terça-feira, novembro 10, 2020

FOFOCAS DE CELEBRIDADES - GOSSIPS

 Billie Eilish anuncia novo single, "Therefore I Am", para esta semana.



Billie Eilish tem uma nova música saindo do forno. A jovem cantora anunciou em suas redes sociais que lançará seu novo single, "Therefore I Am", nesta próxima quinta-feira (12). "Therefore I Am" sucederá o lançamento do single "my future", que estreou nas plataformas digitais no final do último mês de julho junto com um clipe em animação.



Foo Fighters lança "Shame Shame" e anuncia novo álbum.



A espera por um novo álbum dos Foo Fighters em breve chegará ao fim. A banda liderada por Dave Grohl finalmente confirmou a data de lançamento de seu décimo trabalho de estúdio. "Medicine at Midnight" chegará ao mercado no dia 5 de fevereiro do ano que vem e será um disco do tipo "direto": 10 faixas em pouco mais de 36 minutos, o mais curto já lançado pela banda.


Justin Bieber lança versão acústica para o single "Holy", com Chance The Rapper. 



Justin Bieber divulgou uma nova versão de um dos seus recentes singles, "Holy", que traz a parceria com Chance The Rapper. Nesta nova divulgação, Bieber apresenta sua música em formato acústico, dando uma pegada ainda mais leve à faixa, que foi lançada originalmente há dois meses.



Pelado, Tico Santa Cruz lança clipe ‘kit gay’.



O cantor Tico Santa Cruz, após divulgar o som “Micheque” e “Mala cheia”, com críticas fervorosas ao governo Bolsonaro, lançou sua nova música – ‘Kit gay’ -, a letra ironiza o discurso do presidente Bolsonaro, que, nas eleições de 2018, se posicionou veementemente contra o “Kit gay de pornografia nas escolas”, todavia nunca foi provado que esse tal kit existiu.

Na divulgação do clipe, o vocalista da banda aparece completamente nu, usando apenas uma meia para esconder o seu pênis. Outros membros da banda aparecem de fralda de bebê e de uniforme da seleção brasileira. “Com vocês a gente leva o Rock ao top 50 novamente”, escreveu Tico em sua página no Facebook.

A música satírica, então, foi partilhada no canal do YouTube da banda, e já conta com muitos comentários dos internautas. “Obrigado por não ter medo de se posicionar e transformar essa merda toda em ARTE! Muito bom! A classe artística do Brasil poderia ser mais participativa e não fingir demência para o que esta acontecendo. Bj procês!”, escreveu um.

“Biden eleito, Constantino demitido, Flávio Bolsonaro denunciado pelo MP e de quebra detonautas batendo de frente contra esse governo desastroso. QUE FASE LINDA MEUS AMIGOS!!!!!!”, disse mais um fã.



Bolsonaro perde ação por danos morais contra padre Júlio Lancellotti após religioso chamá-lo de homofóbico.



A Justiça do Rio de Janeiro julgou como improcedente um pedido de indenização por danos morais de Jair Bolsonaro (sem partido) contra o padre Júlio Lancelotti. A ação foi motivada por vídeo divulgado em março de 2017, no qual o religioso chama Bolsonaro de “homofóbico, pessoa violenta e que defende o extermínio dos gays, além de defender a submissão da mulher perante os homens”.

Na decisão, o juiz Marcelo Nobre de Almeida, da 7ª vara Cível do Rio de Janeiro, concluiu que expressar críticas que não extrapolam os limites do respeito e tolerância não são consideradas danos morais. “O que se verifica foi ter ocorrido uma tentativa de defesa mais veemente de uma outra visão dos temas que eram objeto da pregação e que são diametralmente opostos ao que é utilizado como bandeira pelo demandante”, diz trecho da sentença.

O magistrado endossa ainda a tese da defesa de que Bolsonaro é “pessoa pública que se notabiliza justamente pela emissão de opiniões e pela adoção de posicionamentos bem incisivos e particulares em relação aos temas concretos que foram objeto da fala do réu: questões das mulheres e questões do universo LGBT”. De acordo com a sentença, Bolsonaro terá que pagar as custas e honorários do processo. O presidente ainda pode recorrer da decisão.



Mike Tyson confronta rapper que fez comentário transfóbico contra filha de ex-jogador da NBA.



O astro do boxe Mike Tyson convidou o rapper Boosie Badazz para um podcast que comanda e o confrontou sobre um comentário transfóbico contra a filha do ex-astro da NBA Dwyane Wade, Zaya Wade.

Segundo informações da Isto É!, Tyson afirmou que “já foi como Boosie Badazz” em entrevista à ‘TMZ‘ e contou que a filha o convenceu a pensar diferente. Inclusive, ela viajou para participar da conversa com o rapper com objetivo de “confrontá-lo” sobre seus pensamentos com relação a comunidade LGBTQ+. “Minha filha voou de Nova York a Los Angeles, Califórnia, onde estou, apenas para estar lá porque ela achou que Boosie pudesse ser desrespeitoso”, disse Mike, afirmando ainda que a entrevista ocorreu sem problemas.

Em fevereiro deste ano, Wade revelou, em entrevista ao programa “The Ellen DeGeneres Show“, que a filha de 12 anos que nasceu menino é transexual, e que ela tem total apoio da família. “Em primeiro lugar, eu e minha esposa, Gabrielle Union, somos os orgulhosos pais de uma criança da comunidade LGBTQ+, e também somos orgulhosos aliados. (…) Ela disse: ‘Olha, quero falar com vocês, quero seguir em frente e viver minha verdade. E quero que vocês se refiram a minha como ela e dela’. Eu adoraria se vocês me chamassem de Zaya“, disse o ex-astro da NBA.

FAIZ ISSO NÃÃÃÃÃOOO...


FALA AE, GALERA!


TÁ MUITO QUENTE HOJE...



O pedreiro foi trabalhar lá em casa e olha onde ele fez a obra.



MOMENTO SENSUAL



EEEEPAA!



OLHA A MÃO BOBA...



EU QUERO BUNDAAA!!  



QUE QUÉ ISSO MULEKE!!



Marcello Pauzão



ANÔNIMOS TAMBÉM TEM VEZ...



TENHA UM BOM DIA!



ATÉ MAIS!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário