terça-feira, agosto 04, 2020

HOMOSSEXUALIDADE

Temos muita diferença de idade. Será que vai funcionar?



Então quer dizer que o seu coração bateu mais forte por alguém muito velho (ou muito mais novo) do que você?

Vocês se dão superbem. E têm tudo a ver. Mas fica sempre aquela pulga atrás da orelha te enchendo de dúvidas:

Será que vai dar certo?

Será que relacionamento entre pessoas com muita diferença de idade funciona?

Essa é uma pergunta muito recorrente por aqui. E quer saber a minha resposta?

Funciona, claro!

Pode ter 10, 15, 20 anos de diferença. Pode não ter a mesma religião, a mesma cor de pele, a mesma descendência. Pode até não morar no mesmo país…

Mas sabe o que não pode faltar?

Jamais. Nunca. Never?

Alinhamento de expectativas.

Exatamente.

Os valores, objetivos e planos de vida dessas duas pessoas estão alinhados?

Esse homem atende ao que você está buscando e espera de um relacionamento? Você atende ao que ele está buscando e espera de um relacionamento?

Vocês são compatíveis?

Que expectativas devem ser alinhadas?

Em todo relacionamento (independente da idade dos envolvidos) existem uma série de questões a serem alinhadas.

Sim, porque, antes de embarcar de cabeça numa relação, você deve sempre se perguntar se essa outra pessoa corresponde aos seus critérios.

E, para ter critérios que faça sentido, você precisa entender o que de fato está buscando.

O que você aceita? E que você não aceita?

O que é negociável e inegociável para você?

Que coisas você não abre mão de encontrar num potencial namorado? E que coisas você não toleraria jamais?

Não tem certo ou errado aqui. Tem o que faz sentido para você.

Por isso, leve em consideração:

OBJETIVO DE RELACIONAMENTO 

Ele tá a fim de ter o mesmo tipo de relação e comprometimento que você quer ter?

FASE DE VIDA 

Vocês conseguem lidar com uma possível diferença na fase de vida? Digamos que você esteja já profissionalmente estável, enquanto ele ainda nem terminou a faculdade.Como fica isso para os dois?

SITUAÇÃO FINANCEIRA

Vocês conseguem acompanhar um ao outro, financeiramente falando? Se a situação econômica não é compatível, a parte mais favorecida está disposta a, eventualmente, pagar coisas para o que tem menos grana? O que tem menos grana está disposto a aceitar?

ROTINA/ INTERESSES

As atividades e interesses de vocês são semelhantes? Se não são, os dois estão abertos a negociar mais saídas em baladas (ou mais noites em casa) do que gostariam?

SEXO

O desempenho, libido e capacidade física do mais velho atende às expectativas do mais novo?

GRUPO DE AMIGOS

O fato de pertencer a duas gerações diferentes pode significar um grupo de amigos também diferentes. Isso está ok para os dois?

Seja como for, lembre-se sempre do seguinte:

Não é sobre os outros. 

É sobre VOCÊS!

Uma das maiores (se não a maior) dificuldade que os casais com diferença de idade enfrentam, sem dúvida, é o preconceito. 

Muitas vezes, os comentários partem da própria família, que discrimina a ideia de que o filhinho esteja se relacionando com alguém mais novo ou mais velho.

Se o boy é mais velho, só está querendo se divertir com um novinho. Se é mais jovem, só está querendo se aproveitar.

Parece que nunca pode ser amor, não é mesmo?

Então, veja bem:

Não importa que os anos a mais (ou a menos) sejam um problema para o resto do povo.

O que importa é que eles sejam um problema para você. Ou para o outro.

Então, a pergunta não é “quantos anos ele tem”, ou “quantas línguas ele fala”, ou “quantos reais ele ganha”.

Mas sim:

Estamos (OS DOIS) na mesma página? Estamos com vontade e DISPOSTOS a fazer essa relação dar certo?

Se sim, vá fundo!

Relacionamento é feito de pessoas dispostas

Sempre ouvimos dizer que o amor não tem idade, que o que importa é que o sentimento seja forte e que o amor é capaz de tudo.

Desculpa, mas só amor não basta.

É preciso mais. Muito mais!

É preciso vontade e disposição para a coisa funcionar.

Entenda:

Em um relacionamento não existem pessoas certas. O que existem são duas pessoas que lutam para fazer dar certo.

Dia após dia. Discussão após discussão. Crise após crise.

E, quando OS DOIS querem MESMO fazer dar certo… bom, daí não tem erro, nem pessoas erradas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário