terça-feira, janeiro 14, 2020

MINHA VIDA GAY

Ator da série Supernatural sai do armário e revela ser gay.




O ator de séries e filmes norte-americanos, DJ Qualls, revelou neste domingo (11), ser gay. A declaração do artista aconteceu através de uma publicação no Twitter.

“Isso aí, eu sou gay. Sou gay desde sempre. Estou cansado de me preocupar com o que as pessoas iriam pensar de mim. Cansado de me preocupar com as consequências para a minha carreira”, escreveu ele.

A publicação do ator, que já estrelou séries como Lost, The Big Bang Theory e Supernatural, rendeu mais de 50 mil curtidas. Nos comentários, o ator recebeu muitas mensagens de apoio dos fãs.


“Cara, é incrível que você tenha finalmente se livrado desse segredo, mas é uma pena que esse mundo é tão errado a ponto de ter feito com que você escondesse isso”, escreveu um internauta.

Aqui no Brasil diversos artistas decidiram revelar sua verdadeira sexualidade. Foi o caso das atrizes Vitoria Strada e Marcella Rica. As duas vivem um relacionamento há nove meses.

Tiago Abravanel está namorando produtor que trabalha no SBT, diz jornal.



O ator, cantor e agora apresentador será padrinho de um casal de amigos com seu amor Fernando Poli.

Tiago Abravanel é bastante discreto em relação a sua vida pessoal, e provavelmente muitas pessoas não saibam que ele namora, e esse relacionamento já dura há cerca de quatro anos.

Mas segundo o jornal carioca ‘Extra’, o apresentador que agora comanda um programa no SBT, está prestes a subir ao altar. Mas calma, ele não vai se casar. Tiago e o namorado serão padrinhos de um casal de amigos, um dos poucos que já sabiam do namoro dos dois.

O apresentador está namorando Fernando Poli, que tem 36 anos, e é produtor visual da emissora do avô de Tiago, Silvio Santos. O rapaz está na empresa há 16 anos e os dois se conheceram nos bastidores.

Quando o neto do dono do baú completou 32 anos, em outubro do ano passado, o namorado preparou uma festa surpresa para ele. Na ocasião, quando a atriz Larissa Manoela, uma das convidadas, foi cumprimentar os dois, acabou publicando nos Stories do seu Instagram que amava o casal, entregando que Tiago e Fernando estavam juntos.

E não é só na vida amorosa que Tiago está vivendo um momento muito feliz. Recentemente ele usou suas redes sociais para contar aos seus seguidores que tinha realizado um grande sonho: ter sua casa própria. E além disso, o apresentador contou que ele também tinha uma piscina para chamar de sua.

“Demorou? MUUUUITO, muito mais do que imaginava… Mas quando vemos um sonho se tornando real e superando o que era esperado, todo tempo é válido (é… quase todo rs)! Não foi fácil, nem tranquilo, mas tudo nessa vida é aprendizado! E quero agradecer todas as pessoas que tornaram esse sonho possível! @ferpoli @cintiaabrava @fabijulia , Tio Carlos e todos que direta ou indiretamente colaboraram: NÓS CONSEGUIMOS!!! Sim Brweisil!!! Essa é a piscina da Minha Casa Própria! Rs. Felicidade Plena!”, escreveu ele.

Aceitas e respeitadas pela sociedade hinduísta: as temidas transexuais Hijras.




Configurado como o terceiro gênero, também são também consideradas figuras místicas.

Em diversas culturas, os eunucos desempenham funções importantes para a sociedade. Na Índia, as hijras pertencem a uma comunidade religiosa hinduísta, que ao nascerem no sexo masculino, são castradas e atribuídas ao sexo feminino. Acredita-se que possuem o poder de abençoar ou amaldiçoar um indivíduo, sendo extremamente respeitadas e temidas.

Na Índia, são comuns os rituais de castração, feitos por sacerdotisas — mulheres especializadas e treinadas para a função — que removem pênis e testículos de modo que mantenha a pessoa viva. Após o ritual, os eunucos, mais conhecidos como hijras, aderem expressões femininas e passam a servir aquela que as castrou.

De acordo com a sociedade hinduísta, há vários motivos que levam uma pessoa a se tornar uma hijra, como por exemplo, homens considerados impotentes que oferecem sua genitália a deusa Bahuchara Mata. Outro motivo muito comum são famílias entregarem seus filhos, ainda pequenos, para a comunidade, por acreditarem que a criança tenha traços femininos. Meninos que já foram vítimas de abusos sexuais na infância também são obrigados a se tornarem hijras.

Apesar dos líderes da comunidade afirmarem que as castrações são feitas por vontade própria dos membros, a ONU considera a prática como uma das maiores violações dos direitos humanos. De acordo com relatórios emitidos pela organização, os rituais na verdade são crimes cometidos por organizações criminosas que atuam na exploração sexual de homens. Para as Nações Unidas, há ainda coação, sequestro e ameaças contra andarilhos e usuários de drogas.

“Gurus eunucos e seus agentes pagos, pegam esses jovens sequestrados viciados em ópio e depois os iniciam na prostituição. Eventualmente, eles são castrados em uma operação sangrenta e arriscada”, afirma Arun Kumar, membro do Parlamento na Índia.

Os transexuais passaram a serem criminalizados, após a colonização inglesa no país. Em 1871, foram considerados uma “tribo criminosa”, o que acarretou na discriminação e marginalização desses indivíduos, levando muitos a prostituição. Muitos foram perseguidos e condenados por isto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário