terça-feira, julho 28, 2020

MINHA VIDA GAY

Filho de Emílio Surita se pronuncia após revelar que foi expulso de casa pelo pai.



Filho de Emílio Surita se pronuncia após revelar que foi expulso de casa: "Peço para respeitarem nosso espaço".

Na última semana, enquanto participava de um programa de rádio na Jovem Pan, Eric Surita, filho de Emílio Surita, fez uma revelação forte sobre um acontecimento em sua vida.

O jovem contou que, por assumir sua bissexualidade, foi expulso de casa pelo pai, o que chocou os apresentadores do programa e os fãs. Nesta segunda-feira (27), o radialista de 28 anos de idade publicou uma nota de esclarecimento no Instagram para comentar a repercussão da revelação.

“Acabei fazendo uma declaração pessoa sobre a minha orientação sexual frente a uma situação comum nas famílias da nossa sociedade, a expulsão de filhos devido às suas orientações sexuais. É importante sim que o assunto seja debatido publicamente para o nosso desenvolvimento sociocultural e para que certos ‘valores’ sejam repensados por todos nós. Sei o quão complicado é para os jovens assumirem um padrão comportamental do qual não corresponde ao tradicional frente a outras gerações. Tenho total consciência também dos abalos psicológicos e consequências sociais que isso vem a causar”, começou Eric.

“Decidi não conceder nenhuma entrevista, pois o tema deve ser abordado com argumentos sociológicos e comportamentais mais embasados do que os meus. A exposição da vida pessoal é muito desgastante mental e psicologicamente. Nossa família sempre foi muito reservada quanto a aparições públicas e mídias sociais no que diz respeito a foro íntimo e vida privada, então peço para respeitarem nosso espaço também. Sempre resolvemos assuntos internamente em âmbito familiar”, finalizou.

Durante o programa ‘Stand up’, Eric contou que foi expulso de casa pelo pai após assumir que é bissexual. “Eu vou relatar uma experiência pessoal que realmente eu pensei muito antes de falar isso”, disse o ator e radialista. “Pai, você se lembra quando eu assumi a minha bissexualidade, você me mandou embora de casa, eu tive de passar dois anos fora de casa, que ele não aceitou”, contou Eric.

Mesmo não recebendo o apoio de Emílio, ele disse que sua mãe, Anne Luyet, o ajudou muito nessa fase. “Eu tenho uma mãe com muita empatia”.

Eric ainda disparou que o patriarca deveria se aposentar logo pois está muito ultrapassado. Ele, que também está seguindo os passos do comunicador e trabalha na mesma empresa que o pai, falou sobre ficar no lugar de Emílio. “Eu acho que devo herdar o Pânico logo, o mais rápido possível, afinal eu consigo compreender a nova geração”, concluiu.

Bruno Gadiol relata desafios no trabalho após se declarar gay.



A inserção de LGBTs no mercado de trabalho ainda é um desafio, o que inclui famosos e o próprio ambiente televisivo. O ex-Malhação, Bruno Gadiol, que interpretou Bruno em Viva a Diferença, sucesso de 2017, destacou seus receios e inseguranças após expor publicamente sua orientação sexual.

“Aconteceu após muita autorreflexão. Também tive conversas com meus amigos, com minha família… Eles até podiam ficar temerosos, achar que não era o melhor para mim principalmente no quesito profissional. Claro que eu tive a preocupação que alguns atores e galãs têm de não conseguir trabalho. No entanto, eu não queria passar por isso”, afirmou em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

“Penso em escrever um livro sobre este processo que vivi, sobre a ansiedade que me dava essa expectativa pela aceitação… Percebo que muitas pessoas passam por coisas parecidas, nem sempre em relação à sexualidade. Então, quero a ajudá-las a iluminar estes pensamentos”, destacou o ator.

Além do mais, Bruno está investindo em sua carreira de cantor. Na sexta-feira (24) lançou o clipe para a faixa “Relacionamento Aberto”, sua nova canção de trabalho. Os fãs ficaram entusiasmados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário