Bebedouro, SP.

O estudante afirma que o gesto foi significativo até mesmo para a comunidade LGBTQI+.

“Nós lutamos dia após dia para sermos tratados com os mesmos direitos. Além disso, a reação da família foi exatamente o que nós queríamos, foi genuíno, todos estavam comemorando o amor.”

A data não poderia ser outra. Havia motivos de sobra para celebrar. Eduardo completou 24 anos no dia do matrimônio da irmã.

“Estou realizado e feliz. Desde a reação na festa, onde várias pessoas que eu nem conhecia gritaram por nós, e depois vieram nos cumprimentar com brilho no olhar, até depois quando o vídeo começou a ter repercussão. Começamos a receber mensagens de carinho e amor, a cada minuto. Eu estou no mais alto grau de felicidade”, diz.

O casal deve oficializar a união em 2021.

Jordan Steffy, adolescente gay que lutou contra o valentão em vídeo viral, conta sobre o que aconteceu!



Jordan Steffy , 16 anos, estudante de ensino médio em LaPorte, Indiana, que se tornou viral por um vídeo que se defendia de um valentão que, segundo ele, o chamava de “bicha” há anos , apareceu no talk show diurno de Tamron Hall nesta semana. Ele falou com Hall sobre o que levou à luta.

Hall e Jordan observaram que seu valentão agora está sendo atacado nas mídias sociais, e Jordan disse a Hall que ele quer que isso pare: “Eu quero que todos os comentários negativos que estão em sua direção parem. Não faço ideia do que está acontecendo na vida dele, pois ele não faz ideia do que está acontecendo na minha. Não posso responsabilizar o que ele disse contra ele, porque não sei como ele foi criado. … Eu não sei se foi uma coisa do calor do momento. Não sei se é nisso que ele realmente acredita. Mas não posso responsabilizá-lo por ter sofrido bullying contra centenas, senão milhares de pessoas. ”

Jordan está deixando a LaPorte High School para estudar em casa após o incidente. Ele não parece estar feliz com isso.


Fake news?! Site de Portugal desmente que Pedro Carvalho é casado com advogado.



A notícia de que o ator Pedro Carvalho teria se casado com um advogado brasileiro continua dando o que falar. Desta vez, um site português publicou uma matéria desmentindo o relacionamento do global com João Henrique Simonetti.

Na publicação, feita pelo site Flash, uma fonte próxima ao ator desmentiu a notícia divulgada pelo jornal Extra e afirmou que tudo não passa de fake news. Será mesmo?! Vale ressaltar que, desde que a informação foi divulgada, o galã não se pronunciou sobre o assunto.

Há algum tempo trabalhando na Globo, Pedro Carvalho, de 34 anos, fez imenso sucesso como ‘Abel’, especialmente pelas cenas românticas ao lado de Britney, papel da atriz transexual, Glamour Garcia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário