terça-feira, dezembro 24, 2019

SEXO

"Tô afim de sexo, vamos?"  - Amigos, amigos... sexo FAZ parte.


Na verdade, achamos que existem amigos e Amigos. Alguns realmente são apenas bons amigos, mas não podemos nos esquecer dos nossos queridíssimos coloridos ou porque não P.A..Quem ainda não tem, não sabe o que está perdendo. Vamos então esclarecer alguns conceitos e dar algumas dicas para as colegas que desejarem entrar nessa.



Infelizmente a sociedade não está preparada para acordar, enquanto isso a gente vai fazendo o que nos deixa feliz e sendo discretos que é pra não chocar.




Pau-Amigo (P.A.), Pinto-Amigo (P.A.), Fuck Buddy, Amigo-colorido, Booty Call, Disk-Sexo...não importa, são vários os termos adotados para aquele seu amigo que te salva nos momentos de carência sexual. Mas vamos ficar com P.A. (Pê-Á) que é o mais discreto.



Basicamente o P.A. é alguém que você já conhece e confia, e:


- Se sente a vontade conversando.
- Já paqueram antes e rola aquela química total.
- Tem uma boa idéia do histórico sexual /DSTs dele. (importantíssimo)
- E não ser seu EX. Como o próprio nome já diz, é Pê-A, e não P-EX. (importantíssimo 2)


Bem, quais são as vantagens de um PA?


1) Sexo de boa qualidade na hora que você quiser.


2 Não tem que agüentar ciúmes do cara, nem explicar onde você tem andado.



3) Você NUNCA precisa discutir a relação.


4) Não precisa mudar sua rotina por causa do cara.


5) Não precisa ficar de chamego depois do sexo (conchinha etc) e pode ter a cama só pra você depois.


6) Não precisa mentir, você pode sempre ser 100% sincero com seu PA. É um alivio inenarrável.


7) Evita que você ligue para aquele seu ex ou paquera por quem você está quase se apaixonando.


8 ) É excelente para a auto-estima. E para a pele também viu, amigo?


9) É uma curtição sem compromisso com alguém que você conhece e tem uma intimidade.


Colegas, ter um PA é ótimo, mas para que você possa aproveitar tudo que ele tem a te oferecer, precisa saber antes algumas regrinhas para não acabar confundindo as coisas e ficar arrasado depois.


1) Nunca, NUNCA queira namorar seu PA. Fuja das DR’s (Discussão de relacionamento) a todo custo. Não fale sobre o assunto “vocês”, e mude de assunto se ele falar. Sejam claros sobre o que vocês são. Apenas dois amigos que tem uma excelente química sexual, estão aproveitando o momento numa prática simbiose, E ASSIM DEVEM permanecer.


2) Um bom PA é aquele que não faz seu tipo para namoro. Por exemplo, alguns escolhem os mais cafajestes e cachorros possíveis (mas excelentes amigos diga-se de passagem) assim seu risco de se apaixonarem é quase nulo.


Não vão querer namorar alguém que elas SABEM que vai sacanear. Agora se você é chegada em um “cafa”, então procure o oposto para seu PA. Lembre-se apenas que ele deve ser SEMPRE um cara moderno e igualitário. Fuja dos machistas-cabeça-pequena. Eles vão achar que estão TE USANDO sozinhos e podem queimar seu filme depois.


3) Não LIGUE para bater papinho e falar de sentimentos e de como você está com saudades dele, ou de como ele é tudo que você sempre sonhou... Uma das características FUNDAMENTAIS do seu relacionamento com seu PA é a sinceridade, então nada de fingir que está caidinho pelo cara, e você está se sentindo assim, caia fora porque você está se apaixonando e aí vai dar MERDA capitão.


4) Só mande mensagens de texto marcando encontro ou com conteúdo sacana. O objetivo aqui é o sexo e o prazer, não vamos esquecer nunca disso.


5) A não ser que você já esteja muito seguro do seu relacionamento P.A.-ístico de vocês não se encontre muito com o boy... intervalos mínimos de 7 a 15 dias são recomendados.


6) Se o PA é novo, não conversem sobre planos de vida, família, carreira, ex-relacionamentos. Você pode fazer isso DEPOIS que ele for P.A. oficial. Aliás, um dos assunto que normalmente você conversa com seu P.A. é sobre históricos sexuais, além de criar o maior clima sexual durante o papo, você passa a ter um nível maior de confiança com o moço. DST’s não brincam.


7) Não saia só com ele sextas e sábados à noite, a não ser que seja depois de uma noitada mais de 1 da manhã e você só quer o encontro para dormir mais relaxado e feliz.


8 )  Se vocês começam a sair muito a dois pode começar a confundir sua cabecinha ou a dele. O melhor é que não saiam juntos para outra coisa que não seja sexo, mas se forem sair, que chamem vários amigos para evitar o clima de romance.


9) Não apresente ele para os seus amigos e muito menos para sua família, você corre riscos deles gostarem dele e ficarem colocando idéias “namorísticas” na sua cabeça. Família e amigos adoram fazer isso com você. Se ele já é da turma então tudo bem, contanto que ninguém saiba do segredinho de vocês.


10) Sejam discretos. Sejam discretos. Sejam discretos. Nada de sair por aí anunciando para todo mundo que você agora é moderno, leu no Boys Room sobre PAs e já arrumou 3, o Paulinho, o Pedrão e o Carlos. Por favor, façam o que vocês quiserem, mas SEJAM discretos. A sociedade não está preparada para certas coisas, ainda, infelizmente. E as pessoas ficam com muita inveja dessa sua relação maravilhosa, como você é aberto e feliz, e começam a se meter e a jogar praga ou lhe criticar pelas costas.


11) Atração física mútua. Se SÓ você tiver tesão nele ou vice-versa isso se chama sexo por pena. E no, thanks!


12) Você pode ser amigo ou não do seu P.A. Existe o P.A. que é o amigo colorido e existe o P.A. que vive no próprio mundinho dele. Esse último é aquele cara que você gosta de transar, mas não necessariamente conversar. Aliás o menos em comum que vocês tiverem melhor. Nós particularmente somos pró P.A. amigo colorido, nos sentimos bem mais a vontade, sem falar que é sempre bom ter algo pra conversar pós-sexo.


13) Não faça cobranças, não queira saber da vida dele, não pergunte sobre os sentimentos dele com relação a você, não fique neurótico se ele não te atender, não fuce o Facebook dele... enfim.. DESAPEGUE. Se tiver se apegando muito, CAI FORA colega, é FRIA.



14) Procure se possível ter mais de um P.A. Ficar na dependência só daquele é meio caminho andado para se frustrar quando o chamar para as atividades e ele estiver ocupado. Você pode até acabar tendo ciúmes, sentimento que não deve existir NUNCA.


15) Camisinha sempre. Não vamos brincar.



Leitores, agora que vocês já estão informados da nova realidade, estejam atentos e comecem a cogitar as possíveis amizades coloridas (vulgo P.A.) e usufruir gozando assim dá vida.

Se você se chateou ou se sentiu ofendido com esse post o problema é todo seu colega. Por favor respeitem as divergências pessoais de cada um. Nosso objetivo não é convencer ninguém, é apenas de INFORMAR. E viva a diversidade!

5 comentários:

  1. Será k rola???
    Ambos terão k ter uma cabeça
    muita aberta.
    K será uma pegação sem compromisso.
    Porque se não, logo a emoção
    toma conta e um deles já vai
    se sentir dono do outro.
    Aí k pega!!!
    Sentimentos, ciúmes, discussão de
    relação e por aí vai.
    Já vi esse filme, e te confesso,
    Não quero replay!
    o final não foi aquilo
    que eu esperava "não".
    Hahahaha

    ResponderExcluir
  2. Cara, posso te adiantar uma coisa...
    "É MUITO DIFÍCIL"
    Somos humanos, temos sangue nas veias.
    A princípio tudo parece estar indo bem,
    como ambos queriam, um (PÊ.Á)
    Mas dê repente, vc vai se afeiçoado,
    se envolvendo , se relacionando.
    E de repente!!!
    A "merda" tá feita
    Ambos estão cadinhos um pelo o outro.
    Sabe como é né ??
    Um serviço bem feito,
    a gente pede "BIS"
    E agora??
    Terminar o relacionamento, ou
    seguir em frente.
    Eu, optei por terminar, sem mágoas
    sem recebimentos.
    Mas dói, dói muito em saber que seu
    gato tá sofrendo também.
    E, estamos assim cada um no seu
    quadrado.
    Uma frase que marcou, foi quando ele
    me disse:
    Nosso caso não termina aqui!!!
    Será que teremos uma recaída??
    Vai se saber, NÉ.
    2020, promete!!!
    Rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, se os dois sente o mesmo, e você perceber que o outro tá afim de um relacionamento, por que não? O difícil é apenas um dos lados ter sentimentos e o outro não. Para isso, tem que ter percepção, já que o texto recomenda a não ter DR (discutir a relação). Temos a capacidade de perceber o outro, por vários sinais que se mostra e se expressa através dos atos, do olhar, do cuidado. Quem sabe aparece ai, um grande amor da sua vida?

      Excluir
    2. Opa, se os dois sente o mesmo, e você perceber que o outro tá afim de um relacionamento, por que não? O difícil é apenas um dos lados ter sentimentos e o outro não. Para isso, tem que ter percepção, já que o texto recomenda a não ter DR (discutir a relação). Temos a capacidade de perceber o outro, por vários sinais que se mostra e se expressa através dos atos, do olhar, do cuidado. Quem sabe aparece ai, um grande amor da sua vida?

      Excluir
    3. Oiê...(Andy)
      Obrigaduuuu pelo conselho,
      mas pretendo dar um tempo.
      O tempo é um santo remédio.
      Tá tudo muito recente.
      Pretendo virar esta página,
      com um ponto final.
      "The end"

      Excluir