sexta-feira, junho 05, 2020

MINHA VIDA GAY

Sucesso em Riverdale, atriz surpreende e revela ser bissexual.



A atriz Lili Reinhart surpreendeu os seguidores nesta quarta-feira (3), após revelar publicamente ser bissexual. A notícia ocorreu durante seu posicionamento a favor do movimento Black Lives Matther.

Lili, que é conhecida por estrelar a série adolescente Riverdale, falava sobre o apoio da comunidade LGBTQ+ sobre os protestos que contra o racismo estrutural ocorrido nos Estados Unidos.

“Embora nunca tenha anunciado publicamente antes, sou uma mulher bissexual orgulhosa. E eu vou me juntar a este protesto hoje. Participe também”, escreveu a artista nos stories.

Recentemente Lili terminou um namoro de três anos com o ator Cole Sprouse, também estrela de Riverdale. A separação do casal acabou pegando os fãs de surpresa, gerando uma polêmica sobre comentários problemáticos nas redes sociais.


Irmão de Luciano Huck, Fernando Grostein posta foto com noivo e fala sobre homofobia.



 Fernando Grostein Andrade e seu noivo, Fernando Siqueira.

Fernando Grostein, um dos irmãos do apresentador Luciano Huck, usou seu Instagram para postar uma foto ao lado do noivo, Fernando Siqueira e fazer um desabafo sobre homofobia.

Ao citar reclamações sobre fotos em que aparecem juntos, escreveu: "Passamos a vida sendo oprimidos e isso não vai mais acontecer. Estamos aqui pondo a cara no sol para dizer aos que não saíram do armário [para] se sentirem fortes."

"Se você realmente acha que não é homofóbico, pense no fundo da sua alma se você não é mesmo. Afinal, por que minhas fotos de incomodam tanto? Hoje é dia de Pride. O mundo começa a viver uma revolução. Não existe mais tolerância a intolerante", continuou.

Marido gato de prefeito paulista, Max Souza desabafa sobre racismo.


Edgar de Souza e namorado

O modelo Max Souza, esposo do prefeito da cidade de Lins, Edgar Souza, desabafou sobre os intensos casos de racismo e homofobia que sofre no Instagram, onde reúne quase 100 mil seguidores.

“No ano passado, quando estava participando de um concurso de beleza, alguém escreveu que ‘lugar de macaco não era na passarela, desfilando, mas no mato’. Houve uma discussão na internet, e a pessoa apagou o comentário”, disse Max ao jornal Extra.

“Sempre trabalho a minha cabeça para não me deixar afetar por esses ataques no meu dia a dia. Muitas pessoas se escondem em perfis falsos. E sempre por trás disso tem um racista ou um homofóbico”, completou.

Max ainda comentou sobre os ataques que sofre também por ser casado com um político. Ao lado de Edgar a pouco mais de dois anos, recentemente o casal acabou sendo vítima de homofobia.

“Sempre tem aquele grupo que, infelizmente, ainda tem a mente um pouco fechada, mas acredito muito que as pessoas possam mudar sua forma de pensar”, disse Max, que já disputou o Mister Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário