terça-feira, março 10, 2020

FOFOCAS DE CELEBRIDADES - GOSSIPS

Selena Gomez divulga vídeo ao vivo da música "Feel Me".



Selena Gomez mostrou recentemente a versão de estúdio de "Feel Me", música que a cantora apresentava durante os shows da "Revival Tour" (em 2016), mas que nunca havia sido lançada oficialmente.


Dua Lipa se junta ao Brockhampton no remix de "Sugar".



O Brockhampton, um coletivo de rappers do Texas bastante popular nos EUA, lançou um remix para "Sugar" com a participação especial de Dua Lipa além das de Ryan Beatty e Jon B.



Kevinho e Tyga unem forças em "Corpo Sensual".



O paulista Kevinho, ele nasceu em Campinas, está apostando em sua carreira internacional. O MC acaba de lançar uma parceria com o Tyga, conhecido por suas parcerias com Chris Brown. "Corpo Sensual" é uma faixa dançante, de clima latino que ainda traz o rapper norte-americano se ariscando um pouco no português.



Ludmilla se recusa a fazer acordo com jornalista após ser vítima de racismo.



Ludmilla negou fazer um acordo com o jornalista Marcão do Povo, após o apresentador ter declarado em 2017, durante o Balanço Geral, que a cantora era “macaca”. A atualização sobre o processo foi divulgada nesta quarta-feira (04/03), por Leo Dias, durante o programa TV Fama.

“Ele me pediu ajuda. Pediu para eu falar com a Ludmilla para tentar um acordo através dos advogados deles com os da Ludmilla. Eu mandei esse pedido para a Ludmilla. Não posso ler aqui o que ela respondeu, mas entre as palavras, tem um ‘vai tomar no…’, por aí”, disse o jornalista. Durante a reportagem, a apresentadora Flávia Noronha relembrou que Marcão chegou a falar que o “macaca” que ele disse era uma expressão local de sua cidade natal.

“Isso é conversa para boi dormir. Não existe. Em qualquer parte do Brasil, você que mora em Rondônia, no Rio Grande do Sul, sabe que esse termo não deve ser falado em relação aos negros. Isso é histórico. Não adianta e não tem explicação”, rebateu Leo. “Agora, o que eu pergunto é: o que custa Marcão você vir à público e pedir desculpas? Isso aliviaria muito a sua situação, mas ele não quer ceder. Então meu amor, a justiça que vai cobrar”, concluiu o jornalista.,



Mamma Bruschetta revela estar namorando militar 36 anos mais jovem que ela.



Mesmo se dedicando ao tratamento de um câncer, Mamma Bruschetta não se fechou para o amor e assumiu à revista Quem que está namorando um homem 36 anos mais novo.

“Já o conhecia. Nos aproximamos um pouco mais. Está tudo muito recente. Esperarmos para ver como será”, disse ela, que manteve o nome do rapaz em sigilo para evitar holofotes. “Ele me dá apoio e me ajuda nos cuidados. Também está sempre me animando”, disse Mamma, que tem 70 anos.

A apresentadora confessou que redescobriu o prazer após 40 anos sem sexo. “Eu redescobrir minha vida sexual antes do diagnóstico, dois anos atrás. E sexo sempre anima e faz parte da vida saudável de uma pessoa”, contou.

Novo filme de Power Rangers promete apresentar ranger azul gay.



O novo reboot de Power Rangers deve mostrar novo personagem abertamente gay da franquia, que vai vir como o ranger azul.

As informações são do site We Got This Covered, que também divulgou o interesse o estúdio responsável pelo filme, Paramount, em escalar uma mulher para viver o ranger vermelho (Go, Go, Girls!). É possível que esse seja o segundo personagem LGBT+ da franquia, visto que a ranger amarela, do filme de 2017, demonstrou ter dúvidas sobre a sua sexualidade.

O novo filme, que é uma reformulação da equipe e não uma continuação da franquia, pode trazer o ranger azul nesse papel como uma homenagem a David Yost, o ranger azul da primeira temporada da série, que precisou deixar o programa devido ao bullying homofóbico que sofria da produção.

Quando veio a público que a ranger amarela seria LGBT+ nos filmes, o ator comentou que “claro que fiquei muito feliz e empolgado que produtores e o diretor assumiram isso e se dispuseram a representar a comunidade LGBT”.

Drauzio Varella sobre reações a matéria com trans: “fiquei um pouco assustado”.



O médico Drauzio Varella comentou sobre a repercussão positiva que sua matéria exibida no último domingo pelo Fantástico, sobre presidiárias trans causou nas pessoas.

Através de um vídeo publicado no perfil do Fantástico no Facebook, o médico comentou que ficou um pouco “espantado” com as reações ao seu olhar humanizado pela situação das presidiárias.

“Isso teve uma repercussão, depois, absurda, como se fosse uma coisa inusitada você abraçar outro ser humano como você. Muito estranho isso. Confesso que fiquei até um pouco assustado com a reação tão imediata”, declarou.

Drauzio ainda falou sobre a situação de Suzy de Oliveira, detenta que ganhou destaque após revelar que está há oito anos sem receber visitas. “O que me chamou a atenção foi a solidão que ela vivia lá. Naquele momento os olhos dela mostraram uma tristeza tão funda que me emocionou”, disse.

“Fiquei imaginando: uma pessoa como essa, que deve ter sofrido problemas a vida inteira, bullying, agressões… Ela vai parar na cadeira porque cometeu um crime, evidentemente, mas ficar sete, oito anos sem ter uma pessoa que se lembre de você, que mande uma carta, vá te visitar?”, continuou.

FAIZ ISSO NÃÃÃÃÃOOO....



EAE, MIGÃO!



AH, SE EU FOSSE O TRAVESSEIRO...



CURIOSO E INTERESSANTE...



É AQUI QUE TÁ VAZANDO?



VC ACHA QUE É GRANDE, É?



AINDA BEM Q VC NÃO GOSTA DE PUTARIA, NE, FILHO?



QUE QUÉ ISSO MULEKE!!



ESTEVÃO OLIVEIRA



ANÔNIMOS TAMBÉM TÊM VEZ...




ATÉ MAIS!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário