terça-feira, dezembro 22, 2020

SEXO

 "DEIXA EU CHEIRAR UM POUCO" - Poppers: tudo o que você precisa saber sobre a droga mais gay de todas.


Dentre todas as substâncias recreativas, o poppers sem dúvida é a que mais se tornou parte da cultura gay. Conheça-a melhor.


Gays reunidos em situação de tensão sexual – pode ser em cenários que vão de casas noturnas até a saunas e lugares de cruising. 



Muitas vezes, mesmo em casa. De repente aparece na mão de alguém uma garrafinha de vidro pardo. Sim, é o poppers, a droga que, dentre todas as presentes no repertório gay, é a mais associada à cultura gay em si. 



Sem pensar muito, não demora e as pessoas ao redor estão inalando os vapores de dentro do vidrinho, felizes da vida. Bastante usada pela euforia que provoca e pelo relaxamento muscular que proporciona, o poppers é muito popular quando gays vão transar, principalmente entre os passivos no ato sexual – até por ser relativamente inofensiva.



Por ser tão comum na cena gay e, no entanto, ilegal no Brasil, há uma falta de informação generalizada entre seus usuários sobre os cuidados que deve-se tomar quando se utiliza poppers. 



O psiquiatra Bernardo Rahe, coordenador do Serviço de Saúde Mental do Hospital Santa Marcelina Itaim Paulista e professor de Psiquiatria da Faculdade Santa Marcelina, estuda as convergências entre drogas, saúde mental e cultura LGBT, e já palestrou em simpósios internacionais sobre a relação entre poppers e HIV. Ele explica sobre o Proppers.



A composição química do poppers são nitritos voláteis – alguns dos mais comuns são o nitrito de alquilo e nitrito de isopropilo. São substâncias inalantes, ou seja, fazem parte de um grupo grande de substâncias que têm, como característica comum, a propriedade de se evaporarem facilmente em temperatura ambiente.



Apesar de serem principalmente usados para “dar um barato”, muitas vezes são vendidos sob o rótulo de removedores de esmalte, odorizadores de ambiente ou solventes, para tecnicamente serem vendidos em lugares que proíbem o comércio de substâncias que alteram a consciência. 



Os principais danos que podem acontecer ao organismo são alterações hematológicas, algumas anemias e alteração no transporte de oxigênio. 



O risco de se misturar várias drogas é real, e não só para o poppers. Lembre que nunca se sabe a composição real de qualquer droga ilegal.



DICAS DE SEGURANÇA PARA O USO DE POPPERS



1- Não ingerir ou ter contato com a pele.
2- Proppers é altamente inflamável, por isso, longe de cigarros, isqueiros e outras chamas.
3- Uso com moderção, apesar de que são poucos os relatos de dependência.
4- Pessoas com o sistema imunológico suprimido devem evitar seu uso de todas as maneiras.
5- Não deve ser usado por pesoas com problemas cardíacos, anemia, pressão alta ou histórico de hemorragia cerebral.

O proppers se entranhou na cultura gay, na explicação mais simples, é de que, pelo fato de causar relaxamento muscular e aumentar o prazer, facilita a relação anal.



Sua venda é proibida no Brasil, assim como em alguns outros países, como a Holanda. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário